Venha fazer parte da KTO
x

Eleições no Corinthians: o que os candidatos falaram sobre a base, o clube social e seus históricos

4.8 mil visualizações 70 comentários Reportar erro

Por Meu Timão

O clube social, no Parque São Jorge, foi um dos assuntos debatidos neste domingo pelos candidatos

Danilo Augusto/Meu Timão

As eleições para o novo presidente do Corinthians estão marcadas para acontecer no próximo dia 25 de novembro. Neste domingo, 15 de outubro, André Luiz de Oliveira e Augusto Melo, os dois candidatos oficializados para o pleito, participaram de um debate no programa Mesa Redonda, da Gazeta Esportiva.

O Meu Timão acompanhou o programa e transcreveu as respostas dadas pelo dois candidatos aos questionamentos. A reportagem separou em três matérias, publicadas todas nesta segunda-feira, com os assuntos: futebol; dívidas e Neo Química Arena; e social, as categorias de base e histórico dos candidatos. Além disso, importante ressaltar que o Meu Timão já fez o convite para um debate próprio, nos estúdios do canal, e aguarda a agenda dos candidatos.

Confira abaixo, então, parte do debate entre André Luiz de Oliveira e Augusto Melo sobre as questões envolvendo as categorias de base do Corinthians, o clube social e os históricos dos candidatos.

O que foi dito por André Luiz de Oliveira e Augusto Melo sobre a base, o clube social e seus respectivos históricos

André Luiz de Oliveira é questionado se pretende manter a influência de Jacinto Ribeiro, o Jaça, nas categorias de base do Corinthians, caso ganhe a eleição

“O diretor da base hoje é o (Osvaldo) Neto. Eu não sei o que o Jaça faz na base, o que você tá dizendo eu desconheço. Sei que na base nesses últimos anos fez um bom trabalho, está desenvolvendo um bom trabalho. É só você ver todos os jogadores que subiram para o profissional agora. E a gente vem trabalhando. Para te dizer bem a verdade, nós vamos ter mudanças. A nossa eleição é exatamente visando uma mudança geral em todos os segmentos do clube, e a base é primordial. Quem começou as obras do CT da base foi na gestão que eu era diretor administrativo. Nós quem terminamos a primeira fase. Agora vamos começar a segunda fase. Para isso teremos mudanças. Nós vamos contratar um especialista de mercado e consiga contribuir para que tenhamos muito mais revelações do que já estamos tendo nesse momento. Então, vamos trabalhar e fixar com bastante atenção nos projetos que serão desenvolvidos na base para que tenhamos melhorias e para que a gente traga novidades. Vamos trazer especialistas de scout, que sempre fomos especialistas nisso, vamos aumentar nossa gestão exatamente em cima disso… (tempo esgotado)”

Augusto Melo é questionado sobre o mesmo assunto.

"O candidato fala que vai trazer pessoas especialistas para base também, coisa que nunca houve, sempre foi a mesma gestão em 16 anos, sempre sai um e entra outro da mesma forma. Quando ele fala que tem um bom trabalho, isso me orgulha, quando eu estive à frente de assessor da categoria Sub-17, na qual participamos, ganhamos todos os títulos da base que vocês podem imaginar. Nossa gestão subiu mais de 13 jogadores profissionais e isso a gente se orgulha muito, da qual eu fiz parte, pois eu era assessor e a nomenclatura mudou de diretor para assessor. Então, com certeza a base vamos trabalhar muito forte nesse sentido porque temos conhecimento, além de jogador que também fomos, conhecemos de bola…(tempo esgotado).

Tréplica de André Luiz de Oliveira sobre a resposta de Augusto Melo.

“Quero falar para o candidato (Augusto), que realmente ele passou pela base, como fala que passou por vários departamentos do clube. Ele passou pela base e ficou um ano e oito meses. Eu não sei se em um ano e oito meses dá para mandar 13 jogadores para o futebol profissional. Se você olhar, você consegue de uma safra de um ano talvez mandar um a dois jogadores para o profissional. Agora ele conseguiu a façanha de mandar 13 jogadores. Ele tem que ir pro Guinness (livro dos recordes), isso é a verdade, porque isso não existe”.

Os candidatos ainda aproveitaram o tempo de outra pergunta para seguir falando sobre o assunto. Augusto Melo usou seu tempo e respondeu André Luiz de Oliveira.

"Só para responder o candidato, eu não falei que eu subi 13 jogadores. Eu disse que na nossa gestão, subiram 13 jogadores. Mesmo porque nós demos sequência em um excelente trabalho que vinha da gestão passada. Aliás, foi na nossa gestão que começou a subir a porcentagem de jogador, de 5% para o Corinthians e 95% para empresário, para 70, 80 e até 100% para o Corinthians, valorizamos isso. Não foi o Augusto que subiu 13 jogadores em um ano e oito meses, que é ótimo eles admitirem isso porque até então eles falavam que eu trabalhava seis meses, então, foi numa gestão e está lá gravado no Conselho. 299 pessoas embora, uma economia de R$ 1,350 milhão na nossa gestão e isso mostra gestão".

André Luiz de Oliveira fez a réplica também sobre o assunto.

“Mais uma vez vou voltar a falar a mesma coisa. Ele fala que mandou 200 pessoas embora. Se ele mandar 200 pessoas embora, o Corinthians… Então, onde é que estava essas 200 pessoas que eu desconheço? Até porque eu não fazia parte naquele momento do futebol amador, então eu não sei o que eles fizeram. Agora, essa história de 50, 70… o candidato costuma inventar algumas coisas na cabeça e, de repente, sai falando isso como se fosse a pura e simplesmente a verdade. A gente tem condições de ir com bastante calma e tranquilidade para desmentir algumas coisas que o candidato está falando”.

Augusto Melo aproveitou a tréplica para seguir falando sobre o assunto.

"Simples o candidato faz parte do conselho, manda ele buscar a ata de 2015 e 2016, já que ele está falando ao contrário de nós, e a porcentagem que nós subimos de jogadores lá. Matheus Pereira que tinha 5% e que foi mandado embora. Enfim, era uma gestão na qual nós subimos as porcentagens dos jogadores, fizemos bons contratos, como, por exemplo, o Carlos Augusto, foi tudo na nossa gestão que fizemos 100%, alguns atletas 70, 80%. Então, quem está mal informado é ele. Ele fala que participou de tudo e de repente as coisas principais, ele diz que não participou. Ele participou de tudo sim, ele, como o ex-presidente (Andrés Sanchez), é tudo eles que comandam o grupo há 16 anos, então eles sabem. Inclusive, nessa data, foi exigida a minha cabeça justamente por causa disso. Seu André Sanchez exigiu minha cabeça para o Roberto de Andrade porque nós estávamos fazendo um bom trabalho para o Corinthians".

Augusto Melo é questionado sobre a origem de sua receita para sustento pessoal, já que o cargo de presidente do Corinthians não é remunerado.

"Respondendo a sua pergunta isso mostra nosso caráter, nossa idoneidade, nosso profissionalismo. Primeiro, eu sou aposentado, trabalho desde os 13 anos de idade, com carteira registrada, e depois montei minha empresa. Hoje eu tenho estacionamento, quadra poliesportiva, tenho família que cuida disso e tenho 24 horas disponíveis para tirar o Corinthians dessa situação".

As respostas seguintes, tanto de André Luiz de Oliveira e Augusto Melo, foram utilizadas para falar sobre outro assunto.

Augusto Melo é questionado se pretende separar o clube social do futebol para solucionar os prejuízos financeiros, caso ganhe a eleição

"Com certeza o clube está dando prejuízo porque essa gestão não tem um planejamento para o clube. Como eu disse na entrada do programa, o próprio ex-presidente confessou em uma entrevista ontem que o clube está à deriva, se deteriorando. Então, conosco o nosso clube terá um departamento comercial para cada departamento, que seja autossustentável, e o Corinthians não precise tirar dinheiro do futebol. Nosso clube está deteriorado, está sendo largado, os departamentos com dificuldades, principalmente, o de natação que é tradição. Não tem mais uma alimentação, ônibus para a garotada e estamos recebendo muitas reclamações, eu que sou do clube de chão muito mais que o próprio candidato. A gente sabe das dificuldades, aliás, ele diz que participou de tudo o clube e o clube está nessa situação. Conosco, vai ter um marketing para o clube, um comercial para cada departamento e que cada departamento seja autossustentável e busque a própria receita e começa a sobrar mais dinheiro para o futebol para poder investir nas nossas categorias de base e a própria contratação de atletas”.

André Luiz de Oliveira é questionado sobre o mesmo assunto.

