Venha fazer parte da KTO
x

Guia do Meu Timão: tudo sobre a busca do Corinthians pelo título inédito da Copa Sul-Americana

1.9 mil visualizações 22 comentários Reportar erro

Saiba tudo sobre a edição de 2024 da Copa Sul-Americana

Saiba tudo sobre a edição de 2024 da Copa Sul-Americana

Divulgação/Conmebol

A fase de grupos da Copa Sul-Americana de 2024 se inicia nesta terça-feira, e o Corinthians entra em campo no mesmo dia para estrear na competição internacional. O Timão visita o Racing, do Uruguai, às 21h30, no horário de Brasília, para começar a busca pelo título inédito do torneio.

O Corinthians disputou a Sul-Americana pela última vez em 2023, quando parou nas semifinais para o Fortaleza, repetindo sua melhor campanha na história do torneio. Com um elenco reformulado na atual temporada, o clube do Parque São Jorge busca fazer diferente em 2024.

O Meu Timão preparou abaixo um guia completo da edição de 2024 da Copa Sul-Americana. Confira!

Sistema de disputa

O sistema de disputa da Copa Sul-Americana é dividido em três fases:

  • Fase preliminar;
  • Fase de grupos;
  • Fases finais (playoffs, oitavas, quartas, semifinal e final).

Fase preliminar

Equipes do Brasil, Argentina e Uruguai não disputam a fase preliminar e iniciam o torneio logo na fase de grupos. Dessa forma, 32 dos 44 clubes restantes classificados para o torneio disputam contra adversários do mesmo país um jogo único para integrar algum dos oito grupos da etapa seguinte. Os confrontos são definidos a partir de sorteio.

Fase de grupos

Os 28 clubes qualificados para a fase de grupos (12 de Brasil, Argentina e Uruguai + 16 classificados da fase preliminar) aguardam a definição dos quatro times eliminados na terceira fase da Libertadores para formar as oito chaves com quatro equipes cada a partir de sorteio. O grupo não pode ter equipes do mesmo país, mesmo se elas vierem da terceira fase da Libertadores.

Nessa etapa da competição são jogadas seis rodadas em dois turnos alternando o mando de campo. O sistema de pontuação é o tradicional: vitória, três pontos; empate, um ponto; derrota, zero pontos. Já os critérios de desempate são esses:

  1. Saldo de gols;
  2. Mais gols marcados;
  3. Mais gols marcados como visitante;
  4. Melhor posição no Ranking da Conmebol em 18 de dezembro de 2023;
  5. Sorteio.

Os primeiros colocados de cada chave avançam diretamente para as oitavas de final da Sul-Americana, enquanto todos os segundos posicionados jogarão os playoffs contra uma equipe que encerrou em terceiro lugar na fase de grupos da Libertadores.

O Timão é o cabeça de chave do Grupo F, que é completado por Argentinos Juniors, da Argentina, Racing, do Uruguai, e Nacional, do Paraguai - clique aqui para conhecer a tabela de todos os jogos do Corinthians nesta fase.

Fases finais

As fases finais começam com os playoffs em jogo de ida e volta. A definição dos confrontos nessa fase é predefinida da seguinte maneira: o melhor segundo colocado da fase de grupos da Sul-Americana enfrenta o pior terceiro colocado da fase de grupos da Libertadores, e assim sucessivamente.

Um sorteio define os confrontos das oitavas de final da Sul-Americana, assim como o percurso de cada equipe classificada até a decisão.

Com exceção da final, todos os jogos eliminatórios são disputados em ida e volta, com o segundo mando de campo a favor do time com a melhor campanha ao longo da competição, e decidido nos pênaltis em caso de empate na soma dos placares. Vale lembrar que não há o critério de gols fora de casa nas competições da Conmebol.

A final da Copa Sul-Americana já tem data definida: 23 de novembro de 2024, mas ainda sem local de disputa confirmado. Diferente das fases finais anteriores, a decisão é encaminhada para a prorrogação em caso de empate no tempo normal antes de ser decidida nos pênaltis. O campeão tem vaga garantida na fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores.

Cartões e VAR

Um jogador advertido com três cartões amarelos, de forma sucessiva ou alternada, cumprirá suspensão automática na partida seguinte, assim como em caso de vermelho.

Ao término da fase de grupos, porém, os cartões amarelos acumulados pelos jogadores são zerados para o mata-mata. Além disso, as advertências custarão aos cofres do clube - confira a tabela de valores abaixo.

FaseCartão amareloCartão vermelho
Preliminar400 dólares1.500 dólares
Grupos400 dólares1.500 dólares
Playoffs500 dólares2.000 dólares
Oitavas500 dólares2.000 dólares
Quartas500 dólares2.000 dólares
Semifinal500 dólares2.000 dólares
Final2.000 dólares4.000 dólares

A ferramenta do árbitro de vídeo está em uso na edição de 2024 da Sul-Americana desde a fase preliminar. Logo, todas as partidas do Corinthians terão o recurso do VAR.

Inscrição de atletas e treinadores

Até 50 jogadores poderão ser inscritos na fase de grupos da Copa Sul-Americana. Eles devem usar a numeração de 1 a 99 na camisa, com obrigação do primeiro algarismo pertencer a um goleiro - clique aqui para conferir todos os atletas do Timão registrados nesta edição do torneio.

Cada atleta pode ser registrado no torneio por no máximo dois clubes. Além disso, não é permitido que jogadores possam atuar por equipes diferentes em uma mesma fase da competição. Logo, um futebolista é proibido de jogar por mais de um time a partir dos playoffs.

O número mínimo de jogadores de linha inscritos é de 18, além de três goleiros, caso contrário serão punidos em pelo menos 50 mil dólares, já que são cumulativas por pessoa. Clubes com menos de 50 atletas inscritos não podem mais preencher o limite máximo até o término da competição.

Cinco jogadores adicionais podem ser inscritos provisoriamente caso seja aprovado pela comissão da Conmebol, recurso válido somente até as oitavas de final.

A substituição na lista de jogadores pode ocorrer até as semifinais da Sul-Americana, com limite para até cinco alterações por fase, número que reduz para três a partir das quartas de final. Já goleiros lesionados podem ser substituídos em qualquer etapa da competição.

Um clube que avançou para os playoffs da Sul-Americana só pode inscrever até cinco jogadores somando já com a permissão para alteração nas oitavas de final.

Já para treinadores e comissão técnica, um clube pode registrar um novo nome até 48 horas antes do início de uma partida. Além disso, é obrigatório que o técnico tenha a licença máxima da Conmebol, caso contrário o time é punido em pelo menos 50 mil dólares e receberá um prazo de dez dias para resolver a situação ou realizar uma troca que atenda as especificações necessárias.

Premiação

O Timão já garantiu pelo menos 900 mil dólares só por estar na fase de grupos da Sul-Americana. Além disso, cada vitória nesta etapa do torneio garante aos clubes um bônus de 115 mil dólares.

Caso fique entre os dois primeiros da chave, o clube do Parque São Jorge embolsa pelo menos mais 500 mil dólares. O campeão do torneio leva para casa um montante de 6 milhões de dólares, fora o acumulado nas fases anteriores - confira a tabela de valores abaixo.

FasePremiação
Preliminar225 mil dólares (mandante) / 250 mil dólares (visitante)
Grupos900 mil dólares
Bônus por vitória na fase de grupos115 mil dólares
Playoffs500 mil dólares
Oitavas600 mil dólares
Quartas700 mil dólares
Semifinal800 mil dólares
Vice-campeão2 milhões de dólares
Campeão6 milhões de dólares

É importante lembrar que a meta esportiva mínima do Corinthians na Sul-Americana é de alcançar pelo menos até as oitavas de final, fase que premia os clubes em 600 mil dólares, conforme a previsão no orçamento da diretoria corinthiana para 2024.

Os comandados de António Oliveira podem acumular até 9,7 milhões de dólares (R$ 47 mi na cotação atual, aproximadamente) caso levantem a taça do torneio no final da temporada.

Transmissão

Quatro canais possuem os direitos de transmissão da edição de 2024 da Sul-Americana. Na TV aberta, o SBT exibe os jogos, enquanto a ESPN é a opção na TV fechada. No streaming, as alternativas são o Star+ e o Paramount+.

