Venha fazer parte da KTO
x

Corinthians derruba Ceará no fim do jogo e arranca nova vitória no Campeonato Brasileiro

21 mil visualizações 227 comentários Reportar erro

Corinthians marcou nos minutos finais para garantir nova vitória no Brasileiro

Corinthians marcou nos minutos finais para garantir nova vitória no Brasileiro

Danilo Fernandes / Meu Timão

Corinthians 1 X 0 Ceará

Brasileirão 2022
05 de novembro de 2022, 20:30
Corinthians 1 x 0 Ceará
Neo Química Arena, São Paulo, SP.

Foi no sufoco, mas o Corinthians derrotou o Ceará por 1 a 0, na noite deste sábado, na Neo Química Arena. A partida, válida pela 36ª rodada, marcou o 18° triunfo do clube do Parque São Jorge na atual edição do torneio nacional.

Com o resultado, o Timão soma três pontos na rodada e salta para a quarta colocação da tabela de classificação do Brasileirão. Até aqui, o time comandado por Vítor Pereira soma 64 pontos, 18 vitórias, dez empates e oito derrotas em 36 rodadas disputadas.

Anota aí – O Corinthians volta aos gramados pela competição nacional já no meio da próxima semana. Nesta quarta-feira, dia 9, às 19h, a equipe do Parque São Jorge encara o Coritiba, fora de casa, no Couto Pereira.

Escalação

Já classificado para a fase de grupos da Libertadores, o técnico do Timão fez cinco mudanças em relação ao último jogo. Dessa forma, foi a campo com Cássio; Fagner, Gil, Robert e Lucas Piton; Du Queiroz, Fausto e Renato Augusto; Mateus Vital, Ramiro e Yuri Alberto.

No banco de reservas, o clube alvinegro contou com outros 12 jogadores. Foram eles: Carlos Miguel, Balbuena, Raul Gustavo, Bruno Méndez, Rafael Ramos, Fábio Santos, Maycon, Roni, Giuliano, Róger Guedes, Giovane e Wesley.

Escalação do Corinthians contra o Ceará

Meu Timão

O Ceará, por sua vez, começou com João Ricardo; Nino Paraíba, Otávio, David Ricardo e Bruno Pacheco; Richard, Fernando Sobral e Erick; Richardson, Vina e Jô.

O jogo

Primeiro tempo

A primeira etapa do confronto disputado em Itaquera foi marcada por momentos distintos pelo lado do Corinthians. Sem velocidade e poder de reação, a equipe alvinegra foi amplamente dominada nos primeiros 20 minutos. Depois, aumentou a intensidade e a marcação, e conseguiu chegar à frente, construindo duas jogadas perigosas.

Apesar do início abaixo, a primeira chegada aconteceu pelo lado do Corinthians. Quando o ponteiro marcava os dois primeiros minutos, Fausto arrancou em velocidade e fez ótimo lançamento para Yuri Alberto, que logo encontrou Du Queiroz entrando na grande área. O volante finalizou em direção ao gol, mas foi bloqueado.

Em sequência, após uma série de erros de passes, o Ceará se encontrou dentro de campo e alcançou a sua primeira chegada à área do clube do Parque São Jorge. Aos sete minutos, Nino Paraíba foi ao fundo do lado direito do campo, fez o cruzamento, mas Robert apareceu com precisão na marcação e desviou para escanteio.

E, a partir daí, o Ceará tomou conta da partida. Apenas três minutos foram necessários para a equipe nordestina construir duas jogadas perigosas. A primeira delas aconteceu aos dez minutos, quando Bruno Pacheco pegou rebote e emendou uma finalização para fora. Depois, aos 13, Richardson arriscou de longe e acertou a trave de Cássio.

Depois de um bombardeio à área do Timão, Lucas Piton sentiu dores na coxa e precisou deixar os gramados para a entrada do veterano Fábio Santos. Aos 23, o Ceará voltou a arriscar em direção ao gol corinthiano. Desta vez, Jô ajeitou com precisão para Richard, que concluiu com uma finalização desviada para a linha de fundo.

Equipe da casa, o Corinthians voltou a ter momentos de protagonismo quando o ponteiro marcava 27 minutos de jogo. Após jogadas individuais de Fagner pelo lado direito, Mateus Vital deixou Yuri Alberto em ótima posição na área do Ceará. O camisa 9 bateu cruzado, rasteiro, e a bola passou pertinho do gol.

Dois minutos depois, aos 29, Yuri Alberto aproveitou o crescimento do Timão e apareceu novamente com precisão dentro da área do time adversário. Na ocasião, Ramiro, na linha de fundo, ajeitou para o atacante, que ficou na cara de João Ricardo e finalizou. O goleiro, no entanto, fez uma ótima defesa e evitou o gol corinthiano.

Aos 37, o comandante Vítor Pereira ficou de pé para aplaudir mais uma boa chance criada pelo lado do Corinthians. A jogada, iniciada por Fausto, passou pelos pés de Du Queiroz, que encontrou Renato Augusto na entrada da pequena área. O meio-campista bateu de primeira, mas a bola explodiu no travessão.

Ao final da primeira etapa, o Ceará retomou o caminho da agressividade e por pouco não abriu o placar na Neo Química Arena. Aos 42, Vina tentou surpreender Cássio de longe e arriscou um lindo chute em direção ao gol. O goleiro corinthiano, no entanto, se mostrou atento e voou para fazer uma grande defesa.

No último lance, aos 46, o time treinado pelo técnico Juca Antonello aproveitou um forte contra-ataque e parou em mais uma boa defesa de Cássio. Na ocasião, o ex-jogador do Corinthians, Jô, recebeu dentro da área, cortou Fábio Santos e tentou colocar a bola ao fundo das redes, mas o camisa 12 levou a melhor e evitou o perigo.

Segundo tempo

Após um começo “morno” e sem muitas chances criadas em ambos os lados, o time do Ceará aproveitou um erro de passe do zagueiro Gil no meio de campo e foi para cima do gol de Cássio. Na ocasião, aos sete minutos, Jô lançou Erick, que avançou em velocidade e bateu colocado pela a linha de fundo.

O lance conseguinte foi criado pelo time de Vítor Pereira. Aos 12, Fausto calibrou o pé e lançou Fagner, que cruzou para Ramiro quase deixar a sua marca na Neo Química Arena. Na sobra, Yuri Alberto apareceu com precisão na área e tentou finalizar, mas a bola parou na forte marcação do Ceará.

Colocado novamente à frente, o Ceará cavou mais um escanteio e gerou nova chance de gol no lance originado da cobrança de bola parada. Aos 14, em sobra dentro da área, o meio-campista Vina tentou fazer o seu nome e acabou isolando a finalização para as arquibancadas da Neo Química Arena.

E uma mudança foi feita por Vítor Pereira a fim de mudar o destino final do confronto. Artilheiro do Corinthians na temporada, Róger Guedes foi acionado e, de cara, apresentou perigo ao time do Ceará. Derrubado pela defesa adversária, o camisa 10 se colocou à disposição para cobrar a falta e empurrou a bola para o travessão.

Ainda na onda de pressão do clube do Parque São Jorge, Yuri Alberto desperdiçou nova chance na marca dos 25 minutos. Na jogada em questão, Fagner recebeu na direita e cruzou com capricho na entrada da pequena área. O camisa 9, no entanto, chegou um pouquinho atrasado e perdeu a cabeçada.

Três minutos depois, aos 28, mais uma vez Fagner recebeu pelo lado direito do campo e alcançou novo escanteio ao tentar lançar a bola em direção aos jogadores que estavam dentro da área do Ceará. Na cobrança de escanteio, Renato Augusto encontrou Róger Guedes, que apenas desviou para a linha de fundo.

Já na marca dos 40 minutos, o Ceará voltou a apresentar perigo para a defesa do Corinthians em dois lances consecutivos. Primeiro, Richardson recebeu na área, mas foi parado em boa marcação do zagueiro Gil. Em sequência, Zé Roberto cabeceou em direção ao gol, mas Cássio se agigantou e fez a defesa.

O gol que deu a vitória ao Corinthians foi no sufoco e aconteceu nos minutos finais da partida. Na ocasião, aos 44, Fausto fez ótimo lançamento para Fagner, que limpou a marcação e cruzou à área. A bola saiu desviada, mas Yuri Alberto chegou atropelando e colocou com precisão para o fundo das redes.

Veja mais em: Corinthians x Ceará e Campeonato Brasileiro.

Notas dadas aos personagens da partida

Titulares

Reservas

Treinador

Árbitro

Comente a notícia: