Venha fazer parte da KTO
x

Augusto Melo esclarece sobre 'semana da transparência' e opina sobre chances de CEO no Corinthians

7.1 mil visualizações 74 comentários Reportar erro

Por Matheus Fiuza, Rodrigo Vessoni, Vitor Chicarolli e Gustavo Lima

Augusto Melo se mostrou favorável à contratação de CEO, que foi indicado pela EY

Augusto Melo se mostrou favorável à contratação de CEO, que foi indicado pela EY

Gustavo Lima / Meu Timão

Na manhã desta segunda-feira, em meio as turbulências extracampo do Corinthians, Augusto Melo concedeu entrevista coletiva no CT Joaquim Grava. O tópico "semana da transparência", que completou um mês no domingo sem alguma definição, ganhou explicações do presidente alvinegro.

"Isso (semana da transparência) é um trabalho minucioso da EY. Ela tinha dado uma data para nós e depois corrigiu, porque tinham outras situações que ainda estavam verificando. Não somos nós, estamos na dependência deles. Cheguei agora, não tive nenhuma reunião com eles, fiquei praticamente oito dias fora e praticamente há quase 15 dias só falando por telefone, não tivemos nenhuma reunião. Era para termos hoje, inclusive, mas foi adiada porque viajo agora à tarde. A gente viaja a cada um dia e meio. Um dia e meio estou viajando, então não é fácil. Estou aguardando o parecer deles. Isso depende deles, para eles também terem as coisas todas tranquilas", afirmou o presidente.

A diretoria do Timão havia estipulado o dia 9 de maio como data para a realização do evento, como indicado pelo então diretor financeiro, Rozallah Santoro, durante aprovação do balanço financeiro de 2023. O prazo anterior, como comentado por Augusto Melo anteriormente, era em 15 de abril. A princípio, a semana da transparência será uma forma de apresentar a atual situação do clube.

Uma das responsáveis pelo evento seria a Ernst & Young (EY), empresa contratada no início da gestão para consultoria e planejamento estratégico para os próximos três anos de Augusto na presidência. A EY, inclusive, entregou um relatório no começo de maio, antes da possível realização da "semana da transparência", que foi adiada por motivos não divulgados publicamente.

Em meio a análise da empresa, Augusto Melo voltou a falar sobre a chegada de um CEO para o comando do clube, indicação feita pela própria consultoria. O mandatário do Timão afirmou ser favorável desde o começo da gestão, mas pediu paciência para análise de um nome mais acertado. À época da sugestão, o nome mais cotado era Alexandre Leitão, que ocupa uma posição similar no Athletico-PR.

"Outra coisa que pessoas que saíram daqui que participavam desse tipo de reunião vai para vocês e jogam no ar e aí vocês publicam. Quem não tem conhecimento começa a sentar o pau, começa a bater forte na gente sem ter conhecimento. Desde o começo sempre fui favorável a isso, só que tem que entender o seguinte: um CEO do Corinthians tem que ser do tamanho do Corinthians. Não é às pressas que você contrata um CEO. Vocês estão vendo a política forte que é o Corinthians, é um país dentro de um clube, você não tem ideia do que é o Corinthians, o que é aqui dentro. Eu vivo aqui há mais de 40 anos e não sabia disso. Vivo lá dentro diariamente, imaginava um tamanho, mas é muito maior", disse.

"Desde o dia que foi feito isso (indicação do CEO), começamos a analisar, porque não é qualquer CEO que vem tomar conta de 11 diretorias e 54 departamentos, então isso não é fácil. Tem que ser alguém de clube, alguém com expertise, muito capacitado. Você tem que analisar. Em uma das primeiras reuniões que tivemos com a EY tentamos ver um perfil e fomos buscar um perfil, que estamos conversando. Seria, para mim, o melhor, e tenho certeza de que não iria errar. Sei que é muito difícil tirá-lo de onde está, mas, enfim, enquanto isso estamos tocando o Corinthians perfeitamente com nossa diretoria, todos capacitados. Não tenho problema com nenhuma diretoria, a única que tive arrumei colocando outros mais competentes", completou Augusto.

Sem a definição de um CEO, o presidente anunciou novo nome após a debandada de diretores na alta cúpula alvinegra. Trata-se de Leonardo Pantelão, que assumirá o departamento jurídico do Timão. Além dele, Vinicius Manfredi de Azevedo foi o escolhido pelo Corinthians como superintendente de marketing, mas ainda aguarda oficialização.

Veja mais em: Augusto Melo e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians desembarcou neste sábado em Curitiba

    Corinthians desembarca em Curitiba com 26 jogadores para enfrentar o Athletico-PR; veja lista

    ver detalhes
  • Ana Carolina Ramos e Côrte, assumiu a chefia do departamento médico do futebol masculino do Corinthians neste ano

    Chefe do DM do Corinthians esmiuça chegada de Palacios, explica intercorrências e fala do retorno

    ver detalhes
  • António Oliveira passou o último treino antes do jogo contra o Athletico-PR

    Corinthians treina com mudanças antes de enfrentar o Athletico-PR; veja provável time

    ver detalhes
  • Fred Luz é um dos nomes na mesa do Corinthians para o cargo de CEO

    Corinthians tem negociação avançada com ex-Flamengo para cargo de CEO

    ver detalhes
  • Saiba quais são as funções que um CEO costuma exercer em um time de futebol

    ver detalhes
  • Carlos Miguel treinou normalmente durante a semana, mas sentiu dores no tornozelo na manhã deste sábado

    Neto detona desfalque de Carlos Miguel em próximo duelo do Corinthians; entenda motivo da ausência

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: