Adilson
Adilson

Adilson Viana


26 anos, de São Paulo

Torcedor do site número: 574.508

cadastrado desde 30/03/2017

Aqui é Corinthians

male

Acessos no Meu Timão

Último acesso em 15/10/2021

Atividade de Adilson Viana no Meu Timão

Ranking do Fórum

Faltam 13 posts para o Adilson entrar no ranking do Fórum

Ver Ranking

Ranking de comentários

Faltam 46 comentários para o Adilson entrar no ranking

Ver Ranking

4 Comentários

75% de aprovação

7 Posts

57% de aprovação

1 Tópico

Última atividade no site em 15/10/2021 às 18h13

Adilson Viana avalia 41.35% como positivo

Posts e comentários do Adilson

Última interação no site em 09/09/2021 às 14h42

  • Adilson

    Adilson postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Terminado um turno, qual sua opinião sobre o Sylvinho no comando do Corinthians?"

    há 1 mês

    Perfeita a análise. Concordo integralmente.

    detalhes do post
  • Adilson

    Adilson comentou na notícia: "Torcida do Corinthians lota redes com sugestão de escalação para próximo jogo"

    há 1 ano

    Tem gente que pede o Camacho no time. É de cair #[email protected]% da bunda

    detalhes do comentário
  • Adilson

    Adilson comentou na notícia: "Defesa estável e ataque mais poderoso: o desempenho do Corinthians com Carlos na lateral"

    há 2 anos

    Exatamente! O Carlos possui deficiência defensiva, é nítido, mas ainda assim é superior ao Avelar nesse quesito. Em se tratando da parte ofensiva existe um abismo entre os dois o Carlos é infinitamente superior ao Avelar e nem é por ser bom, mas sim por saber fazer o básico que se espera de um lateral quando apoia o ataque. O potencial de desenvolvimento do Carlos existe, enquanto o Avelar caminha para o fim da carreira e ostracismo.

    detalhes do comentário
  • Adilson

    Adilson postou em Análise dos jogos, no tópico "As Alterações de Carille"

    há 2 anos

    Exato. Eu sou dos que defendem uma sequência de jogos pra ele. Ser pior que o Avelar é bem difícil.

    detalhes do post
  • Adilson

    Adilson postou em Análise dos jogos, no tópico "As Alterações de Carille"

    há 2 anos

    Obrigado, amigo. Vou usar sua sugestão no próximo tópico.

    detalhes do post
  • Adilson

    Adilson postou em Análise dos jogos, no tópico "As Alterações de Carille"

    há 2 anos

    Nos últimos jogos vimos a mudança de Fábio Carille no que diz respeito aos titulares do time. Promoveu as entradas de Carlos Augusto, Sornoza, Janderson e Gustavo.

    É nítida a queda de rendimento dos jogadores até então tido como titulares incontestáveis pelo técnico corintiano, exemplos como Jr. Urso que teve um ótimo início com a camisa do Corinthians, Clayson que desde 2017 alterna bons e maus momentos no clube, até mesmo um dos ídolos do elenco atual vive um momento ruim, Fagner.

    Nesse sentido, o técnico - após ser extremamente pressionado por mudanças no time -, promoveu as mudanças já citadas. Carlos Augusto ganhou a posição de Danilo Avelar, Janderson ganhou a posição de Clayson, Gustavo (antes terceira opção) ganhou a posição de Mauro Boselli e Sornoza retornou ao time com a lesão de Jr. Urso e o mau momento vivido pelos possíveis substitutos (Ramiro e Matheus Jesus).

    No primeiro tempo do jogo contra o Goiás no meio de semana podemos ver um time realmente mais leve, mais ofensivo e a esperança de que o time voltaria a apresentar um bom futebol era real, tangível. Contudo o segundo tempo nos mostrou mais uma vez que o Corinthians há muito tempo não joga futebol.

    Se outrora éramos a melhor defesa do Campeonato Brasileiro, nos últimos quatro jogos sofremos três viradas (Corinthians 2x2 Athlético, Goiás 2x2 Corinthians e, mais recente, Corinthians 1x2 Cruzeiro) e nesse intervalo de jogos ainda perdemos para o São Paulo por 1x0. São 7 gols sofridos em 4 jogos e duas viradas sofridas dentro de casa.

    O Corinthians neste sábado perdeu sua primeira partida dentro da Arena Corinthians pelo Campeonato Brasileiro deste ano, já o Cruzeiro venceu a sua primeira fora de casa.

    Passemos agora a analisar as mudanças promovidas pelo técnico do Corinthians, Fábio Carille.

    Janderson x Clayson: é incontestável que que o momento do Clayson no time titular do Corinthians é péssimo. O jogador não contribui de forma efetiva para a criação de jogadas do time, não possui profundidade, executa dribles que não resultam em jogadas de gol, ou mesmo jogadas que geram algum perigo ao adversário.

