Venha fazer parte da KTO
x

Corinthians fecha 2023 sem diminuir dívidas com bancos e empresários; valor é quase R$ 100 milhões

7.5 mil visualizações 219 comentários Reportar erro

O balanço de 2023 do Corinthians, ainda sob o comando de Duilio Monteiro Alves, mostra que até o último dia 31 de dezembro o clube devia R$ 96,2 milhões a bancos e empresários de futebol

O balanço de 2023 do Corinthians, ainda sob o comando de Duilio Monteiro Alves, mostra que até o último dia 31 de dezembro o clube devia R$ 96,2 milhões a bancos e empresários de futebol

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Parte da dívida de quase R$ 900 milhões do Corinthians está relacionada a empréstimos com bancos e empresário de futebol. O balanço de 2023 do clube mostra que, até o último dia 31 de dezembro, o clube devia R$ 96,2 milhões.

Esse valor é praticamente o mesmo do balanço de 2022, que apresentava uma dívida de R$ 97 milhões oriunda desses empréstimos de banco e empresários - em 2021, o valor era maior (R$ 116,6 milhões).

O valor de R$ 96,2 milhões se refere às dívidas contraídas por empréstimos com as instituições financeiras BMG, Bradesco, Daycoval e Santander. E outros três empresários de atletas: Giuliano Bertolucci, André Cury e Fernando Garcia.

O nome de Garcia não aparecia no balanço de 2022. Ao GE, Duilio Monteiro Alves explicou que o empréstimo contraído de R$ 10,9 milhões foi pelo adiantamento do valor a receber do Zenit pela venda de Pedro ao clube russo.

Duas outras curiosidades sobre essas dívidas com bancos e agentes de futebol: o fim da pendência de R$ 300 mil com Denis Maldelbaum, que figurava no balanço há cinco anos, e o valor zerado com Carlos Leite, que era de R$ 2,7 milhões ao término de 2022.

Vale lembrar que, recentemente, Carlos Leite entrou com diversas ações na Justiça, por meio de algumas de suas empresas, pedindo cerca de R$ 60 milhões. O montante está relacionado à comissões de transferências e direitos de imagem de seus agenciados.

Carlos Leite agencia Cássio, Fagner, entre outros. Enquanto Giuliano Bertolucci, ao lado de alguns sócios, esteve ligado a Léo Santos e Ramiro, ex-corinthianos, e Vítor Pereira. Cury, por sua vez, é responsável pela carreira de Yuri Alberto e dos ex-alvinegros Otero e Cazares.

Veja abaixo os credores, os valores e os juros cobrados

Dívidas bancárias e com empresários de futebol contraídas por empréstimos

Dívidas bancárias e com empresários de futebol contraídas por empréstimos

Reprodução/Internet

Veja mais em: Duílio Monteiro Alves e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Marcelo Mariano, conhecido como Marcelinho no Parque São Jorge, é o atual diretor administrativo do Corinthians; sua manutenção com aval de Augusto Melo fez o diretor jurídico Yun Ki Lee pedir desligamento

    Pivô de polêmicas e ex-assessor na era Dualib: quem é Marcelo Mariano, braço direito de Augusto Melo

    ver detalhes
  • A Gaviões da Fiel se reuniu com membros do Conselho Deliberativo do Corinthians no último sábado, no Parque São Jorge

    Gaviões da Fiel detalha reunião com conselheiros do Corinthians; veja os tópicos abordados

    ver detalhes
  • Na temática antirracista, até a tipografia da nova camisa do Corinthians possui referências à causa

    Adinkra Hene e Dwennimmen: conheça os símbolos por trás da tipografia da nova camisa do Corinthians

    ver detalhes
  • Augusto Melo revelou que uma empresa recuou em fechar um patrocínio milionário com o Corinthians

    Saiba qual é a empresa citada por Augusto Melo que recuou em acordo milionário com o Corinthians

    ver detalhes
  • Foram feitas atividades tanto táticas quanto ofensivas

    Corinthians trabalha movimentações táticas e finalizações atento a jogo da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Matheuzinho se recuperou de lesão, e Diego Palácios iniciou a transição física no Corinthians

    Corinthians informa recuperação de Matheuzinho e atualiza situação clínica de dupla lesionada

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: