Corinthians deve bolada para Ralf

Dono do maior faturamento do futebol brasileiro, o Corinthians tem uma dívida de quase R$ 4 milhões com Ralf.

O dinheiro se refere à compra de parte de seus direitos econômicos, acertada em julho do ano passado, quando o volante abriu mão de uma proposta da Fiorentina, da Itália, para permanecer no Parque São Jorge .

O diretor de futebol do Timão, Roberto de Andrade, reconhece a pendência, mas garante que o clube já começou a pagá-la.

A versão, porém, é contestada por amigos do jogador, que revelam a insatisfação de Ralf com o presidente Mario Gobbi.

Hoje, o Corinthians detém 90% dos direitos econômicos do volante — dono dos outros 10%. Pelo acerto feito em contrato, os R$ 3,9 milhões seriam depositados paralelamente ao salário, que foi reajustado e o posicionou entre os maiores do elenco.

A demora na quitação da dívida é reflexo da dificuldade no fluxo de caixa do Corinthians em 2013, que se deve à queda do número de patrocínios, de faturamento com bilheteria...

Impacto...
O acidente no Fielzão pode adiar em meses a venda do nome do estádio. Segundo o conselheiro Edgar Ortiz, que viajou com Andrés Sanchez para Abu Dhabi na semana passada, a notícia da morte de dois operários pegou mal.

...negativo
“Hoje, nosso estádio ficou visto como a arena do acidente. Na Copa, isso muda e o estádio valerá mais”, prevê Ortiz, sem demonstrar preocupação com a demora na negociação.

Foco único
A Ponte não terá reforços de peso para 2014 em caso de vaga na Libertadores. “O objetivo será ganhar a Série B. Vamos pensar nisso o ano inteiro”, avisa o presidente do clube, Márcio Della Volpe.

Fonte: Diário de São paulo

Davi

ENVIADA POR:
Davi

536 notícias enviadas

40 amigos

650 comentarios

ver perfil

Quer colaborar com o Meu Timão?

Envie uma notícia

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
veja mais fechar

Mais notícias

Números fazem Corinthians descartar chegadas de Marcelo e Elias

Depois de anunciar a contratação do técnico Mano Menezes para a próxima temporada, o diretor de futebol do Corinthians, Roberto de Andrade, falou sobre a busca por reforços.