Grande
Grande

de Namekusei

Grande Freeza

Torcedor do site número: 511.321, cadastrado desde 04/12/2015

Clayson seleção.

male

Acessos no Meu Timão

Último acesso em 31/05/2020

Atividade no Meu Timão

Ranking do Fórum

869º lugar

Ver Ranking

Ranking de comentários

3.269º lugar

Ver Ranking

425 Comentários

94% de aprovação

2.337 Posts

51% de aprovação

74 Tópicos

17.187 Visualizações

2.455 Views por tópico

Última atividade no site em 31/05/2020 às 09h29

Posts e comentários do Grande

Última interação no site em 29/05/2020 às 11h14

  • Grande

    Grande postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "INIESTA poderia sim alavancar o marketing e o futebol do Corinthians."

    há 4 dias

    Iniesta com uma perna é melhor que qualquer meia no Brasil, mas não faria nenhum sentido ele vir pra cá e ter problema de salário, imprensa enchendo o saco, jogar com perebas...

    detalhes do post
  • Grande

    Grande postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "INIESTA poderia sim alavancar o marketing e o futebol do Corinthians."

    há 4 dias

    Não faria nenhum sentido pra ele vir pra cá. Tá ganhando muito mais no Japão, tá no final da carreira, é ídolo no seu time, já ganhou tudo que podia, pra que se aventurar no Brasil, ter problema de salário, imprensa marrom falando besteira sobre ele nos veículos de imprensa, jogar com perebas..

    detalhes do post
  • Grande

    Grande postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Quem foi melhor e maior? Tevez ou Edílson?"

    há 5 dias

    No Corinthians, Edílson.

    Na carreira como um todo, Tevez. Ganhou quase tudo - Olimpiada, Champions, Libertadores, Mundial de clubes, campeonatos nacionais, só faltou a Copa do Mundo e Copa América. Somente ele e Neymar estão nessa categoria. Se Neymar ganhar em 2022 a Copa e depois a Copa América, será o único jogador na história a ganhar todos os títulos mais importantes do futebol.

    Em seleções: Iguais. Edílson ganhou a Copa do Mundo, mas nunca foi protagonista na seleção, Tevez ganhou uma Olimpiada, mas também nunca foi protagonista na seleção principal.

    detalhes do post
  • Grande

    Grande postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Corinthians recordista em ceder/perder técnicos para a seleção"

    há 2 semanas

    Talvez com Luxemburgo no comando, tivéssemos passado do Palmeiras em 99 e 2000.

    Parreira sem dúvida é muito mais técnico que Geninho, principalmente no equilíbrio emocional do time(vide Geninho e o famoso 'pega' pega' contra o River em 2003)

    detalhes do post
  • Grande

    Grande postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Corínthians teria sido tricampeão mundial em 2013?"

    há 2 semanas

    Bayern era a base da seleção alemã campeã do mundo de 2014 + Ribery e Robben. Honestamente, não acho que o Corinthians ganharia.

    detalhes do post
  • Grande

    Grande postou em Análise dos jogos, no tópico "'O Chelsea sofreu desmanche após UCL' - uma grande mentira"

    há 2 semanas

    O Torres não era pior que o Drogba na minha opinião. A carreira do Torres é muito boa inclusive - ganhou Eurocopa, Copa do Mundo, Liga dos Campeões, liga Europa...

    Drogba é mais ídolo dentro do Chelsea, mas o Torres era melhor jogador.

    detalhes do post
  • Grande

    Grande postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Não temos tradição em Liberadores..."

    há 2 semanas

    A tradição hoje em dia:

    1 - Ter força política na Commebol ajuda muito.

    2 - Não se intimidar com pressão argentina.

    3 - Saber jogar fora de casa e se possível não tomar gol em casa (por causa da bendita regra do gol fora de casa - coisa que o Corinthians adora fazer, sempre toma gol em casa nos mata-mata na Libertadores.

    4 - Planejamento. Sempre que o Corinthians ganha um título ano anterior, no ano seguinte perde jogadores, não mantém o mesmo elenco e não se reforça com qualidade.

    5 - Saber o equilíbrio pra dosar Libertadores, Brasileirão e outros campeonatos. O Flamengo do ano passado jogou com força máxima no segundo semestre todo, revezava pouco o elenco e isso pesou no mundial, o time sentiu a parte física.

    6 - Sorte. Isso também ajuda - vide Atlético Mineiro em 2013.

    7 - Camisa. Isso é relativo, vimos times com muita tradição(São Paulo) perderem pra times inócuos. O ponto é que o nível do futebol brasileiro e sul-americano é ruim, são poucos times sul-americanos destoando do resto atualmente(Flamengo e River atualmente). Antigamente, com mais craques tínhamos times com qualidade maior e condições de enfrentar outros times sul americanos ou mesmo europeus de igual pra igual(São Paulo de 92/93, Grêmio de 95, Vasco 98...)

    detalhes do post
  • Grande

    Grande postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Concordo com o Danilo, porem..."

    há 2 semanas

    O ponto chave foi a postura dos dois times: O São Paulo entrou pra aguentar a pressão do Liverpool, fazer um gol se possível e se segurar. O Corinthians propôs o jogo, teve chances de fazer mais gols, aumentou o ritmo e diminuiu conforme foi necessário.

    O São Paulo teve uma chance apenas e aproveitou, o resto do jogo foi segurando a pressão do Liverpool e contando com a boa atuação do Rogério.

    O Corinthians teve chances, o Émerson poderia ter trabalhado melhor a bola em alguns momentos, fez o gol, se segurou bem atrás e não ficou só atrás se defendendo - tanto que no gol do Corinthians, o time tá mais adiantado, não foi um gol de sorte.

    detalhes do post
  • Grande

    Grande postou em Análise dos jogos, no tópico "'O Chelsea sofreu desmanche após UCL' - uma grande mentira"

    há 2 semanas

    Torres caneleiro é um grande mito que a imprensa coloca.Ele nunca foi um jogador ruim

    detalhes do post
  • Grande

    Grande postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Quem aí curte um funk?"

    há 2 semanas

    Salvo engano, o Funk no Brasil se originou de música negra norte-americana no fim da década de 1960 a partir da soul music, tendo uma batida mais pronunciada e algumas influências do R&B, rock e da música psicodélica.

    detalhes do post
`