“Candidato Augusto Melo, eu fico assim pasmo com sua falta de conhecimento do nosso clube. Você fala que está há 40 anos no nosso clube. A nossa natação é a que mais mandou atletas para as Olimpíadas, a que mais têm atletas disputando. Esse é o primeiro ponto. Nós somos um time formador. Não temos como, isso é uma parte social feito pelo clube. Nós temos as instituições, os institutos… (tempo esgotado)”.

Tréplica de Augusto Melo sobre a resposta de André Luiz de Oliveira.

"O candidato está certo, ele fala que mandou os atletas para as Olimpíadas, mas ele tem que falar sobre a formação de base dos atletas, é essa a dificuldade. Os atletas de ponta no qual eles estão pagando uma condição muito maior, mas eles estão esquecendo da formação e do sócio e é esse sócio que está tendo dificuldades na natação. Aliás, ele tenta pregar uma situação para a gente em termos que a gente não fala a verdade, mas ele tem que procurar saber o que é verdade ao invés de ele estar acusando a gente, é só você procurar lá o que é verdade e vocês vão entender. Então, ele jamais vai me equiparar a eles por que o que a gente fala, fala com conhecimento e vamos trabalhar muito pelo clube e nós queremos um clube melhor. O clube vai ser autossustentável e com planejamento, não tenho dúvidas disso".

André Luiz de Oliveira pergunta diretamente para Augusto Melo o que ele fez nos 40 anos que diz estar no Corinthians.

"Ele se equivoca quando fala isso e eu deixei bem claro isso. Antigamente, existia uma nomenclatura de diretor, quem hoje é diretor antes era vice-presidente de cargos e departamentos e quem era diretor passou a ser uma nomenclatura que o presidente Andrés Sanchez na gestão dele. Então, eu nunca disse que fui diretor e eu sempre fui assessor, aliás, ele quer desmentir algumas coisas, mas ele que falta com a verdade, ele deveria ser verdadeiro no que ele fala. Inclusive, ele fala que eu quebrei minhas empresas e ele está muito mal informado, primeiro que ele tem que provar esse tipo de coisa que não é verdade. Ele tenta me trazer para junto deles, mas estamos bem tranquilo e quero aqui sim falar de propostas para o Corinthians, ele que não falou como fez as dívidas, ele que disse que não disse se vai manter o Jaça na base ou não, que está apoiando ele, a chapa 33 que é do Jaça e está apoiando. Então, ele tem que deixar claro as coisas aqui e não ficar sem responder nada do que está sendo perguntado. Então, nunca quebramos a empresa, ao contrário, ele que prove o que está falando. Nunca tive problema, aliás, o crime que ele fala que é uma ação tributária, na qual foi uma remissão de dívida, ele tem que provar o deles. Mas, eu não vou baixar o nível, quero aqui falar de Corinthians para você, torcedor, quero falar de Corinthians e se eu for falar de crimes, vai ficar complicado para o candidato. Então, estou aqui para falar para o bem do Corinthians".

André Luiz de Oliveira tem direito a réplica.

“Candidato, eu não preciso provar nada. Você veio a público e ninguém sabia que você tinha processo. Você quem foi pedir reabilitação criminal. Quando a pessoa pede reabilitação criminal é porque ela deve alguma coisa. E outra: você foi processado, condenado e cumpriu pena e resolveu. Então, se você não tivesse cometido um crime, você não teria pedido reabilitação criminal. É um fato que você não pode omitir. Você deveria dizer: ‘Realmente, fui condenado, mas paguei… (tempo esgotado)”.

Augusto Melo tem direito a tréplica.

"Ele está certo, quem antecipou esse negócio de ação tributária, foi exatamente eu, justamente por que era uma dívida indevida nossa. Era uma empresa que oito anos depois eu vendi, tem todos os documentos, nunca quebrei uma empresa e ele tem razão nesse sentido. Agora, ao contrário dele, o meu crime que foi o pagamento de umas horas e que, três meses depois, o governo retirou essa dívida e os meus eu paguei. Agora, eu queria saber se os mais de 40 deles, ele pagou algum. Mas, enfim, eu estou aqui para falar do Corinthians e de proposta, porque o Corinthians hoje precisa de um presidente corajoso… (tempo esgotado).

