Para Mustafá, ano está perdido mesmo se Palmeiras tirar taça do Timão

216 visualizações 0 comentários

Por Meu Timão

Mustafá Contursi está descontente com a atual condição do Palmeiras na disputa do Campeonato Brasile

Mustafá Contursi está descontente com a atual condição do Palmeiras na disputa do Campeonato Brasile

Marcelo Belpiede/Gazeta Press

A possibilidade do Palmeiras fazer uma grande festa no domingo caso tire o título brasileiro do Corinthians - e dê a condição do Vasco de comemorar a competição nacional - não agrada a um ex-presidente alviverde: Mustafá Contursi. Nesta segunda-feira, o dirigente foi claro que o Palmeiras não pode apagar mais um ano recheado de fracassos, independentemente do resultado do clássico que vai ser disputado no Pacaembu.

'O Palmeiras pode estragar o ano do Corinthians, não seria algo desagradável, é claro, mas acho que não salva a temporada 2011. O ano do Palmeiras está perdido', comentou o presidente do Sindicato Nacional do Futebol, durante o lançamento da 7ª edição do Anuário do Futebol Brasileiro. 'Parece que o clube só pensa em fugir do rebaixamento. Gasta R$ 700 milhões para ficar em 16º lugar, ficar em 12º lugar', emendou o dirigente.

Entre os palmeirenses mais ferrenhos, ainda há um sentimento de constrangimento pela campanha modesta no Campeonato Brasileiro. Nos bastidores, algumas pessoas importantes do clube chegam a falar que o Palmeiras tem apenas o papel de 'Moleque Travesso' (apelido ostentado pelo Juventus no confronto contra os grandes de São Paulo) na reta decisiva do torneio nacional.

Antes do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras já havia fracassado em outros três desafios no ano. No Campeonato Paulista, acabou eliminado na semifinal diante do Corinthians. Na Copa do Brasil, caiu nas quartas de final diante do Coritiba, devido ao vexame sofrido no jogo de ida (derrota por 6 a 0). Por fim, perdeu a condição de seguir na Copa Sul-americana na fase nacional pelo time misto do Vasco.

'Foi um ano lamentável como nos anos anteriores, chegou o momento em que as decisões vão passar pelo Palmeiras como um coadjuvante. Agora só nos resta carregar a expectativa de tempos melhores', emendou Mustafá Contursi.

Na diretoria comandada pelo presidente Arnaldo Tirone, a ordem é motivar o elenco diante do Corinthians com uma premiação que já foi imposta no clássico contra o São Paulo. Mustafá Contursi não concorda com a decisão, apesar do triunfo deste domingo por 1 a 0 contra o Tricolor no estádio do Pacaembu.

'Se você conversar com os atletas, eu que estive muito tempo na direção do clube e de outras atividades fora do Palmeiras, todos entram sempre para vencer independentemente do momento da competição', comentou o membro vitalício do Conselho de Orientação de Fiscalização (COF) do Palmeiras.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Eleições em novembro definem o novo presidente do Corinthians

    Em quem você votaria para novo presidente do Corinthians? Vote na enquete!

    ver detalhes
  • Os quatro jogadores viram seus contratos de empréstimos acabarem em meio à pandemia

    Quarteto volta ao Corinthians após empréstimos, e clube analisa possibilidades

    ver detalhes
  • Méndez quer mais chances de jogar e pode deixar o Corinthians por isso

    Bruno Méndez cogita deixar o Corinthians por empréstimo para jogar mais: 'Já falei com o clube'

    ver detalhes
  • Fischer era um dos jogadores com mais tempo de casa no basquete do Timão

    Fischer diz que já esperava decisão do Corinthians e vê volta difícil para a próxima temporada

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez ainda não sabe quando voltarão os treinos e jogos; presidente do Corinthians quebra a cabeça fora de campo

    Salários atrasados e outras pendências: Corinthians planeja 'semana do alívio' com grana de Pedrinho

    ver detalhes
  • Ânimos exaltados entre torcedores após publicação do Corinthians nas redes sociais

    VÍDEO: Ânimos exaltados entre torcedores após publicação do Corinthians nas redes sociais

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!