Palhinha, Ídolo do Corinthians

Atacante

Palhinha

Biografia

Comprado do Cruzeiro (MG) por 7 milhões de cruzeiros, Palhinha chegou ao Corinthians com o status de craque e encheu de alegria a Fiel, que depositava nele a esperança de enfim conquistar o título paulista.

Sua estréia defendendo o Timão não foi o que exatamente todos esperavam. Mais de 60 mil pessoas lotando o estádio e o Corinthians perde de 3 x 0 pro Guarani.

Mas após isso Palhinha cairia nas graças da Fiel por suas jogadas inteligentes e de extrema habilidade.

No primeiro dos 3 jogos da final de 1977 Palhinha foi o autor do gol do Corinthians, na vitória por 1 x 0. Gol marcado com o rosto após o goleiro Carlos rebater um chute forte dado por ele mesmo.

No segundo jogo Palhinha sofreu um estiramento muscular e não pode participar da terceira e decisiva partida, mas todos sabem que o Corinthians só tinha chegado até ali, até aquelas finais, graças a Palhinha e as suas jogadas. Por mais que não apareça no pôster de campeão e na foto da última partida, Palhinha era o craque e principal jogador do time.

Dois anos depois, em 1979, Palhinha ganharia novamente o campeonato paulista pelo Corinthians, mas dessa vez fazendo uma dupla memorável com Sócrates, onde faziam tabelinhas maravilhosas e jogadas inesquecíveis.

No inicio de 1980, Palhinha retornaria a MG, dessa vez pra jogar no Atlético.

Voltou ao Corinthians em 1989, dessa vez já como técnico.

Relembre de outros ídolos que jogaram no Corinthians

O que você mais lembra do Palhinha no Corinthians?