    No sentido oposto o jovem Janderson, ainda muito afobado por conta da idade, já mostra efetividade em seus dribles, procura sempre a linha de fundo e a tabela com seus companheiros de time, mostra-se muito mais promissor que o então titular da posição. Precisa de sequência para uma análise mais justa, mas vale a aposta.

    Sornoza x Jr. Urso/Ramiro/Matheus Jesus: Junior Sornoza foi jogador importante para o time no início da temporada, traduzindo em assistência para gols suas faltas até então bem batidas, contudo nunca passou, no Corinthians, de um mero batedor de faltas, pouco contribuindo para a criação de jogadas do time.

    Do outro lado temos Jr. Urso que teve um ótimo início pelo clube, mas que no decorrer da temporada teve uma queda de rendimento absurda, Ramiro ainda não provou a que veio, assim como Matheus Jesus. Acredito que recuar o Mateus Vital para jogar na função que fazia o Rodriguinho em 2017 seja o ideal para essa posição de segundo volante.

    Gustavo x Boselli: Gustavo é outro jogador que foi de extrema importância para o clube durante o início do ano, mas que com o decorrer da temporada perdeu protagonismo dentro do time. Se começou o ano como artilheiro, agora perde muitas oportunidades, faz nos lembrar do Gustavo da primeira passagem pelo clube, uma lástima.

    De forma oposta Mauro Boselli chegou ao clube como a esperança de gols, depois de um ano sofrendo com Roger e Jonathas. No início do ano aguardou no banco, de forma justa, o bom momento vivido por Gustavo e, aos poucos, no decorrer da temporada, foi ganhando espaço e convertendo suas oportunidades em gols. É, na minha opinião, o centroavante com melhor técnica entre os três que temos, mas surpreendentemente não agrada quem escala o time e, após recente entrevista, perdeu a vaga de titular. Um erro!

    Carlos Augusto x Danilo Avelar: aqui é necessário paciência para escrever, ler e assistir os jogos. Carlos Augusto é um jovem de 20 anos, assim como Janderson, são jogadores que precisam da confiança do time e sequência para produzirem um bom futebol. Carlos ao longo do Campeonato Brasileiro possui 10 jogos realizados e nunca ganhou uma sequência de jogos no time titular, a exemplo do que aconteceu entre os jogos contra o Goiás e agora contra o Cruzeiro, jogou um jogo e foi sacado no outro. Foi muito criticado por suposta falha no segundo gol do Goiás no meio de semana e de fato falhou, mas não o vejo abaixo do titular da posição.

    Danilo Avelar é um jogador experiente, possui 30 anos, passou a carreira inteira atuando em clubes de menor expressão da Europa sem nunca ter brilhado em qualquer clube que passou, estranhamente, no Corinthians, é titular. O site footstats traz algumas estatísticas que, ao meu ver, colocam ao menos o dever de testar o Carlos em uma sequência de jogos.

    Ambos os laterais possuem um total de zero passes para gol; ambos também empatados quando o assunto é passes para finalização, são 7 para cada lado; Carlos leva vantagem quando o assunto é viradas de jogo, possui 3 certas contra 0 do companheiro; em 10 jogos Carlos desarmou 10 vezes, enquanto Avelar, em 18 jogos, desarmou 28 vezes, isso quer dizer que a cada jogo Carlos pratica 1.8 desarme enquanto Avelar 1.5 desarme; Carlos tem 1 gol e Avelar 2.

    São dois jogadores que aparentemente se equivalem a diferença, contudo, está na atitude de ambos. Enquanto Carlos Augusto se arrisca, Danilo Avelar é burocrático. Carlos Augusto não é um primor na marcação, assim como também não o é Danilo Avelar, mas a qualidade no campo ofensivo do jovem lateral é de se observar: possui velocidade, trabalha bem com tabela, tem profundidade.

    É importante pensar também no patrimônio do clube. Considerando a equivalência de ambos os laterais: mais vale deixar um jogador (sem mercado) errando no time titular ou deixar que um jovem com potencial de venda no futuro erre e se desenvolva?

    detalhes do post
  • Adilson

    Adilson comentou na notícia: "Romero publica emojis que sugerem contrato com clube alvinegro; Corinthians não confirma"

    há 2 anos

    Vai rescindir um contrato que acaba em 15 dias pra quê?

    detalhes do comentário
  • Adilson

    Adilson comentou na notícia: "Após rejeitar empréstimo, Giovanni Augusto pede para ficar no Corinthians; clube vai avaliar WhatsAppTelegramFacebookTwitterEmail"

    há 4 anos

    Titular onde? Maycon jogou 36 jogos do Brasileiro que tem 38.

    detalhes do comentário
`
x