Capitão do tri não vê esboço para 2014: ?70 jogadores num ano não dá?

564 visualizações 0 comentários

Por Meu Timão

Torres segura uma réplica da taça de 1970

Torres segura uma réplica da taça de 1970

Marcio Iannacca / Globoesporte.com

Um ano e três meses de trabalho, uma Copa América, e mais dois e meio pela frente até a Copa do Mundo, com a Copa das Confederações no caminho. Esse é o calendário básico da Seleção Brasileira, que não agrada o capitão do tricampeonato, em 1970, Carlos Alberto Torres, por conta do excesso de jogadores. Para ele, não há base perto de ser formada.

- Discordo de quem acha que deve-se deixar para em cima da hora. 70 jogadores convocados em um ano não existe, é perda de tempo. Vamos torcer para que o Mano reveja isso logo e 2012 seja uma temporada de afirmação - disse Torres, em entrevista durante o Soccerex, feira de negócios realizada em um hotel em frente à Praia de Copacabana, no Rio.

O treinador ainda comentou a respeito das dificuldades de engrenar as obras de mobilidade urbana, especialmente, para o Mundial de 2014, realizado em 12 sedes diferentes.

- Pelo potencial de turismo, era para estarmos bem mais adiantados Mostrar a todos que estamos preparados faz parte desse processo, senão arranha a imagem. Deveríamos gter praticamente tudo pronto a seis, sete meses da competição. Mas isso não vai acontecer. Em cima da obra, a gente que vão colocar um cimento aqui, tapar ali... - lamentou.

Confiança no embalo do Vasco


Quando o assunto foi a última rodada do Campeonato Brasileiro, o capita não aliviou nem ficou em cima do muro. Para ele, o Vasco não deve perder as esperanças.

- O Vasco está bem e, quando um time assim embala, é difícil parar. Eu apostaria, mas o problema é a vantagem do Corinthians, que tem de perder. Eles mostraram que a manutenção do técnico (Tite) é essencial para o trabalho. Mas acho que ainda pode dar Vasco ? torce o ídolo, que, no entanto, optaria, mais cedo, pelo gás na Sul-Americana, título que o clube não tem, e que joga a segunda partida da semifinal diante da Universidad de Chile, nesta quarta-feira, em Santiago.

Depois, no domingo, o Cruz-maltino, com 68 pontos, pega o Flamengo, enquanto o Timão, com 70 encara o também arquirrival Palmeiras.
 

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Corinthians interrompeu as atividades do basquete durante pandemia

    Corinthians replaneja quase 50 modalidades devido à pandemia; maioria não deve ser atingida

    ver detalhes
  • Essa é a única certeza do Corinthians pós-paralisação

    [Vitor Chicarolli] Essa é a única certeza do Corinthians pós-paralisação

    ver detalhes
  • [Lucas Faraldo] Os sonhos do Corinthians por Tevez e Jô

    ver detalhes
  • Mesmo fechado devido à pandemia, Parque São Jorge já respira as eleições de novembro

    Conselho de Orientação do Corinthians marca nova reunião, que é postergada na sequência

    ver detalhes
  • Clube deu passo importante para as eleições de novembro

    Corinthians define comissão eleitoral para eleições presidenciais de novembro

    ver detalhes
  • Vampeta durante partida comemorativa dos 20 anos do Mundial de 2000

    Vampeta diz que falta jogador corajoso no Corinthians e destaca jovem emprestado ao CRB

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!