Venha fazer parte da KTO
x

Augusto Melo quebra silêncio sobre Matías Rojas e diz que jogador está facilitando a rescisão

45 mil visualizações 293 comentários Reportar erro

Por Beatriz Maineti e Matheus Quintino

Augusto Melo falou pela primeira fez sobre a rescisão de contrato de Matías Rojas, que deixou o clube na última semana. Após a vitória do Corinthians sobre o Santo André pela 11ª rodada do Campeonato Paulista, o presidente do clube disse que o ex-camisa 10 não havia recebido os direitos de imagem previstos em contrato desde que chegou ao clube, em junho de 2023.

"(O que ele pede) É só o direito de imagem que desde que ele foi contrato não recebeu. E a gente tá aqui pra solucionar. É nosso trabalho, é nossa obrigação. Aos pouquinhos a gente faz uma coisa, faz outra. Não tá fácil. A gente já sabia dessa situação. É claro que a gente sabia até uma certa forma através da auditoria. A coisa é muito pior. Então, aparecem essas surpresas todos os dias e a gente tem que correr atrás para solucionar", disse o presidente corinthiano.

Augusto afirma que os demais direitos de atleta, como os pagamentos de salário previstos em sua CLT, foram pagos corretamente. Porém, de acordo com o presidente, o contrato firmado com Matías Rojas em sua chegada, ainda na gestão Duilio Monteiro Alves, previa a facilitação de sua saída em uma das cláusulas.

"Mês passado a gente pagou a CLT dele em ordem, íamos pagar essa semana, mas ele não teve paciência. E no contrato dele uma das cláusulas fala que ele pode ir embora a hora que ele quiser. Não vou jogar a culpa para ninguém, mas a culpa é de quem fez isso. Eu estou aqui pra resolver", explicou.

Sobre valores, o presidente afirmou que o montante original dos direitos de imagem de Matías Rojas que estavam atrasados chegava a R$ 8 milhões. Porém, como o clube já realizou o pagamento de uma das parcelas, o valor devido atualmente precisará ser averiguado com os departamentos correspondentes. Além disso, disse que a saída era desejo do jogador e alegou que o meia tem problemas familiares em seu país natal.

"Era 8 milhões. Nós pagamos uma parte mês passado. Agora eu preciso ver com o financeiro certinho. Segunda-feira. Eu falei com um advogado, falei com empresário, falei com ele mesmo duas vezes ontem, tá super tranquilo, de boa, a gente tá conversando numa boa. É o que ele quer. Ele tem problemas familiares, acha melhor ficar perto da família. É o que tá em contrato, e a gente tem que cumprir o que está no contrato", defendeu Augusto.

Justamente pelo desejo de Matías Rojas, o presidente do Corinthians afirmou que as tratativas para a rescisão antecipada do contrato estão acontecendo de forma cordial e tranquila.

"Sim, tanto o Corinthians como o atleta, como advogado, como empresário, tudo tranquilo. Acho que isso é bacana dessa gestão, a gente sempre corre atrás e tenta resolver o mais rápido possível", afirmou Augusto Melo.

Com isso, o prazo para a resolução do caso deve ser curto, e Augusto acredita que as decisões finais devem ser tomadas no início da próxima semana. O presidente afirmou ainda que ele, pessoalmente, está tomando conta das negociações.

"Segunda-feira (é o prazo). A gente tá agindo muito rápido em tudo. Estoura uma coisa, a gente tem que correr. Por isso que eu falo, a gente não tem mais dia, não tem hora, não tem família, final de semana. A gente sabia de tudo isso. Claro que a coisa tá um pouquinho mais pesada, mas, tanto que quando estourou isso quinta-feira a noite, fiquei o dia todo ontem tentando resolver isso. Eu direto. Presidente direto. Daqui pra frente, tem que ser assim", contou.

Ainda assim, Augusto disse que não via no jogador, durante suas visitas ao CT Joaquim Grava, vontade de deixar o clube, e afirma que foi pego de surpresa pela notícia de sua saída.

"Eu não percebi isso. Às vezes eu tomava café com eles, almoçava com eles, e eu não percebi isso. Nesse período, estava tudo em ordem. Foi uma surpresa. Fui pego de surpresa, no fim da noite", disse o presidente, que costuma frequentar os treinos do Corinthians.

Augusto Melo evita colocar a responsabilidade sobre o jogador, e assume o papel do clube em realizar o pagamento de seus funcionários no prazo correto. Ao explicar a situação, comparou o Corinthians a uma empresa, e disse que, se o jogador trabalha, ele precisa receber.

"Não sei (se foi premeditado), não posso falar. A obrigação do Corinthians é pagar em dia. Nós temos que ter obrigação, é uma empresa isso aqui. Isso aqui tem que pagar em dia. Ele é funcionário, ele trabalha, tem que receber. O erro é de quem começou essa bola de neve. Mas nós estamos aqui, a gente sabia de tudo isso, e vamos trabalhar para resolver isso", disse o presidente.

Quando o assunto são os erros do caso Matías Rojas, Augusto se demonstrou cauteloso. Segundo ele, ambas as partes buscam seus direitos, e disse que ele e sua diretoria seguem trabalhando para trazer mais receitas para o clube e, então, solucionar os problemas financeiros.

