Idário, Ídolo do Corinthians

Lateral-direito

Idário

Biografia

Vindo das categorias de base e jogando do jeito que a fiel gosta, “o deus da raça" Idário era a valentia e a raça da fiel dentro de campo.

Filho de espanhóis, esse paulistano que subiu dos aspirantes com outros grandes jogadores de sua época (Luizinho e Roberto Belangero entre outros) e logo conquistou a torcida do Corinthians pela sua raça e entrega dentro de campo.

Jogando na lateral direita (médio-direito na época), Idário nunca se destacou por jogadas habilidosas ou coisas do tipo. Mas para a torcida corinthiana sempre foi um grande jogador que não perdia os confrontos com os grandes ponta esquerdas da época (Pepe do Santos, por exemplo).

“Pega ele, Idário”, gritava a fiel da arquibancada e o raçudo Idário ia lá e pegava. Pegava a bola ou o jogador, mas pegava! Não perdendo dividas e não deixando o Corinthians na mão.

Idário era chamado de “Sangue Azul” ou simplemente “Sangre”.

Para os outros Idário era só um jogador cavalo, carniceiro e violento, para nós torcedores do Corinthians Idário era um herói, um Deus da Raça que por muitas vezes escondeu feridas nas pernas (devido ao seu estilo de jogo) para entrar em campo e defender com a mesma garra e vontade de sempre o Corinthians.

Idário será sempre lembrado e idolatrado por todos os corinthianos que sabiam que por mais que a sua técnica e habilidade não fossem apuradas a sua raça, amor e dedicação com o manto alvinegro estariam sempre ali em campo com ele. Suando até a última gota para defender o Corinthians.

Relembre de outros ídolos que jogaram no Corinthians

O que você mais lembra do Idário no Corinthians?