O
O

de Bauru

O Arquiteto

Torcedor do site número: 528.302, cadastrado desde 30/04/2016

Aquele cara que não passa um dia sem xeretar notícias sobre o Timão!

male

Estatísticas no Meu Timão

Última atividade no site em 20/10/2019 às 10h30

Ranking do Fórum

7.219º lugar

Ver Ranking

Ranking de comentários

Faltam 44 comentários para o O entrar no ranking

Ver Ranking

6 Comentários

83% de aprovação

142 Posts

66% de aprovação

51 Tópicos

42.573 Visualizações

3.275 Views por tópico

Atividades do O no Meu Timão

Última interação no site em 25/09/2019 às 21h54

  • O

    O postou em Análise dos jogos, no tópico "Independiente del Valle x Corinthians - Comente a partida aqui!"

    há 4 semanas

    Galera não to conseguindo assistir o jogo, eai? Como o time está? Quantos chutes a gol até agora?

    detalhes do post
  • O

    O postou em Análise dos jogos, no tópico "Corinthians x Atlético-MG - Comente a partida aqui!"

    há 2 meses

    Meus Deus cornetaiada, o Corinthians tá jogando bem, jogo bom lá e cá, dá uma segurada galera

    detalhes do post
  • O

    O postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Oportunidade de Ouro"

    há 3 meses

    Palmeiras joga hoje pela Libertadores, certo?

    detalhes do post
  • O

    O postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Oportunidade de Ouro"

    há 3 meses

    Se o Corinthians vencer o Palmeiras no Domingo jogando em casa, e confirmar a vitória no jogo que falta (também em casa) contra o Goiás, dependendo do resultado do Flamengo podemos alcançar o TERCEIRO lugar do campeonato brasileiro, TERCEIRO. Sim o campeonato é longo, mas esse é um dos momentos do brasileirão onde o time dá a resposta para o torcedor do que quer de verdade para o decorrer da temporada.

    detalhes do post
  • O

    O comentou na notícia: "Corinthians encerra preparação e confirma relacionados para jogo contra o Flamengo com novidades"

    há 3 meses

    Cadê o Bruno Mendez?

    detalhes do comentário
  • O

    O postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Coletiva do Carille"

    há 3 meses

    https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2019/07/14/carille-destaca-vitoria-mas-admite-intertemporada-abaixo-do-esperado.amp.htm Carille destaca vitória, mas admite intertemporada abaixo do esperado - 14/07/2019 - UOL Esporte esporte.uol.com.bresporte.uol.com.br

    Tirem suas próprias conclusões...

    detalhes do post
  • O

    O postou em Análise dos jogos, no tópico "Corinthians x CSA - Comente a partida aqui!"

    há 3 meses

    Como é monstro o Gil, seloco

    detalhes do post
  • O

    O postou em Análise dos jogos, no tópico "Corinthians x CSA - Comente a partida aqui!"

    há 3 meses

    To lembrando aqui da entrevista do Daniel Alves, 'passe do lateral para o ponta, passe que não evolui em nada, guardiola odeia esse passe' vamos ver quantas vezes o Corinthians faz esse tipo de passe

    detalhes do post
  • O

    O postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Palmeiras x Internacional"

    há 3 meses

    To assistindo o jogo, os times parecem terem voltado muito bem da parada, o jogo está corrido demais. Se o Corinthians voltar na nhaca dos amistosos vamos tomar saraivada no br, que Deus nos abençoe e nos proteja!

    detalhes do post
  • O

    O postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "O maior erro de Carille até agora no Corinthians"

    há 4 meses

    Matéria de Eugenio Goussinsky, do R7

    O futebol é feito de chavões. Sem dúvida, muitas destas frases feitas são verdadeiras. Mas dependem das circunstâncias. E, se levadas de forma distorcida, podem ter outro sentido, mudando significados. Trocando as bolas.

    Ser transparente, por exemplo, é fundamental. Indispensável. E o técnico do Corinthians, Fábio Carille, tornou-se conhecido por isso. Já reclamou de regulamento, falou sobre fraquezas do time, opinou sobre o dia a dia do clube.
    Mas, embalado em sua transparência, embarcou e lastreou alguns chavões. Em 2017, aceitava a definição de limitado para o próprio elenco, mesmo ele tendo sido campeão paulista e brasileiro, com folga.

    Virou rotina dizer que o time do Corinthians é limitado. Em 2015, esta definição acompanhava o time até então com desconhecidos como Bruno Henrique e Felipe ou desacreditados como Rodriguinho ou Malcom.

    Além disso, no elenco, campeão brasileiro daquele ano, sobravam nomes de qualidade: Renato Augusto, Jádson, Luciano, Vágner Love, Danilo. E mesmo assim o time era visto como apenas regular. Até o time de Sócrates, nos anos 80, era tido muitas vezes como azarão.

    Carille, em sua transparência, parece aceitar essa tese. Não vai além. Ele mesmo, com os jogadores que tem, os induz a jogarem sentindo-se mais limitados. E isso nem sempre é real.

    Neste momento, Carille conta com 16 reforços, de bom nível, que pediu. Tem um belo potencial para trabalhar. E, apesar de elogios pontuais, ele retoma com frequência a tese de que ainda faltam cerejas. Se o seu discurso fosse mais otimista, neste caso realista, os jogadores estariam muito mais estimulados.

    Involuntariamente, ele está confundindo o significado de transparência. Neste caso, a transparência mais importante é a dele com ele mesmo, com suas atuais limitações para dar a tão esperada ofensividade ao time. Superá-las, ou pelo menos compreendê-las, o faria um treinador ainda melhor. Há tipos de transparência em que ser transparente não significa ter razão.

    detalhes do post
`