Pelé cita até Lulinha para se negar a ceder sua coroa a Neymar

830 visualizações 0 comentários

Por Meu Timão

Pelé deixaria Neymar no banco de reservas do seu renomado Santos da década de 1960

Pelé deixaria Neymar no banco de reservas do seu renomado Santos da década de 1960

Fernando Dantas/Gazeta Press

Pelé foi abordado por um garoto no início desta semana, dentro de um elevador, a caminho do seu escritório em Santos. 'O Neymar marcou quatro vezes em um jogo, mas o meu pai me disse que você fez oito', disse o menino, antes de apontar os dois gols de pênalti anotados contra o Atlético-PR como um diferencial a favor do atual ídolo santista.

Pelé prefere Neymar a Messi

O comentário da criança fez Pelé refletir. O Rei do Futebol não está disposto a ceder a sua coroa para Neymar, conforme contou de forma bem-humorada nesta quinta-feira. 'Daria uma coroa para ele com muito prazer. Mas só se fosse outra coroa. A minha, não!', avisou, dividido entre elogios rasgados e declarações precavidas sobre o potencial do atacante do Santos e da Seleção Brasileira.

Para justificar a sua prudência, Pelé chegou ao ponto de citar o meia Lulinha, que foi muito badalado quando despontou nas categorias de base do Corinthians antes de passar sem destaque pelos modestos clubes portugueses Estoril e Olhanense. Agora emprestado ao Bahia, o jogador tem o mesmo empresário de Neymar: Wagner Ribeiro.

O Rei do Futebol não quis equiparar Neymar nem aos seus ex-companheiros. 'Dava para compor o elenco, mas acho que ele teria que ficar no banco de reservas do time de 1960. É difícil tirar alguém daquela equipe. Tivemos grandes jogadores, como Nenê e Cláudio Adão, que ficaram no banco', lembrou.

Neymar, por sua vez, gosta de fazer referências a Pelé. Além de comemorar alguns gols com um soco no ar, como fazia o ídolo, o jovem atacante anunciou a sua permanência no Santos até 2014, na quarta-feira, com uma camiseta com a seguinte inscrição: 'It's good to be the king' - 'é bom ser o rei', em português.

'Se perguntarem para a minha mãe, ela dirá que o Neymar não é melhor do que eu', brincou Pelé, que incumbiu a uma entidade superior a resposta sobre a existência de uma nova majestade no futebol. 'Só perguntando para Deus.'

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Giovanny em ação na final da Copa do Brasil Sub-17, diante do Palmeiras, no Pacaembu, em novembro de 2017

    Chega ao fim contrato de atacante que não atuou pelo Corinthians por quase três anos

    ver detalhes
  • Corinthians fez vídeo para se posicionar contra o racismo

    Vidas negras importam: Corinthians destaca ídolos e vítimas recentes em vídeo contra o racismo

    ver detalhes
  • Passo a passo: a participação de torcedores no protesto pela democracia na Avenida Paulista

    VÍDEO: Passo a passo: a participação de torcedores no protesto pela democracia na Avenida Paulista

    ver detalhes
  • Gabriel fez o que poucos corinthianos (e brasileiros) fizeram

    [Vitor Chicarolli] Gabriel fez o que poucos corinthianos (e brasileiros) fizeram

    ver detalhes
  • Conflito entre policiais e grupo pró-democracia marcam domingo na Avenida Paulista

    PM explica uso de bombas para dispersar grupo onde protestavam corinthianos na Paulista

    ver detalhes
  • Cerca de 500 corinthianos marcam presença na Avenida Paulista neste domingo

    Torcida do Corinthians ganha apoio de rivais em ato pró-democracia na Avenida Paulista; veja vídeo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!