Sylvinho se despediu do Paulista com título e briga no Corinthians; agora abre nova frente em 2022

3.0 mil visualizações 28 comentários

Sylvinho reencontra o Paulista depois de jogo épico com o Corinthians em 1999

Sylvinho reencontra o Paulista depois de jogo épico com o Corinthians em 1999

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O duelo entre Corinthians e Ferroviária, às 21h (de Brasília) desta terça-feira, na Neo Química Arena, marca o reencontro do hoje técnico Sylvinho com o Campeonato Paulista. Foram 23 anos de distância entre a épica partida de despedida dele do clube e a estreia como treinador no Estadual.

Atleta de destaque do Corinthians na segunda metade da década de 90, Sylvinho era um dos pilares da equipe que tentava o título do Paulista de 1999. Já negociado com o Arsenal, ele entrou em campo para encarar o Palmeiras de maneira quase protocolar, já que o primeiro jogo havia terminado 3 a 0 para o Timão.

Em campo, porém, a animosidade típica do Dérbi, acirrada pelo confronto pela Libertadores, semanas antes, deu as caras assim que Edilson decretou o 2 a 2, já na reta final da partida, barrando uma reação do adversário.

Com o jogo resolvido, o Capetinha resolveu levantar a bola no meio-campo e fazer embaixadinhas, revoltando os palmeirenses. Uma troca de chutes com o atacante Paulo Nunes tornou-se talvez a cena mais marcante da história moderna dos Dérbis, aliás.

Sylvinho conversa com Edilson momentos depois de a confusão se acalmar

Sylvinho conversa com Edilson momentos depois de a confusão se acalmar

Reprodução/Youtube

Sempre concentrado e pouco afeito a discussões, Sylvinho não aparece na briga como quem quer confusão. É possível observar o lateral separando companheiros e até conversando com os mais exaltados, principalmente Edilson.

Depois da festa do título, Sylvinho, que já havia vencido outros dois Paulistas (1995 e 1997), uma Copa do Brasil (1995) e um Campeonato Brasileiro (1998), rumou para o Arsenal para ser o primeiro brasileiro da história do tradicional clube inglês.

Mais de duas décadas depois e ainda buscando como técnico a aprovação que tinha como jogador, Sylvinho faz do dia a dia no Corinthians o treinamento necessário para reencontrar a competição responsável por um dos momentos mais impactantes da sua carreira.

Depois de comandar o time no Brasileiro e na Copa do Brasil, ele tenta o primeiro título no cargo no Paulista em 2022. Na temporada, aliás, vai reencontrar outra velha conhecida: a Copa Libertadores da América.

Veja mais em: Sylvinho e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Corinthians conheceu maiores detalhes das rodadas 11 a 15 do Brasileirão

    Corinthians conhece definições de mais cinco rodadas do Campeonato Brasileiro; veja detalhes

    ver detalhes
  • Vítor Pereira comandando o Corinthians contra o Boca Juniors

    Vítor Pereira dá resposta bem-humorada a torcedor ao falar sobre Róger Guedes no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians coneguiu um empate contra o Boca Juniors, na Bombonera

    Saiba o que o Corinthians precisa fazer para ser primeiro do seu grupo na Libertadores

    ver detalhes
  • Fagner segue em recuperação de entorse

    Corinthians atualiza situação de Fagner e retorna ao CT apenas com atletas em recuperação física

    ver detalhes
  • O Corinthians já disputou 12 jogos como mandante em 2012; o time tem nove vitórias, dois empates e uma derrota

    Corinthians lidera média de público da Série A do futebol brasileiro em 2022; veja números

    ver detalhes
  • Róger Guedes durante o último jogo do Corinthians contra o Cuiabá

    Jogo entre Corinthians e Cuiabá pelo Brasileiro sofre alteração de data e horário

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x