Zenon, Ídolo do Corinthians

Meia

Zenon

Biografia

O meia começou sua carreira em Santa Catarina, atuando com a camisa do Avaí. Ficou três temporadas no clube catarinense, conquistando dois Campeonatos Catarinenses - em 1973 e 1975. Saiu ao ser negociado com o Guarani, que estava em ascensão no cenário nacional. Pelo famoso time campineiro da década de 70, Zenon conquistou o primeiro Campeonato Brasileiro da história do clube interiorano - em 1978.

Ficou cinco temporadas atuando em Campinas, até que foi negociado com o futebol da Arabia Saudita, indo atuar com a camisa do Al-Helal. Em menos de uma temporada já estava de volta ao futebol brasileiro, desta vez para atuar no Corinthians.

O presidente da época, Vicente Matheus, viajou pessoalmente ao Oriente Médio para acertar com o jogador. Zenon se juntou a verdadeira seleção dentro do alvinegro, ao lado de jogadores como Sócrates, Walter Casagrande, Biro-Biro e Wladimir. Nessa período ele também se uniu ao movimento Democracia Corinthiana - um dos grandes marcos da história do futebol brasileiro.

Pelo Corinthians conquistou os Campeonatos Paulistas de 1982 e 1983, conquistas que ajudaram muito no movimento em busca da democracia no Brasil. Foi um verdadeiro maestro no meio de campo alvinegro, carregando a camisa 10 nas suas costas. Um dos lances mais memoráveis do atleta pelo Corinthians foi na final do Paulistão de 1983, quando deu um belo passe de calcanhar para o Doutor Sócrates marcar e garantir o título para o alvinegro.

Zenon ficou no Parque São Jorge até 1986, quando deixou o Timão para atuar no Atlético-MG. Foi campeão estadual duas vezes em Minas Gerais, mas teve problemas com o técnico Telê Santana e acabou saindo do clube. Depois atuou sem tanto brilho pela Portuguesa, Grêmio Maringá e São Bento, além de sua volta ao Guarani em 1990.

Até os dias de hoje, o atleta é lembrado pela sua incomparável habilidade de organizar as jogadas, além do bigode que sempre o acompanhou durante a carreira.

Relembre de outros ídolos que jogaram no Corinthians

O que você mais lembra do Zenon no Corinthians?

  • 1000 caracteres restantes