Emerson Sheik

Atacante

Emerson Sheik

Biografia

Revelado nas categorias de base do São Paulo, o atacante Emerson começou discreto no futebol brasileiro. Não conseguiu ter uma sequência de jogos pelo rival do Timão, e acabou sendo vendido para o futebol asiático. Ficou quase dez anos atuando no futebol estrangeiro, até retornar ao Brasil, em 2009, para jogar no Flamengo - conquistou um Campeonato Brasileiro pelo time do Rio de Janeiro. Sua passagem foi curta pelo time carioca e logo voltou ao exterior.

Retornou em 2010, para atuar com a camisa do Fluminense. Foi importante na conquista do título brasileiro, fazendo o gol que garantiu o título para o time carioca - na última rodada contra o Guarani. Começou a temporada de 2011 ainda no Fluminense, mas logo foi dispensado pela diretoria do clube, após se envolver em polêmicas.

No dia 18 de maio de 2011, o Corinthians anunciou a contratação do atacante, ali começava sua trajetória pelo alvinegro. No início permaneceu no banco de reservas, sendo preterido pelos atacantes Willian, Jorge Henrique e Liedson. Sua primeira grande atuação foi na partida contra o Atlético-MG, pela 17° rodada do Brasileirão, quando o time estava perdendo de 2 a 0, fora de casa, e o atleta entrou em campo para mudar a partida e ajudar o time a virar o placar - o jogo terminou em 3 a 2 para o Timão.

O Corinthians se sagrou campeão brasileiro naquele ano - Emerson Sheik conquistava o campeonato nacional pela terceira vez seguida, às outras duas pelo Flamengo (2009) e Fluminense (2010).

Em 2012, finalmente viria a glória de Emerson com a camisa do Corinthians. O clube conquistou a Copa Libertadores de forma espetacular. O time jogava um futebol seguro na defesa e certeiro no ataque. Foram 14 partidas disputadas, com oito vitórias e seis empates. O camisa 11 marcou cinco vezes naquela competição, sendo considerado o melhor jogador do torneio - o gol contra o Santos na Vila Belmiro e principalmente os dois na grande final contra o Boca Juniors entraram para a história do Timão.

Ainda naquela temporada, o time alvinegro viajou ao Japão na disputa do Mundial de Clubes. Emerson foi titular nas duas partidas - contra Al-Ahly e Chelsea -, conseguiu assustar as defesas adversárias e cumprir sua função tática. O Corinthians acabou superando o Chelsea na final, e levou seu segundo título mundial.

Com muitas conquistas na bagagem, o ritmo do atacante diminuiu em 2013. Mesmo assim, ainda conquistou um Campeonato Paulista e a Recopa Sul-Americana, esses dois no primeiro semestre. Na segunda metade do ano, o setor de ataque do Corinthians vivia um mau momento e o time não conseguiu repetir as boas campanhas.

Na temporada de 2014 foi emprestado ao Botafogo, para disputar o Campeonato Brasileiro. Apesar de ter feito boas aparições pelo time carioca, acabou dispensado após uma decisão da diretoria do clube - junto de outros três atletas.

Voltou na temporada seguinte, para fechar sua trajetória no clube do Parque São Jorge. Disputou Campeonato Paulista e a Copa Libertadores, mas não conseguiu erguer as canecas. Seu contrato com o clube se encerrou no meio de 2015, quando o atleta se foi jogar no Flamengo.

Últimas atuações pelo Corinthians

  • Jornalista Mário Filho

    Brasileirão 2015

    Corinthians Corinthians 0 versus 0 Fluminense Fluminense

    veja mais
  • Doutor Adhemar de Barros

    Brasileirão 2015

    Corinthians Corinthians 1 versus 0 Chapecoense Chapecoense

    veja mais
  • Arena Pantanal

    Brasileirão 2015

    Corinthians Corinthians 1 versus 0 Cruzeiro Cruzeiro

    veja mais
  • Cícero Pompeu de Toledo

    Libertadores 2015

    Corinthians Corinthians 0 versus 2 São Paulo São Paulo

    veja mais
  • Arena Corinthians

    Libertadores 2015

    Corinthians Corinthians 0 versus 0 San Lorenzo San Lorenzo

    veja mais

Relembre de outros ídolos que jogaram no Corinthians

O que você mais lembra do Emerson Sheik no Corinthians?

  • 1000 caracteres restantes