Post de Mateus no fórum "Bate-Papo da Torcida" do Meu Timão

Não compare Europa com América, diferença na Economia é gritante!

em Bate-Papo da Torcida > Isso é que é PATROCÍNIO 117 milhões por ano

Em resposta ao tópico:

Chelsea anuncia patrocínio de R$ 117 milhões por ano, 2º maior do InglêsFabricante japonesa de pneus assina contrato de R$ 884,9 milhões por cinco anos para estampar nome na camisa do clube; Manchester United tem acordo maior.

O Chelsea anunciou nesta quinta-feira seu novo patrocinador. A partir da próxima temporada, a Yokohama, fabricante japonesa de pneus, passará a estampar o uniforme dos Blues e, de acordo com o Daily Mail, pagará 200 milhões de libras (R$ 884,9 milhões) pelos próximos cinco anos.

As 40 milhões de libras (R$ 177 milhões) anuais que o Chelsea passará a receber são mais do que o dobro do patrocínio atual e o segundo maior acordo da história do futebol inglês. O Manchester United recebe 53 milhões de libras (R$ 234,5 milhões) de seu patrocinador por ano.

Com o novo contrato milionário, o Chelsea deve ganhar um alívio para cumprir as regras do fair play financeiro. Recentemente, o clube precisou se desfazer de Schurrle e Salah para viabilizar a chegada de Cuadrado.

FAZ O NOSSO PATROCINO PARECER DINHEIRO DE PINGA.

Responder ao post do Mateus

Réplicas desse post

Avatar de Roberta

Por Roberta que tem 2565 posts no fórum
em 03/03/2015 às 07:55

Resta saber até quando.

Avatar de Junior

Por Junior que tem 2828 posts no fórum
em 03/03/2015 às 12:07

Sem contar que a nossa economia enfraquecida, afastaria até a mercedez em fazer investimentos astronômicos (para a nossa realidade) por aq

Avatar de Marcelo

Por Marcelo que tem 708 posts no fórum
em 03/03/2015 às 12:27

A diferença na economia é gritante, mas o retorno financeiro das multinacionais muitas vezes é maior no Brasil do que na Europa, creio que o problema seja o campeonato nacional não ter a mesma audiência que os campeonatos europeus e que apesar de gostarmos do regional, se o brasileirão tem pouca audiência fora do Brasil, imagina o regional...