Venha fazer parte da KTO
x

Ídolo se chateia com diferença do Corinthians em despedidas de Fábio Santos e de outros jogadores

13 mil visualizações 47 comentários Reportar erro

Por Rafael Marcon

Marcelinho foi um dos grandes ídolos da história do Corinthians

Danilo Fernandes/ Meu Timão

Jogando em casa, o Corinthians acabou perdendo para o Internacional no último sábado. A derrota ficou em segundo plano para Fábio Santos, que recebeu homenagens e um carinho enorme da torcida corinthiana na Neo Química Arena. Marcelinho Carioca, um dos maiores ídolos do clube, viu como digna a homenagem ao lateral, mas confessou mágoa por não ter recebido o mesmo tratamento na época em que parou de jogar futebol.

"Minha despedida foi 'vai ter jogo no Pacaembu, você comparece lá'. E aí, não fui convidado para almoçar no hotel, estar com os jogadores. Peguei minha chuteira, minha roupa estava lá, fui bem recebido pelos jogadores. O treinador (Mano Menezes) era o mesmo que está atualmente", iniciou dizendo magoado na Rádio Marcelinho Carioca.

"Só deixaram eu jogar o primeiro tempo, fomos bem, 3 a 0 no primeiro tempo, não levei meus filhos, minha família, não teve despedida digna, o maior jogador da história do clube, é meio pedante falar, é fato, mas contra fatos não há argumentos", afirmou o ex-jogador.

Ídolo de todo torcedor corinthiano, o Pé de Anjo, como é conhecido Marcelinho, é, até hoje, um dos jogadores mais vitoriosos da história do clube. Foram dez títulos com o manto alvinegro e partidas memoráveis que quem viu, não esquece. Além disso, o ex-atacante marcou 206 gols, sendo o quinto maior artilheiro da história do clube. Suas cobranças de falta, a especialidade, impressionavam qualquer um que assistia.

O ídolo alvinegro se aposentou em 2010, um ano antes da chegada de Fábio Santos ao Corinthians. Na época, Marcelinho jogava no Santo André e já estava com 38 anos de idade. Por coincidência, Mano Menezes era o treinador do Corinthians, que tinha Andrés Sanchez como presidente. O clube preparou um jogo amistoso para a despedida do craque, mas que aos olhos de Marcelinho, não correspondeu a uma despedida digna de seu tamanho.

"Com mérito e respeito ao Fabio Santos, que jogou bem, foi campeão, mas o Wladimir está acima, o Kleber está acima, a gente vê (que teve) uma homenagem digna. Que merece ser feita até para outras pessoas. Aí dizem 'você está 'puto?' Estou, puto para car***. Puto e chateado. Quem tem representatividade no clube nunca teve isso", completou o ídolo na rádio, antes do início da partida.

Fato é que o clube do Parque São Jorge realmente prepara uma melhor homenagem para seus ídolos atualmente. Já com a Neo Química Arena disponível, o Timão fez questão de relembrar a trajetória de Fábio Santos antes da partida oficial contra o Internacional no último sábado. Recentemente, a ‘Rainha do Paulistão’, Grazi, também foi condecorada com boas homenagens pelo time alvinegro.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians, Fábio Santos e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians pode atuar em estádio de rival na Copa do Brasil

    Corinthians pode atuar em estádio de rival na Copa do Brasil; saiba tudo

    ver detalhes
  • O elenco do Corinthians ganhou folga no domingo e nesta segunda-feira

    Corinthians ganha folga pelo segundo dia consecutivo após eliminação no Paulistão

    ver detalhes
  • Augusto Melo reafirmou o interesse em Cacá e descartou outros dois nomes como possíveis reforços do Corinthians

    Cacá, Thiago Heleno e De Pena: presidente atualiza mercado do Corinthians

    ver detalhes
  • Augusto Melo confirmou conversas com o Santos e falou sobre a amizade com o mandatário rival

    Presidente do Corinthians confirma conversas para ceder Neo Química Arena a rival no Paulista

    ver detalhes
  • António Oliveira destacou que vive as semanas mais felizes da sua vida desde a chegada ao Corinthians

    Treinador do Corinthians exalta dedicação de jogadores em bastidores da vitória sobre o Santo André

    ver detalhes
  • António Oliveira consegue ver Coronado e Garro jogando juntos no Corinthians

    António Oliveira impõe condição para que Garro e Coronado atuem juntos no Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: