Post de Bruno no fórum "Bate-Papo da Torcida" do Meu Timão

Pra mim ele e Ídolo represento a camisa do Corinthians jogando né um nível absurdo, nem um jogador hoje atuando no futebol Brasileiro joga no mesmo nível do Tevez em 2005.

em Bate-Papo da Torcida > [Flashback 2005] Porque Tevez nunca foi ídolo do Corinthians

Em resposta ao tópico:

[Flashback 2005] Porque Tevez nunca foi ídolo do Corinthians

Há quem concorde comigo e há quem seja iludido nesse caso. Irei explicar toda essa história que acompanhei diariamente durante todo o período que o jogador esteve no Corinthians.
Antes de mais nada precisamos voltar a 2004 para contextualizar... Final da era dualib, time endividado, futebol falido, escapando do rebaixamento graças ao nosso querido Adenor Tite que chegou no meio do Brasileiro daquele ano. Na transição entre as temporadas foi anunciado um novo parceiro que vinha de fora, a tal da MSI do jovem empresário Kia Joorabichian, milionário que estava disposto a investir pesado em algum clube brasileiro. Com justificativa da grande torcida e vulnerabilidade que a instituição se encontrava naquela época o escolhido foi o Corinthians, dualib topou o acordo de vender 51% do Timão na época, parte da torcida protestou e outra parte estava extasiada com as promessas de reforços e estádio.
A princípio foi um momento de alegria para o corinthiano ver aquelas contratações chegando. Fabio costa, Seba, Marinho, Gustavo Nery, Marcelo Mattos, Roger, Carlos Alberto e a maior estrela da época Carlitos Tevez. Campeão da Libertadores pelo boca, jogador técnico, forte, com raça (e mais feio que bater na mãe). Tinha tudo para ser o time galático da América, grandes reforços, dinheiro, torcida, história... Mas não foi bem assim, nesse ponto vale lembrar que estamos falando do Corinthians de antes do R9 (esse sim um dos maiores ídolos da história do clube pelo legado que deixou dentro e principalmente fora de campo), em termos de estrutura o clube era um caos, mesmo com todo esse dinheiro para contratar éramos muito inferiores ao SPFC, que dava aula nesse quesito na época e não a toa conquistou a América e o mundial de 2005.
Rolava toda aquela história de ego de jogadores que apesar de nem serem tudo isso, eram considerados estrelas, em exceção o Tevez mesmo, que apesar de não ser um ídolo era individualmente o melhor jogador do continente, isso não tem o que discutir. Mas já de início se fez a clássica panelinha dos argentinos no clube, o próprio Kia já tinha derrubado o Tite para trazer o Daniel Passarela que tinha como única qualidade como treinador falar nativamente o idioma do grande astro da constelação. Caiu após péssimos resultados, futebol fraco, privilégio ao Seba na zaga que não jogava nada e uma eliminação precoce na Copa do Brasil onde o Roger chinelinho entregou no pênalti.
O argentino cai e quem entra no comando é o auxiliar Marcio Bittencourt, que inesperadamente foi o cara que conseguiu dar liga ao time. Teve personalidade e manteve o Betão e o rosinei de titulares no lugar do Seba e do C. Alberto e para surpresa de todos deu certo. Tevez voando, Roger chinelinho jogando bem, uma defesa regular que mesmo com seus problemas não comprometia devido ao forte ataque, o time foi colecionando vitória atrás de vitória no Brasileirão e se isolando cada vez mais no topo. Chegaram reforços de peso no meio da temporada. O volante mascherano que chegou com grife demorou para fazer bons jogos, o jogador que viria no futuro a se consagrar como zagueiro em um dos melhores Barça da história parecia mais um #[email protected]% deiro, mas alcançou certa regularidade na temporada. O outro que chegou foi o Nilmar, esse sim um jogador que já chegou voando, velocista, habilidoso e matador fez uma espetacular dupla de ataque com Carlitos. A essa altura o time já estava muito grande para o técnico auxiliar Marcio Bittencourt (pelo menos para o acionista Kia Joorabichian), que foi substituído pelo experiente Antônio Lopes. Este já estava com o time pronto e com o título brasileiro encaminhado, na reta final do campeonato o time sofreu com lesões de peças importantes como Roger e Gustavo Nery, passando a cometer tropeços em jogos faceis o campeonato foi se resolver apenas nas últimas rodadas contra o Internacional. Houve aquele escândalo da arbitragem, o pênalti (que realmente aconteceu) no tinga na penúltima rodada que eternamente será lembrado nesse título. O campeonato não foi roubado como muitos pintaram na época, tendo em vista que a arbitragem também cometeu muitos erros que favoreceram o Inter nas últimas rodadas, mas a minha impressão é que era um campeonato que já estava ganho e a equipe do Antônio Lopes cometeu muitos vacilos na reta final, lembrando que só precisava de 3 pontos nos últimos 5 jogos para ser campeão.
Com o choro, reclamações e acusações dos antis o título veio. E como eu comemorei essa conquista, foi nessa época inclusive que eu comecei a me sentir um apaixonado por futebol, toda essa empolgação desde a entrada da MSI até esse título brasileiro me fizeram aficionado pelo Corinthians. O dia todo assistia programas esportivos, me irritava com o milton neves, me emocionava com o dr. Osmar, brigava com meus colegas de classe. Foi o momento de virada na minha vida onde eu senti o que é ser corinthiano.
Na época se me perguntassem se o argentino era ídolo responderia com a boca cheia que sim, o maior que vi jogar pelo Corinthians. Hoje em dia como já citado tenho total certeza que na fila do pão chamada Sport Clube Corinthians Paulista como ídolo não chega aos pés do Neto, que a para comparação também tem como único grande no clube um campeonato brasileiro. Por que? Vamos a temporada 2006.
O Corinthians tinha mantido o time e feito algumas contratações para compor o elenco, nada que fizesse sombra ao time titular. Bem, o time fez uma ótima campanha no paulista, liderada pelo ataque Nilmar e Rafael Moura (vulgo He Man) que por incrível que pareça parecia um atacante promissor no fraco campeonato estadual. O time jogava bonito, goleava e rolava por cima dos fracos times do interior paulista. Mas onde estava nosso ídolo, o principal jogador Carlitos Tevez nesse início de temporada? Só deus e ele sabem, viagens para a argentina, faltas em treinos, liberação a hora que quisesse. Nosso ídolo já estava agindo com descaso com o clube que tinha na mão, os argentinos já apresentavam um comportamento difícil criando um ambiente rachado com o resto do elenco, resultando inclusive em brigas como a do Tevez com o Marquinhos (que apesar se grosso já tinha muito tempo de casa) e do mascherano com o incontestável ídolo da fiel Marcelinho carioca. O time já não apresentava o futebol mostrado no brasileiro do ano anterior mas ainda existia o sonho da Libertadores onde a equipe ia avançando com apresentações medianas até que chegou aquele jogo fatídico contra o river plate no Pacaembu. O jogo poderia ter 300 minutos e poderiam ser jogadas 5 partidas mas o Corinthians não iria se classificar com aquele futebol. Resultado foi a invasão ao campo que todos conhecemos, torcida chutando os carros dos jogadores e a cobrança mais frenética do que nunca antes vista. O time foi se desmanchando, estrelas saindo, o investidor saindo, rompimento do contrato e o Corinthians assumindo uma divida gigantesca para a época.
Resultado foi o pior time da história do Corinthians na temporada seguinte, a equipe falida de 2007 com os reforços vindos do Bragantino, Fabio Ferreira, Zelão e cia. Nessa época nos ainda tínhamos nosso promissor meia Willian que antes de ir precocemente para ucrania a fim de saldar as partes da divida empolgava no início do Brasileiro quando disulputamos inclusives as primeiras posições, mas terminou como sabemos com rebaixamento.
Agora após esse breve flashback, por que o Tevez nunca foi ídolo?
O cara jogou muito, mas apenas uma temporada e depois passou a se achar o dono da instituição, mandou a própria torcida calar a boca ao comemorar um gol, foi desfalque na temporada seguinte, recebia um salário astronômico, deixou o clube para ir para o modesto west ham. No final de carreira sempre tratou o Corinthians como segunda opção e o torcedor ainda se iludia, sendo que o verdadeiro clube que ele amava era o boca júniors, arrumou briga com todo mundo e deixou um rombo enorme nas contas. Ganhou um brasileiro que custou mais caro pra história do Corinthians. O rebaixamento foi o preço que pagamos por esse time recheado de 'estrelas'. Nem o Tevez e nenhum dos jogadores daquele elenco foram ídolos, todos estavam lá pelo dinheiro e fazendo corpo mole quando suas vaidades não eram correspondidas.
E você torcedor, depois de lembrar desses fatos ainda acha o argentino ídolo do Timão? Responde ai na enquete!

Ver resultado
Participar

Responder ao post do Bruno

Réplicas desse post

Avatar de Edson

Por Edson que tem 51 posts no fórum
em 13/10/2021 às 19:37

Será? Vale lembrar que o melhor jogador do Inter que quase tirou nosso título era o Tinga.

Veja mais tópicos do fórum do Meu Timão

  • Tópico popular
    Avatar de Luis Eduardo

    Gabriel no Inter!

    Última resposta 5 segundos por Felipe Silva que tem 15.129 posts no fórum

    7respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Lendário
    Avatar de Walter Magal

    Se o patrocinador quer um cara de nome e Duilio quer um que queira o Corinthians, então

    Última resposta 10 segundos por Ricardo Oliveira que tem 316 posts no fórum

    104respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de Rafael Girão

    Alan Kardec não e jogador ruim não

    Última resposta 11 segundos por Kauê Zambelli que tem 9.887 posts no fórum

    2respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Lendário
    Avatar de Madruguinha da fiel

    Toma a 9, a titularidade, a oportunidade de ser ídolo de uma massa e que sabe jogar a Copa..

    Última resposta 16 segundos por Henrique Rufato que tem 761 posts no fórum

    204respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Lendário
    Avatar de Kauan Santos

    Ele tem que ser titular na terça-feira

    Última resposta 34 segundos por Schwamm Fett que tem 1.667 posts no fórum

    44respostas

    acessar o tópico
  • Tópico popular
    Avatar de leandro souza

    Se Gabriel vai ser negociado..

    Última resposta 38 segundos por Felipe Silva que tem 15.129 posts no fórum

    10respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Épico
    Avatar de Bruno C.

    Ronaldinho Gaúcho no Corinthians?

    Última resposta 40 segundos por Felipe Coimbra que tem 160 posts no fórum

    47respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de The peacekeeper

    Lateral esquerdo

    Última resposta 47 segundos por Jô Soares que tem 234 posts no fórum

    9respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de fujona Hato

    Jô com 1 perna e pesando 1 tonelada é melhor que Alan Kardec

    Última resposta 52 segundos por Fábio Jesus que tem 245 posts no fórum

    4respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Lendário
    Avatar de Fawkes

    Libertadores tem que ser o Foco!

    Última resposta 54 segundos por Robson Oliveira que tem 31.972 posts no fórum

    62respostas

    acessar o tópico
x