"Talvez o Corinthians do ano passado tenha errado. O de agora a gente tá consertando. Ele tem o direito dele, nós temos o direito. Porque acho que atrasar... é claro que não é bom atrasar, ninguém quer atrasar, mas às vezes a gente tem uma dificuldade. Atrasou, mas não vai deixar de pagar. Como tem outras situações, atrasa um dia, paga no outro, atrasa um mês, paga no outro... Claro que não chega a um mês, mas atrasa uma semana, paga na outra. Faz parte. Ainda mais no futebol, acho que é uma dificuldade enorme em termos de receita. E a gente tá trabalhando para trazer novas receitas, como trouxemos. E mais cedo ou mais tarde, a gente soluciona isso", afirmou.

Porém, Augusto foi firme ao dizer que o Corinthians irá realizar o pagamento dos débitos com Matías Rojas. Por isso, então, o presidente não teme uma possível ação na Fifa, que chegou a ser cogitada pelo jogador, e defendeu que pretende enviar uma proposta para a quitação da dívida já na próxima segunda-feira.

"Não, porque nós vamos pagar. É obrigação nossa pagar. Só vai pra Fifa se a gente não pagar. Mas tá super bem conversado. Conversei com o empresário, foi muito receptivo. Conversei com o advogado, também. Ele está em viagem para fora, e segunda-feira ele falou que assim que estiver tranquilo a gente já vai passar a proposta, tudo certinho e pagar. É obrigação nossa pagar", afirmou o presidente.

Veja mais em: Augusto Melo e Matías Rojas.

Veja Mais:

  • Ana Carolina Ramos e Côrte, assumiu a chefia do departamento médico do futebol masculino do Corinthians neste ano

    Chefe do DM do Corinthians esmiuça chegada de Palacios, explica intercorrências e fala do retorno

    ver detalhes
  • António Oliveira passou o último treino antes do jogo contra o Athletico-PR

    Corinthians treina com mudanças antes de enfrentar o Athletico-PR; veja provável time

    ver detalhes
  • Fred Luz é um dos nomes na mesa do Corinthians para o cargo de CEO

    Corinthians tem negociação avançada com ex-Flamengo para cargo de CEO

    ver detalhes
  • Augusto Melo compareceu ao protesto da Gaviões da Fiel no Parque São Jorge

    Reforços, pressão e mais: veja o que Augusto Melo falou à Gaviões em protesto no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Alê concedeu entrevista à imprensa em meio ao protesto da Gaviões da Fiel no Parque São Jorge

    Presidente da Gaviões cobra novas explicações de Augusto Melo e critica promessas no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians aciona polícia e faz BO após supostos prints de fraude com ex-patrocinadora

    Corinthians aciona polícia e faz BO após supostos prints de fraude com ex-patrocinadora; veja mais

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Caique

    Caique 154 comentários

    @caique.correia em

    São 20M para Mano

    Mais um valor alto para Rojas

    Não pagou nenhuma das dívidas.

    Cheio de empresários e jogadores com vários valores atrasados

    E o Duilio vem falar que teve uma nota Ótima/Excelente, em termos de administração das economias do clube.

  • Foto do perfil de Yukisada

    Ranking: 3783º

    Yukisada 576 comentários

    @gu-tavo em

    Como que um fucking presidente do Corinthians faz um contrato com o ROJAS não o FENÔMENO mas sim o rojas, em que ele pode ir embora a hora que quiser? !? !

  • Publicidade

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Jose

    Ranking: 2179º

    Jose 998 comentários

    293º. @jose.antonio54 em

    Graças alguns torcedores, o cuca hoje sendo técnico do Atlético paranaense e ganhando da porcada, sendo que era para está no nosso Timão

  • Foto do perfil de Philó

    Ranking: 169ª

    Philó 293 comentários

    292º. @philo-fiel em

    Uma cláusula onde o atleta poderia rescindir quando quisesse é bem parecida com o vínculo feito com o Roger, onde o mesmo ficava com 60% dos direitos federativos e sairia quando a situação lhe fosse favorável.
    O que causa uma "estranheza" é que o Melo passa a impressão de que não queria pagar o Rojas já que pagou as exigências nas compras dos direitos do Felix, Garro e Matheus França.
    Essa conversa de que havia pago uma parte e o atleta não teve paciência para receber a segunda soa como falácia, dando impressão de que não queria o atleta.

  • Foto do perfil de Tiago

    Ranking: 1129º

    Tiago 1747 comentários

    291º. @tiago.pastore em

    Esse pnc deve ir para algum time brasileiro.

  • Foto do perfil de Reginaldo Guedes

    Ranking: 2303º

    Reginaldo 939 comentários

    290º. @reginaldo-guedes em
    O Augusto melo precisa se reunir com o seu departamento jurídico, rever todos os contratos existentes, depois se reunir com os jogadores, colaboradores em que perceberem falhas na confecção dos contratos e reformular algumas clausulas.
    mas o principal mesmo, é tratar de nunca mais fazerem contratos em que as obrigações são todas do Corinthians e os benefícios são todos dos contratados.
    tem mais, não podemos contratar ninguém pagando acima do que temos condições.
  • Foto do perfil de Giovani

    Ranking: 2488º

    Giovani 877 comentários

    289º. @giovani.leoni.ozilie em

    Mudou a presidência, o Rojas deveria esperar mais um pouco(isso se ele realmente quisesse ficar)afinal são oito milhas e é um direito dele, iria receber hora ou outra, enfim pelo que ele jogou é muita grana, agora paguem o jogador e tchau