Augusto Melo pergunta diretamente para André Luiz de Oliveira onde ele colocaria Duilio Monteiro Alves em sua gestão, caso ganhe a eleição

“Ele fez uma série de indagações que fiquei até assustado. Fazemos parte de um clube que você precisa da experiência dos ex-presidentes para te ajudar. É a mesma coisa de você chegar aqui na sua emissora e dizer que vai mandar todo mundo embora porque você não precisa das pessoas que construíram todo esse império aqui. Isso é uma falta de consideração e de respeito pelas pessoas que trabalharam naquele clube. E o Duilio está muito doente, vai se tratar logo depois que deixar a presidência do clube porque ele tem alguns problemas de saúde. Mas se ele depois (de se tratar) quiser nos ajudar, e quiser participar de alguma coisa, será um prazer recebê-lo lá, como será um prazer receber qualquer um dos presidentes e qualquer uma dessas pessoas que fizeram parte desse momento. Quero aproveitar e dizer que a nossa gestão será uma gestão exatamente para isso: para nos aproximarmos do Conselho (Deliberativo), do Conselho Fiscal, do Cori. É a participação do clube, dos órgãos que realmente que têm o direito e o poder de decisão dentro do clube. Vamos agir dessa forma”.

Augusto Melo tem direito a réplica.

"Candidato, na gestão Augusto Melo nós não queremos essa experiência não. Nós queremos pessoas técnicas, pessoas qualificadas, vocês deixaram o Corinthians em uma situação muito complicada, o Corinthians precisa de socorro. Na nossa gestão, nós vamos ter pessoas técnicas, pessoas qualificadas, que é um grupo que já formamos, para poder tirar o Corinthians dessa situação. Então, o Augusto Melo não quer essa experiência, que é o que você vai trazer para a sua gestão".

André Luiz de Oliveira tem direito a tréplica.

“Augusto Melo, eu fico impressionado em ver a sua falta de habilidade e a falta de conhecimento da instituição. Temos 113 anos de clube. Você tá dizendo que em 113 anos de clube nunca ninguém que fosse executivo, ou que fosse remunerado. Não sei se é isso que você estará querendo dizer. O ex-presidentes vão nos ajudar, vão nos aconselhar. É diferente de você ter funcionários. Você tá me dizendo que o Dr. Joaquim Grava não era um profissional? Você está me dizendo que as pessoas que trabalham no jurídico não são profissionais? Você não sabe do que está falando”.

André Luiz de Oliveira questiona diretamente Augusto Melo se um presidente do Corinthians, um clube democrático, pode ser racista ou gordofóbico

"A pergunta do candidato, eles já tentaram de tudo para nos intimidar. Com ameaças, tentativa de estupro, droga no meu carro, tráfico de menores, enfim, e até picharam os muros dos Parque São Jorge eles mesmos, com certeza. Primeiro que a tia Cida é uma querida, eles montaram um blog no qual é parceiro deles e que até outro dia detonava eles e hoje editaram as fitas, isso é uma coisa ridícula, jamais tivemos esse tipo de coisa e jamais trazer esse tipo de coisa. Eles tentam de tudo e jamais vão conseguir manchar minha imagem nesse sentido”.

André Luiz de Oliveira tem direito a réplica.

Associado do Corinthians, torcedores do Corinthians, eu vou deixar lá no meu site. Vocês vão entrar lá e verão o horror que esse candidato fala. Inclusive de mulheres também. Vocês vão ver. São áudios que ele (Augusto) está falando. De lá vocês tiram suas conclusões. Tudo que estamos falando aqui precisa, sim, ser esclarecidos”.

Augusto Melo tem direito a tréplica.

"Candidato, chega de apelação, estamos aqui para falar bem do Corinthians e isso mostra sua incapacidade de dirigir um clube como o Corinthians. O torcedor quer falar de propostas, não esse tipo de invenção sua. Aliás, o senhor como presidente da ética deixou de julgar amigo nosso que, inclusive está na minha chapa, que sofreu racismo e o senhor se omitiu. Esse mesmo conselheiro que chamou um amigo nosso de racista, também ameaçou dar um murro na boca de uma conselheira, disse que lugar de mulher era no tanque. Enfim, o senhor como presidente de Ética, que fala tanto de racismo estrutural… (tempo esgotado).

Augusto Melo é questionado como pretende manter os direitos econômicos dos jogadores da base para o Corinthians e não para empresários, caso ganhe a eleição

"Quando um jogador nasce no Corinthians, o que o jogador precisa de um empresário hoje? Todo empresário faz de tudo para cativar um atleta, dá um celular, uma chuteira, uma cesta básica e um aluguel para o pai. Você acha que hoje, o Corinthians, do tamanho dele, não tem condição de manter uma família e hoje a maioria dos atletas vivem em uma situação financeira desfavorável. Com certeza o Corinthians tem condições de manter isso. Teremos uma parceria com outros clubes, e isso será 80/20, e na nossa gestão nós priorizamos, o Corinthians é vitrine. Jogadores na nossa gestão será 100% Corinthians, teremos um departamento que vai cuidar respectivamente desse atleta. Não é 10, 15 jogadores que se formam no ano, são três, quatro, seis e vamos trabalhar forte para que a base possa revelar o máximo possível e esses quatro possam cinco ou seis. Você acha que o Corinthians, do tamanho dessa marca não tem condições de sustentar essa família, ajudar esse garoto. É outra coisa falha nessa gestão, que é o alojamento que teria que ser feito em primeiro lugar e por que? Porque isso dá condição de você avaliar a garotada, o Corinthians é o clube mais procurado para avaliação e é dentro disso que vamos fazer, avaliar. O garoto tem que ser alojado para que ele possa de formação muito boa, vamos ter aquele muro do CT base e profissional, e se tenha a mesma filosofia de jogo e o garoto chegue preparado pelo menos com 50% já formado. O Corinthians cuidará dessa garotada com 100% clube".

André Luiz de Oliveira é questionado sobre o mesmo assunto.

“Não tenho que falar de como ele vai fazer isso. Veja bem: o Corinthians tem uma estrutura que já foi desenhada. Hoje temos um alojamento que cabe 46 atletas e já estamos projetando para construir o hotel no CT que alojará 150 atletas. Mas fico mais temeroso porque se ele usar a mesma metodologia de como ele usou com a (União) Barbarense, o Corinthians está perdido. Porque ele dava ovo, não tinha alimento para crianças nem para os atletas. Como dessa forma administrar um clube igual o Corinthians?”

Tréplica de Augusto Melo sobre a resposta de André Luiz de Oliveira.

"Mais uma vez ele falta com a verdade, aliás, de base ele pode falar muito bem, pois o filho dele ficou anos lá, ganhando mais de 45 mil reais por mês anos e depois o Corinthians comprou mais 30% do passe do filho dele. Isso ele pode falar muito bem de formação, e não é isso que nós queremos. Aliás, na nossa gestão tiramos muitos atletas lá que eram de conselheiros, de diretores e é isso que temos que acabar. Jogadores de base tem que dar oportunidade para pai que leva a criança, vizinho. Nós temos que dar oportunidade para eles e é daí que tiramos bons jogadores, não de conselheiros, de diretor, ao contrário, temos que dar oportunidade para ele também, daremos oportunidades para quem é merecido, não para os nossos filhos que fiquem lá ganhando e é emprestado para todo mundo, até para Portugal e o Corinthians pagava”.

André Luiz de Oliveira é questionado sobre ter sido banqueiro de jogo do bicho e se isso não pega mal para um candidato à presidência do Corinthians

“Hoje eu mexo na área de construção civil. Realmente, nos anos 1980, em um período difícil quando estava passando necessidade, eu fui apontador de jogo. Foi um curto período, na qual consegui trazer alimento para minha família. Mas tudo isso é passado, estamos há muitos anos na área de construção civil. Eu não vejo problema nenhum, mas eu quero dizer aqui que, além disso, eu fui investigado durante seis anos pela Polícia Federal, tanto eu quanto minha família, e eu recebi um atestado de idoneidade. Eu fui investigado sobre tudo que você pode imaginar. Então, venho hoje aqui com um atestado de idoneidade. Não tenho nada que pode manchar minha carreira como presidente do Corinthians. Nada pode manchar. Eu sou ficha limpa. Eu fui candidato a vereador, então eu posso ser candidato a presidente do Corinthians e posso ser candidato a aquilo que eu achar necessário porque eu sou ficha limpa”

Augusto Melo responde sobre o mesmo assunto.

"Graças a Deus eu nunca fui investigado, nem pelo Ministério Público nem por órgão da Justiça nem tive problema nesse sentido. Como falei lá atrás, foi uma ação tributária e que eu paguei, minhas coisas eu encaro de frente e pago. Eu quando fiquei desempregado, fui engraxar sapato, vendi sorvete e hoje graças a Deus eu tenho uma vida confortável. Nunca fui investigado e tenho minha vida limpa graças a Deus. Aliás, eles tentaram dar um golpe no final de novembro, como eles sempre fazem, com a mudança do estatuto. Nós com remissão, ficha limpa, e tudo certinho estamos indo atrás de desembargadores, promotores e tentando reverter essa situação. Por isso que eu digo, golpe aqui não. Se eles quiserem ganhar da gente, vão ganhar na urna e sem problemas como foi na eleição passada. Dessa vez, não vai ter golpe e se tiver que ganhar da gente, vai ganhar na urna.

Tréplica de André Luiz de Oliveira sobre a resposta de Augusto Melo.

“Candidato, você deve estar em outro país. No primeiro dia que lançamos nossa candidatura para presidente do clube, nós já fizemos um site. Lá você vai ver todas essas conversas que estamos falando aqui, você verá uma riqueza de áudios que colocamos lá para vocês terem uma noção de tudo que está acontecendo e como age o candidato. E todas as nossas propostas estão lá há mais de três meses”.

Considerações finais de André Luiz de Oliveira

“Torcedor, sócio do Corinthians, você pode ter certeza que nos preparamos durante todos esses anos. Fizemos um excelente trabalho. Fomos campeões paulistas cinco vezes. Fomos campeões brasileiros três vezes. Fomos campeão do mundo pela segunda vez. Fomos campeões da Recopa, fomos campeões da Libertadores, fomos campeões da Sul-Americana (sic). Vamos trabalhar muito mais ainda daqui para frente. Construímos os dois CTs, construímos a Arena, fizemos todas as reformas necessárias para o futebol profissional. Fizemos um excelente trabalho para os associados do clube. Foi a melhor gestão. Eu fui me especializar, eu fui me formar. Até hoje estou estudando, estou fazendo gestão financeira. Mas eu fiz gestão master do futebol, gestão esportiva e de lazer para que eu pudesse sentar na cadeira (de presidente) e desenvolver um bom trabalho. Podem ter certeza que tudo que for o melhor para o nosso clube será feito. Vamos ter um time de primeira qualidade, teremos um time que trará novamente as alegrias para o Corinthians e para toda a nossa e para todo o público brasileiro (sic)”.

Considerações finais de Augusto Melo

"Obrigado ao Garrafa, a Cásper, isso vai ficar para a história e obrigado a todos pela participação. Agradecer as chapas 85, 88, 83, 77, 55, 30, 90, são chapas qualificadas que vão dar um suporte no nosso conselho deliberativo. São chapas da oposição e que querem o bem do Corinthians. Agora, agradecer a chapa 21, que é uma chapa de peso e que acabou de declarar voto para nós, vai participar com a gente nessa campanha, uma chapa de grupo e que tem uma relevância muito grande. Gostaria de falar para o torcedor que, nos dê um voto de confiança nessa administração, vamos devolver o Corinthians para o povo, o Corinthians pede socorro e não aguenta mais uma gestão desse grupo que está há 16 anos. Vai nas redes sociais e compare os dois planejamentos, das duas gestões. Nós dê um voto, vamos trazer o Corinthians de volta para o povo, vamos provar para você na administração".

Veja mais em: Base do Corinthians, Parque São Jorge e Eleições no Corinthians.

Veja Mais:

  • Raniele em ação durante jogo entre Corinthians e São Paulo

    Corinthians recebe São Paulo na Neo Química Arena para tentar se reerguer no Brasileirão; saiba tudo

    ver detalhes
  • Majestoso pela nona rodada do Brasileirão tem duas opções de transmissão

    Corinthians e São Paulo pelo Brasileirão tem duas opções de transmissão; saiba quais

    ver detalhes
  • O Corinthians prepara uma série de ações para o Majestoso deste domingo, pelo Brasileirão

    Corinthians prepara homenagem a ídolo e ação com crianças e torcedores em Majestoso pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians encerra preparação para clássico contra o São Paulo

    Corinthians encerra preparação para clássico contra o São Paulo no Brasileirão; veja provável time

    ver detalhes
  • Rodrigão e Nicolas Araújo deverão ser titulares na estreia do Timão pela segunda fase do Campeonato Paulista Sub-17

    Corinthians inicia segunda fase do Campeonato Paulista Sub-17 em Piracicaba; confira os detalhes

    ver detalhes
  • Pedrinho é camisa 10 e uma das grandes promessas da categoria Sub-20 do Corinthians

    Em meio a boa fase, camisa 10 se torna segundo maior artilheiro da 'era Danilo' no Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: