Post de Alejandro no fórum "Bate-Papo da Torcida" do Meu Timão

Dói no coração não ver UM único jornalista que se diz Corinthiano, sequer chegar perto das palavras do Mauro Beting

em Bate-Papo da Torcida > Mauro Beting

Em resposta ao tópico:

O Corinthians tem isso. Transforma o sereno doutor santista em mais um louco do bando como Sócrates. Enterrado na tarde do penta brasileiro, em 2011. Com o punho dos corintianos erguido em homenagem ao doutor honoris-Corinthians. Mãos aos céus e pés nos lugares bem definidos por aquele padre de fala mansa, mas sanguíneo quando necessário. Por aquele técnico de fala muitas vezes difícil, mas de trato fácil. Por aquele técnico que poderia ser Palmeiras (como muito bem foi em 2006) por ser Bacchi. Treinador que poderia ser São Paulo por falar bonito e elegante como cardeal tricolor.

Mas que encontrou no Tatuapé onde mora, no Parque São Jorge onde muito bem ajudou um elenco limitado em 2004 a se reerguer, e em Itaquera onde ajudou a construir um supercampeão, o lar paulistano. A maloca do corintiano não tão sofredor de tanto que é ganhador o Tite campeão estadual, brasileiro, da Recopa sul-americana, da Libertadores invicta, do mundo reconquistado em 2012.

Tite é Timão. Tem o mesmo grito, a mesma melodia, e as quatro letras campeoníssimas de Telê no Morumbi. Tem outros métodos e modos. Mas tem aquela mesma vontade de ganhar nas quatro linhas e não fazer o atleta se perder fora delas. Tem a mesma seriedade para exigir resultados em todos os campos.

Mais que tudo, Tite conseguiu levar a favela ao Japão. Apagou arestas e asteriscos. Rabiscou e redesenhou vários times. Peitou potestades. Ergueu barricadas. Falou muito. Cobrou quem também fala muito. Jogou muito. Também perdeu sem explicação para Guarani e Tolima. Fez Itaquera tão inexpugnável nos pontos muito corridos e bem jogados mas também perdeu cinco eliminatórias em casa. Fez de tudo com não muito. Fez pouco quando parecia ter muito.

Mas o mito Tite nunca se perdeu por fazer pouco dos rivais. Muito ganhou por conseguir se fazer entender pelo corintiano não mais tão maloqueiro e não tão mais sofredor, graças a ele.

Tite.

O cara que, na definição do presidente corintiano, merece a Seleção da CBF, embora a CBF não mereça Tite. Faz muito sentido.

A questão que melhor explica Tite é a consternação corintiana pela saída de um dos maiores treinadores da história do clube – e só ser comparado a Oswaldo Brandão já é o maior título. Mas tem muito mais: a celebração dos maiores rivais pela chegada dele à Seleção é outra senhora conquista dele. Tricolores, alviverdes, alvinegros praianos e muitos rivais celebram a saída de Tite do Corinthians. Um desfalque notável.

Esse só não é o maior prêmio de Tite corintiano por algo que aconteceu com ele e com os fiéis alvinegros nas quartas-de-final da Libertadores de 2012, no jogo de volta no Pacaembu.

Corinthians 0 x 0 Vasco. Cássio fazendo milagre contra Diego Souza. Tite expulso.

Ele e Edu Gaspar no meio da torcida, quase na linha de fundo da meta do tobogã. Ele orientando o time com o torcedor corintiano. Passando o que era possível de instrução. Alex cruzando a bola na cabeça de Paulinho. Pelota no fundo da meta de Prass. 1 a 0 Corinthians, evitando os pênaltis que ainda não eram especialidade do goleiro vascaíno.

Mais que o golaço de Sheik na Vila na semifinal, o de empate de Danilo na volta contra o Santos, a romaria de Romarinho na Bombonera na primeira decisão, os gols do título de Sheik calando o Boca e mordendo dedos, o PQPaulinho! (grande sacada do diário LANCE!) contra o Vasco é o gol do título corintiano. Ou o mais corintiano dos gols do título invicto.

Foi na raça. Foi no laço. Foi muito Tite.

E ainda mais Timão com o treinador celebrando no meio da torcida. Dirigindo o time como desde 1940 o Corinthians meio que foi governado nos alambrados e arquibancadas do Pacaembu. Para o mal das garrafadas na Libertadores em 1991. Para o péssimo da quase invasão em 2006. Mas para o bem maior da libertação corintiana em 2012.

Mais que a final contra o Boca ou a vitória contra todo o Santos na semifinal. O título de 2012 foi mesmo encaminhado na defesa da futura Muralha do Japão Cássio. Foi sacramentado na cabeçada de Paulinho.

Mas foi tudo ainda mais Corinthians naquela noite em que Tite terminou o jogo como apenas mais um do bando.

A favela não foi no Japão, no final daquele 2012 inesquecível.

A maloca de Tite foi naquele pedaço de arquibancada do Pacaembu.

Nunca Tite se colocou tão bem quanto treinador.

Nunca nenhum treinador foi tão corintiano.

Sorte, Tite, na Seleção. Você merece. Nós também merecemos.

Não precisa ser expulso na final em Moscou.

Mas, se for, tenta dar um jeito de ficar perto da linha de fundo.

Não sou corintiano, você sabe. Mas naquela noite de Libertadores, eu gostaria de ter sido. Só para te abraçar como eles puderam celebrar então. E para sempre.

Responder ao post do Alejandro

Veja mais tópicos do fórum do Meu Timão

  • Avatar de Ricardo Costa dos Santos

    Roni

    Última resposta 11 segundos por Rodrigo Bivar que tem 9.382 posts no fórum

    5respostas

    acessar o tópico
  • Tópico popular
    Avatar de Leonardo Rufino TL

    Araos é tão ruim assim?

    Última resposta 28 segundos por Corinthiano 1985 que tem 1.557 posts no fórum

    19respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Épico
    Avatar de Washington Moraes

    Sylvinho vai pedir pra sair

    Última resposta 30 segundos por Marcelinho Maior Ídolo do Timão que tem 2.687 posts no fórum

    26respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de Gabriel Almeida Brito

    Duilio disse que o Sylvinho fica, vocês queriam que ele dissesse o que?

    Última resposta 50 segundos por Mohamad Ali Smaidi que tem 4.620 posts no fórum

    7respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de Leandro Löhnhoff

    Fora do G6...Risco e ficar de fora até da Pre Libertadores!

    Última resposta 1 minuto por Rodrigo Bivar que tem 9.382 posts no fórum

    2respostas

    acessar o tópico
  • Tópico popular
    Avatar de Ghost Corinthiano

    Off Toppic: Marcelo Gallardo do River Plate aprontou mais uma vez hoje

    Última resposta 2 minutos por Wiliam Silva que tem 4.700 posts no fórum

    11respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Épico
    Avatar de Ghost Corinthiano

    Agora ficou mais fácil de trazer o Vojvoda-se, Está praticamente Eliminado da Copa do Brasil

    Última resposta 2 minutos por Wiliam Silva que tem 4.700 posts no fórum

    56respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de Gustavo Jollembeck

    Fico triste

    Última resposta 3 minutos por Jonas MMG que tem 2.187 posts no fórum

    2respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Lendário
    Avatar de Lauro D'Ávila

    O Corinthians campeão paulista de 2018 pode inspirar o atual

    Última resposta 3 minutos por Gilney que tem 88 posts no fórum

    52respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de Gus Ortiz

    Agora Sylvinho fica

    Última resposta 4 minutos por Marcos Nserr que tem 2.233 posts no fórum

    10respostas

    acessar o tópico
x