Venha fazer parte da KTO
x

Brasileiro do Racing revela ansiedade de uruguaios para enfrentar o Corinthians

9.3 mil visualizações 36 comentários Reportar erro

Por Meu Timão

A animosidade dos uruguaios se dá pelo outro confronto entre as equipes, em 2010

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Às 21h30 desta terça-feira, o Corinthians enfrenta o Racing, do Uruguai, pela primeira rodada da fase de grupos da Sul-Americana. Para os uruguaios, o confronto tem um "tempero a mais". Quem diz isso é Alexandre de Castro, goleiro brasileiro da equipe, que revelou que os adversários dessa noite queriam enfrentar o Timão desde antes da bola rolar.

''Foi uma loucura. Ficou todo mundo brincando: 'Não vai ter revanche ou não?'. Falavam: 'A gente vai pegar o Corinthians...' E eu sempre respondia que seria osso duro. Aí foi e caiu o Corinthians. Vai ser difícil, mas nada é impossível'', revelou em entrevista à ESPN.

A fala se refere aos últimos encontros entre as equipes, em 2010. Pela fase de grupos daquela edição da Libertadores, o Corinthians venceu o Racing nos dois turnos. No primeiro duelo, no Pacaembu, o Timão venceu de virada por 2 a 1, com Elias garantindo a vitória. Depois, em terras uruguaias, Dentinho abriu o placar e Elias encerrou o 2 a 0.

''Não ficaram com medo e, sim, com gosto de revanche. Foi mais um sentimento de motivação. Vamos jogar contra um grande não só do Brasil, mas da América. Um time gigantesco! A gente leva mais com a motivação de pegamos um grupo difícil. Vamos para dentro. É trabalho atrás de trabalho'', explicou o goleiro, que foi contratado pelo Racing nesta temporada.

Por ser do Brasil, Alexandre de Castro tem sanado as dúvidas dos companheiros de equipe sobre o Timão. ''Os jogadores me perguntaram como é a torcida do Corinthians e como vai ser jogar lá em São Paulo. Eu falei que vai ser uma loucura porque a torcida não para de cantar um minuto", contou o arqueiro de 20 anos. "Os caras gritam e motivam. Vai ser difícil, mas nada impossível. A gente vai para dentro'', encerrou.

Alexandre é natural de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. Nascido em 2003, o goleiro revelou ser torcedor do Flamengo, ainda que tenha feito testes no Fluminense enquanto na base. No Racing, é a terceira opção do técnico Hernán López, que prioriza Renzo Bacchia como titular e Rodrigo Odriozola como primeiro substituto.

Após o embate dessa terça, as equipes voltam a se enfrentar em 28 de maio, pela última rodada da fase inaugural do torneio. Além do Racing, o Corinthians vai enfrentar o Argentinos Juniors, da Argentina, e o Nacional, do Paraguai.

Veja mais em: Copa Sul-Americana e Corinthians x Racing.

Veja Mais:

  • Corinthians anuncia venda de zagueira do feminino para o exterior por quantia milionária

    Corinthians anuncia venda de zagueira para o exterior por quantia milionária; veja mais

    ver detalhes
  • Coronado e Garro viram tema de entrevista de volante do Corinthians em início juntos

    Coronado e Garro viram tema de entrevista de volante do Corinthians em início juntos

    ver detalhes
  • António Oliveira, sério, observando a equipe do Corinthians

    Técnico do Corinthians analisa posicionamento da defesa em gol tomado e detalha visão

    ver detalhes
  • Os jogadores e comissão técnica do Corinthians reclamaram de um possível pênalti em Paulinho

    Paulinho fala sobre possível pênalti e deixa recado aos torcedores do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians foi superado como visitante mais uma vez

    Corinthians comete erros, é superado pelo Atlântico na LNF e tem início ruim na temporada

    ver detalhes
  • Corinthians avança em negociação para renovar contrato de Caetano

    Corinthians avança em negociação para renovar contrato de zagueiro; veja mais

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: