Dida, Ídolo do Corinthians

Goleiro

Dida

Biografia

Frio, seguro e pegador de penalidades como poucos, Dida é um dos maiores goleiros do Corinthians de todos os tempos e grande ídolo da fiel.

Nas duas passagens que teve pelo Corinthians, Dida veio emprestado do Milan (Ita) para conquistar títulos e se consagrar como ídolo da fiel.

Goleiro frio, tranqüilo e extremamente seguro, esse baiano está no coração e na memória de todos corinthianos graças a diversas defesas difíceis, títulos e por ser um pegador de pênaltis como nunca se viu.

Dida, em seus primeiros dez meses de Corinthians pegou seis penalidades, quadro delas seguidas. E é aí que Dida entra de vez pra galeria dos ídolos da fiel.

Na semifinal do brasileiro de 1999 contra o São Paulo, Dida pegou duas cobranças de pênalti do Raí, a segunda delas aos 47 minutos do segundo, garantindo a vitória do Corinthians por 3x2 e ajudando o Corinthians a chegar a final e a conquista do título.

Alguns meses depois, na conquista do mundial interclubes, Dida pegaria mais pênaltis. Um deles cobrado por Anelka na partida contra o Real Madrid (esp) em partida válida pela primeira fase do torneio e um na decisão por pênaltis contra o Vasco da Gama (RJ), ajudando o Corinthians a se sagrar o primeiro campeão mundial em torneio oficias validos pela FIFA.

Dida ainda pegaria mais pênaltis importantes, como o que ajudou o Corinthians a passar para as quartas de final da libertadores da América de 2000.

Além das penalidades, Dida sempre se destacou por sua agilidade, altura (1,95m) e por sua incrível capacidade defendendo a meta alvinegra.

Relembre de outros ídolos que jogaram no Corinthians

O que você mais lembra do Dida no Corinthians?