Venha fazer parte da KTO
x

Corinthians já pagou R$ 1,4 milhão à empresa que intermediou chegada do patrocinador máster

14 mil visualizações 158 comentários Reportar erro

Presidente Augusto Melo durante à apresentação da VaideBet em coletiva de imprensa no CT

Presidente Augusto Melo durante à apresentação da VaideBet em coletiva de imprensa no CT

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Em meio a diversas polêmicas em relação ao seu patrocinador máster, o Corinthians já iniciou os pagamentos para a intermediária do acordo com a VaideBet. Segundo apuração do Meu Timão, aos menos dois valores já foram enviados à Rede Social Media Design LTDA.

Até o momento, o pagamento total por parte do clube foi de R$ 1,4 milhão, sendo R$ 700 mil em cada uma das remessas. A primeira nota foi emitida pela Rede Social Media Design LTDA em 10 de janeiro. No mês em questão, porém, a VaideBet pagou R$ 20 milhões ao Corinthians - os R$ 10 milhões do mês e a antecipação da 36ª parcela, a última, no mesmo valor, considerada como luvas do acordo.

O Corinthians, porém, só pagou metade do valor da nota, que era de R$ 1,4 milhão. Ou seja, pagou os R$ 700 mil referentes à parcela de janeiro e ignorou os outros R$ 700 mil referentes às luvas. A explicação está em uma das cláusulas do contrato entre o Corinthians e a VaideBet que o Meu Timão teve acesso. A cláusula 3.8.1 do contrato diz que "o valor das luvas não será considerado para pagamento da comissão porventura devida ao intermediário".

Já a segunda nota fiscal, emitida pela Rede Social Media Design LTDA no dia 1° de março, também foi honrada pelo Corinthians. O valor foi de R$ 700 mil referente a 7% da segunda parcela do acordo comercial, de fevereiro, também no valor de R$ 10 milhões.

O portal Meu Timão não conseguiu confirmar se a Rede Social Media Design LTDA emitiu a terceira nota no valor de R$ 700 mil e nem se a mesma já foi paga pelo Corinthians. Essa nota corresponde ao terceiro repasse da VaideBet, também de R$ 10 milhões, no último dia 5 de abril.

No total, a empresa, que está no contrato celebrado entre Corinthians e VaideBet como a intermediária do acordo comercial, vai receber R$ 25,2 milhões. Esse montante será pago em 36 parcelas de R$ 700 mil. O valor das parcelas será retirado de cada um dos pagamentos de R$ 10 milhões feitos pela VaideBet mensalmente ao Timão.

A reportagem do Meu Timão entrou em contato com a assessoria de imprensa do Corinthians para comentar o caso, mas não houve manifestação oficial do clube até a publicação dessa matéria.

Conflito nas declarações

No último dia 30, membros da oposição protolocaram um pedido de esclarecimento da atual gestão, representada por Augusto Melo, sobre o acordo com a VaideBet. O documento, assinado por Andrés Sanchez, ex-presidente do Timão, André Luiz Oliveira (André Negão), Jorge Kalil, ex-vice-presidente do clube, e o ex-secretário-geral alvinegro, Antônio Rachid, contesta justamente o montante para a Rede Social Media Design LTDA.

Segundo os membros, durante reunião entre Andrés Sanchez e Augusto Melo, no dia 11 de abril, o presidente do Corinthians teria revelado que a VaideBet buscou o clube e que, a partir daí, as tratativas foram iniciadas. Na época, o próprio mandatário e Marcelinho, diretor administrativo, conduziram as negociações. Pela divergência apresentada, os membros da oposição emitiram um pedido de esclarecimento da atual gestão sobre o assunto.

Cortesias

Na última quarta-feira, a Gazeta Esportiva publicou uma matéria revelando que o Corinthians estaria entregando algumas espécies de cortesias para a VaideBet. Uma delas, segundo a publicação, seria a utilização da telas de Led que ficam no gramado da Neo Química Arena e dos tapetes 3D ao lado dos gols. Isso não estaria nos contratos entre Corinthians, VaideBet e Brax. A reportagem apurou, que apesar de ser permitido que o clube negocie o espaço com seus patrocinadores, todos eles foram cedidos sem uma contrapartida financeira.

Além disso, a VaideBet tem também ocupado o lugar do patrocinador máster dos uniformes das categorias de base masculina. O contrato entre as empresas prevê apenas a exposição nas categorias profissionais, masculina e feminina, e no basquete e futsal.

Em contato com a Gazeta Esportiva, o Corinthians se limitou a dizer que o contrato prevê entregas para a VaideBet. "O contrato do Sport Club Corinthians Paulista com a Vai de Bet prevê entregas como patrocinadora. Isto não impede a marca de também realizar negócios como anunciante, inclusive com outras agremiações esportivas em partidas de futebol", dizia a nota.

Veja mais em: Ações de marketing, Diretoria do Corinthians, Augusto Melo e Patrocinador do Corinthians.

Veja Mais:

  • Um influenciador fez uma postagem de uma suposta "nota fria" emitida durante a gestão de Duilio Monteiro Alves

    Duilio responde suposta 'nota fria' em sua gestão no Corinthians; Augusto reclama de 'vazamentos'

    ver detalhes
  • Os titulares Igor Coronado e Rodrigo Garro treinaram nesta quinta-feira no gramado do CT Joaquim Grava visando ao clássico contra o São Paulo

    Corinthians faz primeiro treino com força máxima para o Majestoso pelo Brasileirão; saiba como foi

    ver detalhes
  • Armando Mendonça deu entrevista falando sobre a polêmica recente envolvendo o Corinthians

    Vice do Corinthians revela requerimento ignorado por Marcelo Mariano e conversa com Sérgio Moura

    ver detalhes
  • Yuri Alberto supera Róger Guedes e alcança nona melhor média de gols pelo Corinthians no século XXI

    Yuri Alberto supera Róger Guedes e alcança nona melhor média de gols pelo Corinthians no século XXI

    ver detalhes
  • Elenco do Corinthians demonstra insatisfação com crise extracampo e salários atrasados

    Elenco do Corinthians demonstra irritação com diretoria e salários atrasados

    ver detalhes
  • Denner é nascido em 2008 e foi integrado ao Sub-20 recentemente

    Diretoria do Corinthians aposta fichas em joia nascida em 2008 para sucesso no Sub-20; entenda

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: