Steve
Steve

Steve Rogers

27 anos, de Recife

Torcedor do site número: 750.709

cadastrado desde 21/03/2020

Aqui é Corinthians

male

Acessos no Meu Timão

Último acesso em 27/11/2020

Atividade no Meu Timão

Ranking do Fórum

1.146º lugar

Ver Ranking

Ranking de comentários

Faltam 35 comentários para o Steve entrar no ranking

Ver Ranking

15 Comentários

100% de aprovação

1.995 Posts

38% de aprovação

268 Tópicos

115.405 Visualizações

1.499 Views por tópico

Última atividade no site em 27/11/2020 às 14h06

Jogos do Corinthians com Steve Rogers na torcida do Timão

1 jogo

100% de aproveitamento

2 Gols comemorados

2.00 Por partida

1 Gol não comemorado

1.00 Por partida

1 Vitória

100% saiu
comemorando

0 Empates

0% sem sorrir e
sem chorar

0 Outro

0% Nem venceu e
nem empatou

Posts e comentários do Steve

Última interação no site em 27/11/2020 às 11h42

  • Steve

    Steve postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Para onde foram os 80 milhões?"

    há 3 horas

    Se for isso, tá certo então. O tópico apesar do tom ainda foi uma pergunta

    detalhes do post
  • Steve

    Steve postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Para onde foram os 80 milhões?"

    há 5 horas

    Como já de costume, mais uma vez o Corinthians teve as contas bloqueadas por dívidas. A empresa que agência o Maycon tentou bloquear 1,4 milhão por causa de uma pendência que ficou a ser paga pelo clube.

    Porém encontraram somente 66 mil em todas as contas do clube.

    A maioria já sabe que o Corinthians antecipou 120 milhões da grana pela venda do Pedrinho. E também gastou 40 milhões com todas as pendências saláriais com o elenco.

    Desafio alguém me explicar pra onde foram os 80 milhões restantes.

    detalhes do post
  • Steve

    Steve postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Uma analogia pra entender como o valor pago pela Neo Quimica Arena não será nada"

    há 13 horas

    É.

    detalhes do post
  • Steve

    Steve postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Uma analogia pra entender como o valor pago pela Neo Quimica Arena não será nada"

    há 16 horas

    Não sei quanto cada um aqui ganha, mas vamos estimar por baixo em 1 salário mínimo.

    Imaginem que vocês, ganhando 1 salário mínimo suado por mês, ter a oportunidade de adquirir uma casa hiper foda. Melhor ainda, um ponto comercial, com um grande potencial financeiro no centro da cidade, em que traria um retorno enorme para você. Imaginem adquirindo isso por cerca de 60 reais ao mês, e, em menos de 20 anos, não precisaria pagar mais nada.

    Isso é, basicamente, o financiamento da arena a partir de agora. 38 milhões ao ano, sem se quer contar o valor do Naming Rights, representa cerca de 8,9 % do faturamento do ano passado, que foi de 425 milhões (clube deveria receber bem mais que isso). Colocando o Naming Rights no contrato, o valor cai pra 5,5% da arrecadação do ano anterior - aí a relação aos 60 reais usado na analogia -. Não contei nem com a bilheteria, já que coloco na conta do faturamento do clube. Mas assumindo essa conta, o clube passará a receber pra jogar na arena, diferente de antes que só pagava.

    Isso é dinheiro de pinga para um clube como o Corinthians. Isso não pode mais ser tratado como um problema aos cofre do clube de jeito nenhum. 38 milhões anuais pela arena é pago pelo faturamento da própria bilheteria, sem nem contar o Naming Rights, e ainda sobraria.

    A partir do próximo ano o foco deverá ser em outras coisas. Essas contratações toscas, que são dinheiro jogado no lixo, além das inúmeras irresponsabilidades do clube.

    Que essa diretoria acorde e recupere o clube, porque o Corinthians, pelo que tem, é pra estar brigando por títulos todos os anos, e não ficando em meio de tabela.

    E chega dessa conversa de voltar ao Pacaembu!

    detalhes do post
  • Steve

    Steve postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Quem deve ser o parceiro de Gil?"

    há 17 horas

    Por mim a zaga seria mendez e jemerson

    detalhes do post
  • Steve

    Steve postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "A Neo Química Arena não pode mais ser considerada um problema para o Corinthians"

    há 19 horas

    Pelo que foi dito, o time só começará a pagar depois de 2022, além de ter um prazo de até 2040 pra pagar.

    Sendo 38 milhões por ano, com as correções monetárias, serão 38 milhões a partir de 2022. Com o naming rights, que são 15 milhões por ano, sobra somente 23. Isso com a bilheteria paga e sobra, fácil. Não são nem 2 milhões ao mês. Clubes do Brasil estão pagando isso hoje pra um jogado, imagina um clube com a dimensão do Corinthians?

    A arena não é um problema mais, longe disso. Hoje o problema são essas inúmeras dívidas de todo tipo. Ē gastar quase 16 milhões por um elenco cheio de deficiências. É não aproveitar todo o potencial financeiro que o clube tem.

    Esses são os reais problemas. Dá pra se recuperar financeiramente ainda pagando as prestações da arena, sem problemas nenhum. Isso deverá ser de competência da próxima diretoria.

    Não dá pra aceitar um time com essa estrutura, com mais de 30 milhões de torcedores, tamanho potencial de marketing, não dá pra um clube desse estar nas situações atuais.

    detalhes do post
  • Steve

    Steve postou em Análise dos jogos, no tópico "Análise tática do jogo Coritiba e Corinthians: até que ponto houve evolução?"

    há 20 horas

    Acho que pelo photoshop dá pra fazer. Ou se você quiser, é só tirar um print do jogo e pegar qualquer editor meia boca que dá pra fzr.

    Quando tiver tempo, tente fzr isso, ficaria bem massa as analises.

    detalhes do post
  • Steve

    Steve postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Para os 7 % que apoiam a gestão do Andres , uma pergunta"

    há 20 horas

    Pela dimensão que a marca Corinthians tem é pouco, mas muito pouco. Construir um estádio e pagar 3 vezes mais, além de fazer do clube um esquema pra favorecer empresários, além dos inúmeros deficit, mentiras, falcatruas.

    Andrés não fez merda nenhuma. O Corinthians por si só faz essas coisas. O clube não se resume á um incopetentr

    detalhes do post
  • Steve

    Steve postou em Análise dos jogos, no tópico "Análise tática do jogo Coritiba e Corinthians: até que ponto houve evolução?"

    há 21 horas

    A saída a três era com o Mendez, e não com o Fagner

    detalhes do post
  • Steve

    Steve postou em Análise dos jogos, no tópico "Análise tática do jogo Coritiba e Corinthians: até que ponto houve evolução?"

    há 21 horas

    Cara, você poderia fazer uma analise detalhada mais na parte tática. Por exemplo, muitas vezes no jogo, principalmente no primeiro tempo, o time fazia uma saída a 3, com Fábio Santos, Gil e Fagner, com Xavier e Gabriel na frente. Piton e Fagner abriam, dando amplitude, com Luan e Roni fazendo o jogo entre linhas, e o Jô fazendo pivô. Muitas vezes o Fabio Santos infiltrava por dentro, principalmente pelo bom passe que ele tinha, e pra ter mais uma opção próxima do Jô.

    E isso poderia ser apresentado com fotos do posicionamento dos jogadores em campo.

    Além disso o time se posicionou em um 442 pra se defender, com Piton e Roni abertos, e Luan e Jô por dentro. O Bruno Mendez saia bastante pra cobrir os espaços nas costas dos volantes, que saiam bastante, e isso contribuiu bastante pra uma boa partida do Gil.

    A analise mostrando diretobos mapas de calor fica meio confuso. Dê uma olha no Categoria Canal, ele faz excelentes analises táticas.

    https://youtube.com/c/CategoriaCanal Categoria Canal - YouTube Categoria Canal - YouTube Análises táticas de futebol. youtube.com youtube.com

    detalhes do post
`