Diógenes

16 anos , de São Paulo

Diógenes Costa dos Santos

Torcedor do site número: 494.400, cadastrado desde 21/06/2015

Aqui é Corinthians

male

Estatísticas no Meu Timão

Última atividade no site em 22/08/2015 às 12h33

0 Comentários

6 Posts

33% de aprovação

6 Tópicos

4.322 Visualizações

Atividades do Diógenes no Meu Timão

Última interação no site em 02/07/2015 às 15h17

  • Diógenes

    Diógenes postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "O Palermo ainda não pagou o dinheiro do Matheus Cassini."

    há 2 anos

    Diretoria do Timão esperava cerca de R$ 3,5 milhões para esta quarta-feira, o que não ocorreu. Após entrar em contato com italianos, pagamento deve ocorrer nos próximos dias.

    O Corinthians cobrou o Palermo (ITA) pelo pagamento da venda do meia Matheus Cassini, que estava previsto para esta quarta-feira, 1º de julho, e não ocorreu. Os italianos deveriam ter depositado cerca de R$ 5 milhões, dos quais R$ 3,5 milhões irão para os cofres corintianos.

    A diretoria do Timão aguardava ansiosamente o depósito para aliviar o caixa, por conta das dificuldades financeiras. Após troca de mensagens, o Palermo prometeu que faltam detalhes burocráticos e que tudo deve estar resolvido nos próximos dias. A venda foi concretizada no dia 26 de maio.

    Quando a negociação começou, o clube italiano gostaria de pagar o valor de forma parcelada, que fez o Corinthians tentar brecar o negócio. Depois que ficou acertado o pagamento à vista, as partes confirmaram a transferência do jogador. Como revelou o LANCE!, porém, a rescisão do contrato só será assinada depois que o dinheiro já estiver na conta do Timão.

    A saída de Cassini gerou diversas polêmicas dentro do Parque São Jorge. A revolta da torcida nas redes sociais com a venda da revelação, que nem sequer estreou na equipe profissional, assustou a diretoria, que então tentou segurá-lo. Os dirigentes alvinegros até chegaram a oferecer um aumento de 800% no salário (de R$ 8 mil para R$ 70 mil), mas o atleta optou mesmo pela negociação com o clube italiano. Ao sair, admitiu que estava chateado por não conseguir ter espaço com o técnico Tite, que só relacionou-o para o jogo diante do Fluminense depois que a negociação estava quase selada.

    PS : Embora muito difícil de ocorrer, espero que eles deem calote, e que o Corinthians acabe com a negociação, e que o Cassini volte.

    Fonte : http://www.lancenet.com.br/corinthians/Corinthians-Palermo-aguarda-dinheiro-Cassini_0_1386461414.html

    detalhes do post
  • Diógenes

    Diógenes postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Após seu gol, o Love beijou o escudo do Corinthians."

    há 2 anos

    Alguns viram, mas pode ter passado despercebido para muitos. Na comemoração após o gol, Vágner Love beijou o escudo do Corinthians.

    Isso não quer dizer que ele é Corinthiano/Corintiano, mas é bom mostrar essa foto para os Flamenguistas, que diziam que o Love é Flamenguista, e que chorou para jogar no Flalido.

    detalhes do post
`