Arthur
Arthur

27 anos

Arthur Menezes

Torcedor do site número: 4.680, cadastrado desde 21/03/2012

Epitáfio Corinthiano
G.R.E.S. Gaviões Da Fiel

Quando eu morrer
Não quero vela nem pranto
Quero um caixão em preto e branco
Com a bandeira do meu coringão.

Peço, cantem um samba maneiro
Com repique, tantã e pandeiro
Cavaquinho e violão.

Muita música, mulheres, cerveja gelada
Mostrem pra rapaziada a força da nossa nação
Façam mais uma coisa por mim,
Uma placa escrita assim:
"Aqui repousa um campeão".

Vou bater asas, voar para o infinito
Num vôo bonito, feito um gavião

Sou coringão, sou gaviões
Eternamente o campeão dos campeões!

male