Edson

58 anos , de Campinas

Edson Pereira Filho

Torcedor do site número: 501.236, cadastrado desde 19/09/2015

Aqui é Corinthians

male

Estatísticas no Meu Timão

Última atividade no site em 25/09/2015 às 13h47

Ranking de comentários

Faltam 48 comentários para o Edson entrar no Ranking

Ver Ranking

2 Comentários

100% de aprovação

0 Posts

0 Tópicos

Atividades do Edson no Meu Timão

Última interação no site em 25/09/2015 às 13h52

  • Edson

    Edson comentou na notícia: "Fiel invade redes sociais do Corinthians por Ralf"

    há 3 anos

    Já disse aqui, muito antes desta campanha, que não entendia o fato de Ralf estar com 9 meses atrasados com direito de imagem e sem contrato. O cara arrasta a bunda no gramado, dá o sangue e tem a nossa cara de poucos amigos no gramado, deixa Jadson e Renato Augusto livre para criar e é tratado como ninguém. O cara ganha o Mundo pra gente, e é assim que retribuímos. Tem que mandar o diretor Edu acertas logo isso, poi a vergonha é grande, salário e contrato é algo básico para quem deu tanto ao time. Ralf, conte com meu apoio sempre. Lembro de Zé Maria, símbolo da raça corintiana, gente desta estirpe tem que ser reverenciada e não passar o chapéu para meia dúzia de burocratas.

    detalhes do comentário
  • Edson

    Edson comentou na notícia: "Famoso por foto entre rivais, menino corinthiano viverá sonho na Arena"

    há 3 anos

    Território Corinthiano - Os tempos são outros mesmo para torcedores de futebol. A paixão em torcer por um clube no Brasil já não é a mesma.
    Quando saio na rua, vejo com jovens só camisas de times europeus, difícil ver um clube daqui.
    Outra coisa que causa estranheza, é ver na Escola do Corinthians, Centro de Campinas, onde jovens e meninos treinam futebol, gente com camiseta de outros times.
    Lá, na escolinha, aparecem quase que por encanto a camisa de clubes rivais como Palmeiras, São Paulo, Flamengo entre outros.
    E aí não há dúvida que só pode ser provocação, silenciosa aliás, já que tais torcedores adversários estão em território corintiano.
    Dentro da escolinha corintiana, visitantes e até familiares aparecem com a camisa de outros clubes brasileiros, em pleno sábado, sem a menor cerimônia.
    É, os tempos são outros mesmo. Melhor? Talvez.

    detalhes do comentário
`