Todos os jogos do Corinthians na fase de grupos do torneio terão pelo menos duas opções de transmissão, sendo uma delas na televisão - clique aqui para conferir os canais que exibirão as seis primeiras partidas do Timão na Sul-Americana.

É importante ressaltar que todos os jogos da Sul-Americana ocorrem na programação prevista, que é de terça-feira à quinta-feira, com início para a bola rolar às 19h até 23h, no horário de Brasília.

Curiosidades

Maiores campeões

Nenhum clube possui mais de dois títulos da Copa Sul-Americana. Os maiores campeões do torneio se dividem entre cinco equipes: Athletico-PR, Boca Juniors e Independiente, da Argentina, e LDU e Independiente Del Valle, do Equador - veja a tabela de vencedores abaixo.

CampeõesEdições
LDU (Equador)2009 e 2023
Independiente Del Valle (Equador)2019 e 2022
Athletico-PR2018 e 2021
Independiente (Argentina)2010 e 2017
Boca Juniors (Argentina)2004 e 2005
Defensa y Justicia (Argentina)2020
Chapecoense2016
Independiente Santa Fe (Colômbia)2015
River Plate (Argentina)2014
Lanús (Argentina)2013
São Paulo2012
Universidad de Chile (Chile)2011
Internacional2008
Arsenal de Sarandí (Argentina)2007
Pachuca (México)2006
Cienciano (Peru)2003
San Lorenzo (Argentina)2002

Do quinteto, apenas Athletico-PR e Boca Juniors estão disputando pelo tricampeonato nesta edição da competição.

Retrospecto do Timão

Das 23 edições da Sul-Americana, o Timão disputou nove, contabilizando a atual. Em 44 jogos realizados pelo torneio, a equipe corinthiana acumula 18 vitórias, 15 empates e 11 derrotas, um aproveitamento de 52,27%, além de ter marcado 54 gols e sofrido 43.

As melhores campanhas do Corinthians na Sul-Americana ocorreram nas edições de 2019 e 2023, quando alcançou as semifinais. Na primeira, parou no Independiente Del Valle após perder o primeiro jogo por 2 a 0 na Neo Química Arena e empatar a segunda partida em 2 a 2, no Equador, enquanto no ano passado ficou no caminho diante do Fortaleza depois de empatar por 1 a 1 no duelo de ida em Itaquera e ser derrotado por 2 a 0 na volta, no Castelão.

Contudo, é somente a segunda vez que o Corinthians disputa a Sul-Americana no formato de fase de grupos. Em 2021, o Timão ficou na segunda colocação e foi eliminado do torneio, já que não havia playoffs naquela edição.

A maior goleada aplicada e sofrida do Corinthians no torneio ocorreram também na edição de 2021. O clube alvinegro venceu o Sport Huancayo, do Peru, por 5 a 0, na Neo Química Arena, e foi derrotado por 4 a 0 pelo Peñarol, do Uruguai, fora de casa.

Veja mais em: Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Corinthians perde para o Juventude em jogo fora de casa no Brasileirão

    Com falhas de Cássio, Corinthians perde para o Juventude em jogo fora de casa no Brasileirão

    ver detalhes
  • Cássio saindo de campo após derrota do Corinthians

    Falhas de Cássio e dupla de meias: Fiel repercute derrota do Corinthians para o Juventude

    ver detalhes
  • Maycon deixa o campo após sentir joelho e volta a ser preocupação no Corinthians

    Maycon deixa o campo após sentir joelho e volta a ser preocupação no Corinthians

    ver detalhes
  • Yuri Alberto comemora gol contra o São Bernardo, pela Copa do Brasil

    Corinthians conhece adversário da terceira fase da Copa do Brasil; veja resultado do sorteio

    ver detalhes
  • A agenda do Corinthians conta com Copa do Brasil, Brasileirão e Sul-Americana

    Veja como ficou o calendário do Corinthians para as próximas semanas

    ver detalhes
  • Corinthians superou em casa o Internacional, por 2 a 1, nesta quarta-feira

    Corinthians supera o Internacional com gol de 'reforço' e vence a primeira no Brasileiro Sub-20

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: