Ralf, Ídolo do Corinthians

Volante

Ralf

Biografia

Ralf começou no futebol em times amadores de São Paulo, mas se profissionalizou atuando pelo Imperatriz, em 2006. Vice-campeão maranhense, retornou ao futebol paulista e atuou por times menores até chegar ao Grêmio Barueri.

No Campeonato Brasileiro de 2009 se destacou pelo time paulista e atraiu interesse de grandes clubes do país. Foi contratado pelo Timão para a temporada de 2010, quando o clube precisava encontrar um substituto para Cristian, que tinha sido negociado com o futebol europeu. Com boas atuações, o volante rapidamente conquistou o lugar de titular no time.

Em 2011, ajudou o clube a ser Campeão Brasileiro e foi eleito o melhor volante da competição. As boas atuações continuaram na temporada seguinte, quando participou das campanhas vitoriosas da Libertadores e do Mundial.

Foi autor do primeiro gol corinthiano na histórica Libertadores de 2012, o tento empatou a partida em 1 a 1 contra o Deportivo Táchira.

No ano de 2013, conquistou os títulos Paulista e da Recopa.

Foi Campeão Brasileiro em 2015 com o Corinthians, ajudando o time a fazer a melhor pontuação de todos os tempos da era dos pontos corridos.

Volante de marcação, Ralf tem uma marca favorável em sua passagem pelo Timão, ele nunca foi expulso. Apesar da função em campo, o jogador sempre foi disciplinado, o que não impedia de atuar com vontade e respeito pela torcida.

Suas partidas com a camisa corintiana o fizeram ser convocado para a Seleção Brasileira em várias ocasiões. Símbolo de raça e amor à camisa, Ralf caiu nas graças da torcida e se tornou um dos ídolos do Corinthians!

Próximo de ter o contrato vencido no Timão, Ralf e a diretoria corinthiana não chegaram num acordo e o atleta acabou sendo vendido para o Beijing Guoan, da China em 2016.

Relembre de outros ídolos que jogaram no Corinthians

O que você mais lembra do Ralf no Corinthians?

  • 1000 caracteres restantes