Venha fazer parte da KTO
x

Técnico exalta espírito da equipe e fala sobre impacto de turbulência política no Corinthians

1.2 mil visualizações 27 comentários Reportar erro

Por Meu Timão

Lucas Piccinato durante jogo do Corinthians contra o Taubaté

Rodrigo Gazzanel / Agência Corinthians

Para Lucas Piccinato, técnico do Corinthians Feminino, a mentalidade competitiva das Brabas faz a diferença na disputa de campeonatos. O treinador falou com a imprensa após a vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras na noite do último domingo pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da modalidade, e disse que o incômodo com resultados ruins é um dos maiores diferenciais para os demais postulantes à títulos.

"Acho que a gente tem tido bastante sucesso nessa temporada no sentido de não ter perdido. Acho que a equipe é muito competitiva e quer vencer a todo custo. Se incomoda com resultados como empate, como foi a última partida (empate em 1 a 1 contra o Santos)", disse o treinador em entrevista coletiva, em transcrição feita pelo portal Central do Timão.

Apesar da vitória, porém, Piccinato acredita que o Corinthians, que não fez um bom primeiro tempo, poderia ter entregado mais ao longo do clássico disputado. O treinador defende que não existe comodismo dentro da equipe, e disse que agora é preciso seguir trabalhando para atingir os objetivos traçados para a atual temporada.

"Mesmo sendo clássico, a gente sabe que a gente poderia ter dado mais. É um time que está o tempo inteiro incomodado, não tem comodismo na equipe. A equipe se motiva por si só, é um time que se incomoda com partidas ruins. E a gente segue trabalhando, um pézinho no chão, em busca do que a gente quer. A gente sabe que ainda é fase de grupos", afirmou Lucas Piccinato.

Atualmente, o Corinthians é líder com ampla vantagem no Campeonato Brasileiro Feminino. Com 34 pontos ganhos e a invencibilidade total na competição, as Brabas carregam nove pontos a mais do que a Ferroviária, que é a segunda colocada no torneio. Para o treinador, porém, é preciso começar a pensar nos próximos passos da equipe.

"A gente com certeza vai enfrentar essas equipes fortes que a gente enfrentou nessa primeira fase. A gente tem que estar preparado para os desafios que vêm na segunda fase. Muito feliz pelo resultado, muito feliz, óbvio, pela primeira colocação, mas aseguir com o pé no chão, trabalhando o dia a dia, porque todo mundo quer obviamente explorar nossas deficiências para sair com bons resultados, e a gente tem que cada vez aperfeiçoar para continuar convencendo", contou o treinador.

O treinador exaltou o elenco do Corinthians e a entrega demonstrada dentro de campo no último clássico. Porém, Lucas Piccinato prega pés no chão para a disputa dos campeonatos e diz que o clube dará um passo de cada vez em busca do título.

"Eu fico muito feliz pelas meninas terem essa atitude e, óbvio, pezinho no chão. Pensar no Red Bull (Bragantino), na nossa caminhada, o que a gente espera, obviamente, que é ser campeão. Então, um passo de cada vez", concluiu Lucas Piccinato.

A crise política do Corinthians e o impacto no campo

Com o momento político conturbado do Corinthians, Piccinato defende que é preciso blindar as atletas para que seja possível trabalhar apenas com o que pode ser resolvido dentro de campo. Segundo ele, é preciso separar as coisas e dar destaque para o que está ao alcance da equipe.

"Acho que o mais importante é não trazer para a gente coisas que não estão ao nosso alcance. As coisas que estão acontecendo no Corinthians não está ao alcance das jogadoras, nem na condição técnica do feminino, porque a gente tem que estar ao nossa alcance e se pareparar para fazer um grande jogo, como (foi) contra o Palmeiras", destacou o treinador.

O treinador aproveitou a oportunidade para exaltar o trabalho realizado dentro de campo e a concentração implementada pelas atletas. Ele defende que a vitória sobre o Palmeiras no grande clássico Estadual demonstra a bagagem carregada pelo time.

"Obviamente, se preparar para a próxima partida. E esse time tem experiência demais, bagagem demais. É um time que sabe passar por todas as situações. E mais uma vez, com todas as questões que estão acontecendo no extra campo, a gente consegue vir aqui, se concentrar e sair mais uma vez com uma vitória no derby, que é sempre um clássico muito difícil", concluiu Lucas Piccinato.

O treinador corinthiano terá uma semana para preparar o time para mais um desafio. Na próxima segunda-feira, às 19h, ainda sem palco definido, o Corinthians jogará contra o Red Bull Bragantino pela 13ª rodada do Brasileirão Feminino.

Veja mais em: Lucas Piccinato e Corinthians Feminino.

Veja Mais:

  • Corinthians enfrenta o Athletico às 16h, na Ligga Arena

    Corinthians visita Athletico-PR em busca de encerrar sequência negativa no Brasileiro; saiba tudo

    ver detalhes
  • Corinthians desembarcou neste sábado em Curitiba

    Corinthians desembarca em Curitiba com 26 jogadores para enfrentar o Athletico-PR; veja lista

    ver detalhes
  • Ana Carolina Ramos e Côrte, assumiu a chefia do departamento médico do futebol masculino do Corinthians neste ano

    Chefe do DM do Corinthians esmiuça chegada de Palacios, explica intercorrências e fala do retorno

    ver detalhes
  • António Oliveira passou o último treino antes do jogo contra o Athletico-PR

    Corinthians treina com mudanças antes de enfrentar o Athletico-PR; veja provável time

    ver detalhes
  • Fred Luz é um dos nomes na mesa do Corinthians para o cargo de CEO

    Corinthians tem negociação avançada com ex-Flamengo para cargo de CEO

    ver detalhes
  • Carlos Miguel treinou normalmente durante a semana, mas sentiu dores no tornozelo na manhã deste sábado

    Neto detona desfalque de Carlos Miguel em próximo duelo do Corinthians; entenda motivo da ausência

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: