Post de #8 no fórum "Bate-Papo da Torcida" do Meu Timão

O campeonato é tradicional demais pra deixar de existir e o ano ficaria meio pobre com apenas os clássicos do Brasileirão e, eventualmente, das competições de mata-mata.

Acho que seria mais interessante fazer a 'ronda interna', isto é, enfrentar apenas os adversários dentro do grupo (como na Liberta, em ida e volta, ou Copa do Mundo, só um jogo...), ao invés de enfrentar os times dos outros grupos.

Ou colocar os grandes logo nas 4as de final.

em Bate-Papo da Torcida > Na sua opinião, qual deve ser o futuro do Campeonato Paulista?

Em resposta ao tópico:

Fala, gente! Tudo bem?

Incrível como o ser humano é capaz de mudar de opinião de acordo com aquilo que lhe convém. Veja só os antis! Se ganham é Paulistão, se perdem é Paulistinha. Pior para eles que, na maioria das vezes, perdem.

O Corinthians terá a chance de se sagrar tetra dessa competição mais que tradicional. Um feito inédito na era do profissionalismo. E eu não tenho dúvidas que para o Timão o torneio também é 'ão'. Ainda mais quando somos agraciados com a possibilidade assistir a mais um Dérbi. Uma dose extra de emoção para quem sabe a grandeza dessa história.

Apesar disso, o futebol é dinâmico. Muitos torneios que outrora eram as competições mais importantes desse país não existem mais.

Todas as temporadas, há aqueles que, mesmo dentre os corinthianos, acham que o Paulista não deveria mais existir.

Sabemos que com a pandemia, o tempo é curto, o calendário é apertado e a intensidade de jogos vai ser cabulosa. E então, o que acham? O Paulista deveria deixar de existir? Ou a FPF deveria bolar uma fórmula mais enxuta?

Deixem suas opiniões para gente promover aquele debate bacana!

Vai, Corinthians!

Ver resultado
Participar

Responder ao post do #8

Réplicas desse post

Avatar de Marcio

Por Marcio que tem 16414 posts no fórum
em 03/08/2020 às 21:43

Concordo com você!

Avatar de Igor

Por Igor que tem 231 posts no fórum
em 03/08/2020 às 23:56

Concordo deveria ser estilo Libertadores jogos ida e volta dentro dos grupos 6 datas, quartas semis e finais totalizando 12 datas (hoje só a fase de classificação tem as mesmas 12) beneficiaria os pequenos que iam ter pelo menos um jogo em casa contra um dos grandes não faria com os grandes começando em uma fase avançado pois tem sempre clubes que surpreendem São Paulo Santos e até agente(quase ficamos de fora) temos como exemplo, duração entre e fevereiro e março com o brasileiro se estendendo entre fim de março e novembro um mês de férias exatas em dezembro com todos os clubes voltando dia dois de janeiro

Avatar de #8

Por #8 que tem 673 posts no fórum
em 04/08/2020 às 00:03

Isso! E com menos jogos dá até pra valorizar mais o campeonato, manter os estádios mais cheios e até cobrar mais POR JOGO da emissora (pra compensar a diminuição no número de datas), porque todo jogo passa a ser importante pra classificação, quase não teria jogo 'inútil'.