1977 - Todo Corintiano deve saber

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Roger #1.454 @viana1986 em 26/04/2017 às 16:48

Alguns torcedores mais jovens, podem não saber a importância e a dimensão do título de 1977, o mais importante de nossa história, de 1954 a 1977, ganhamos 1 título do Torneio Rio-SP que dividido com outros clubes, não teve aquele sabor de conquista e alguns títulos de torneios sem muita expressão. Foram 22 anos sem gritar é campeão, isso todos nós sabemos. O campeonato paulista de 77 foi um torneio incrível jogado em 3 turnos, campeonato longo, com regra de pontuação diferente para o futebol de hoje. Vitória por 3 gols ou mais valiam 3 pontos, vitória simples 2 pontos, empate 1 e derrota nada. Título que na época era mais importante que os campeonatos nacionais, todos torciam contra nós, pra variar.

Não vivi essa conquista, mas a história do Corinthians muito me interessa, vou contar resumidamente, sei que muitos aqui conhecem essa história, mas muitos outros não...

O primeiro turno ou fase, era chamado de Taça Cidade de São Paulo, eram 4 grupos, mas todos os clubes se enfrentaram e no nosso grupo estavam, Botafogo, XV de Piracicaba, Juventus e XV de Jaú, ficamos em 2° lugar, só se classificavam para a semi-final o 1° colocado de cada grupo. Botafogo passou por Guarani e São Paulo e foi o campeão da Taça Cidade de São Paulo 1977.

O segundo turno, Taça Governador do Estado de São Paulo, mesmo regulamento do primeiro, tínhamos como rivais, Ponte Preta, Juventus, XV de Jaú e Portuguesa Santista, Ficamos em 1° colocado do grupo, nas finais, passamos por São Paulo (2x1) e Palmeiras (1x0) e fomos campeões da Taça Governador do Estado de São Paulo de 1977.

O terceiro turno, automaticamente estavam, os campeões dos turnos anteriores + os outros 6 melhores colocados das mesmas fases, divididos em 2 grupos, todos contra todos, assim somente os dois melhores de cada grupo foram fazer as finais.

Corinthians x Ponte Preta

O Corinthians tinha a vantagem de 1 ponto nas finais, por ter melhor campanha somando os 3 turnos, 5 de outubro, 1x0 para o Timão gol de Palhinha, nosso craque. 9 de outubro, 2x1 Ponte de virada, gols de Vaguinho (Timão) e Rui Rei e Dicá pra Macaca. Um jogo extra foi necessário devido o empate, 13 de outubro, em caso de empate, prorrogação, novo empate, o Corinthians seria campeão do mesmo jeito, mas tinha que ser na Raça e foi quando Basílio, fez o gol mais importante de nossa história! Dizem que foi a maior festa já feita por uma torcida de futebol em toda a história, o grito de campeão mais forte de todos! Pra mim, o capítulo mais bonito de nossa história!

Um abraço nação! Aqui é Corinthians!

4.290 visualizações e 124 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 26/04/2017 às 17:36

Os mais velhos até hoje se emocionam.

Eu tinha 5 anos não me recordo.

Junior Bertate #5.856 @junior.bertate em 26/04/2017 às 20:36

Roger, esse foi com certeza o título mais emblemático da história do Corinthians. Mais do que a Libertadores, ou do Mundial. É difícil para as novas gerações acreditarem nisso, mas foi o título mais importante, incluindo o título da Libertadores. Eu tinha 8 anos em 1977 e 43 em 2012, e obviamente que a forma como um cara de 43 anos vê, sente, observa as coisas é diferente de um garoto de 8 anos. Mas posso te dizer que em 1977 foi mágico. A geração de hoje não tem noção como em uma época que nem se sonhava com internet, com a enxurrada de informações que temos nos dias atuais, a cidade parou pra ver esses jogos. O jogo do Domingo então, que estava tudo preparado para comemorar o título...e o Corinthians perdeu de 2x1 pra Ponte, a cidade literalmente paralisou. E não era em frente a TV que as pessoas estavam apenas, pois naquela época, nem todos tinham televisão. Era em torno do rádio mesmo, ou do famoso radinho de pilha. Eu vi palmeirenses comemorarem essa virada da Ponte como se fossem jogo do time deles. Não estou falando de ficar contente com o resultado somente, estou dizendo de sair pra rua pra comemorar, sair de carro, fazer businaços. Eu diria que ver aquilo de novo, só em final de copa do mundo (com o Brasil na final claro), e mesmo assim fico em dúvida, se naquele dia não foi 'mais'. A atmosfera era tensa, elétrica, saia faísca. Mas não tinha clima de guerra, de brigas. Era uma torcida querendo, ansiando por sair da fila, e seus adversários torcendo contra. Repare que desde aquela época, era todos contra o Corinthians, aliás em 1977 foi o ápice disso. Vocês acham que essas frases que vocês vêem por aí...'contra tudo e contra todos' vem de onde? Na verdade esta mística de que todos são contra nós, vem desde a fundação do Corinthians.

Não estou querendo comparar àquele título com os títulos mais recentes, e diminuir os títulos atuais, nada disso. Eu sei que o Tite é monstruoso e esta na nossa história para sempre. Mas o Osvaldo Brandão é MITOLÓGICO. Ele havia ganhado o último título antes da fila, em 1954 (título do 4º Centenário da Cidade de São Paulo), e voltou 22 anos depois pra tirar o time da fila em 1977, e acabar com o sofrimento de uma geração inteira que só ouvia gozações e tirações de sarro, que cresceu sendo derrotada, e que mesmo assim, só cresceu durante esse período e JAMAIS abandonou o time (acrescente a esse drama o fato de que o filho dele morreu de cancer no meio das finais). Eu vejo como hoje em dia, as pessoas vem aqui nesse fórum, após uma derrota, pedir a cabeça de todo mundo, xingar Deus e o mundo, dizer que esta tudo errado, e tudo porque perdeu um jogo. Acho que cada um tem o direito de se expressar como quer, mas a essência do corinthiano não é assim.

Quer um dado de como o título de 1977 foi emblemático?

Depois daquele ano o Corinthians ganhou 11 campeonatos Paulista, 6 Brasileiros, 3 Copas do Brasil, 1 Libertadores, 2 Mundiais, 1 Recopa Sulamericana. Pode aumentar essa galeria esse ano. O período de 2011 a 2015 foi absolutamente sensacional, mas pra mim, 1977 tem um significado maior, místico, misterioso, oculto.

#VaiCorinthianssempre

Últimas respostas

Francisco Marcondes #796 @francisco.marcondes em 29/04/2017 às 21:34

Eu vivi e acompanhei este período, nós estávamos mesmo a fim de um campeonato paulista, não adianta esconder, o jejum incomodava sim, e muito, desde 1966, quando comecei a acompanhar, anos após anos, parecia praga, o clube contratava, trazia jogadores de ponta na época, mas algo travava na hora de decidir...em 1974, a derrota na final para os peppas foi muito dolorosa, por isto que o título de 1977, tem sim um sabor pra lá de especial, a comemoração foi gigantesca;;;;;;;; a noite toda até o amanhecer e ainda durou mais alguns dias, para quem viveu, assistiu, presenciou, aquele gol do basilio não sai da cabeça... Eta golzinho sofrido, kkkkkkkkkkkkkkk!mas comemoramos muito, muito, muito, enfim, Timão, campeão, ! 13 de outubro de 1977, uma quinta feira, como esquecer hein? Kkkkkkkkkkkk!

Publicidade

Anisio Molim #95 @amoamolim em 27/04/2017 às 20:58

Pois é Roger, sou um cara das antigas, meus valores são das antigas, a minha visão de corinthiano vem muito em cima dessa época de ouro do futebol brasileiro que compreende anos 50/60/70/80/90. E posso lhe dizer que sou contemporâneo delas todas, porque se não tive muitas oportunidades de assistir jogos dos anos 50, pela minha idade obviamente, mas consegui ver de perto na Fazendinha, Gilmar, Idário, Homero, Goiano, Olavo, Bellangero, Cláudio, Luisinho, Baltazar, Rafael e Souzinha, ou Zague.

Carbone, Mário, Paulão, Cabeção, Murilo, Nonô, Simão, Indío, eu era muito molequinho, uns 4/5 anos. Só de comentários, ou, as vezes quando estava em pic nic com minha família dentro do Parque São Jorge, que íamos quase todos os domingos assistir a competição de remo (no Tietê), torcer para um primo meu, bem mais velho, ele tinha uns 18 anos e era da equipe de remo do Corinthians.

Depois disso, eu penso que houve muitas mudanças de valores por conta evidentemente das novas tecnologias, novas crenças (do ponto de vista da psicologia, do pensamento), novos olhares sobre as coisas de um modo geral.

Entretanto meu caro Roger, eu é que estou emocionado, porque afinal de contas, uma frase minha, tenha emocionado alguém.

Eu é que agradeço mermão.

Roger #1454 @viana1986 em 27/04/2017 às 09:31

" "

Anisio, me emocionei com essa frase: 'Se o Corinthians não ganhasse mais nenhum, eu já estaria super satisfeito'. Obrigado cara!

Vai Corinthians!

Anisio Molim #95 @amoamolim em 27/04/2017 às 20:39

Toda a ditadura é ruim para a grande maioria do povo em que se submete a ela.

Por isso é que se deve lutar sempre contra todos os processos ditatoriais, aliás, estamos na eminência de acontecer mais um se não lutarmos contra.

Entretanto, a época era rica em cultura, apesar de ser bastante cerceada e censurada, mas, assim mesmo tínhamos fontes de informações de todas as espécies como cinema, teatro, shows, palestras, comícios, manifestações públicas, cursos livres, literatura para todos os assuntos, muita música de altíssima qualidade, enfim.

Uma época rica para o conhecimento a quem estivesse afins. E graças a deus me criei com jovens com os mesmos valores e muitos deles corinthianos.

Agnaldo #9352 @agnaldo.fernandes.le em 26/04/2017 às 21:56

" "

Da hora! Devia ser bom ser jovem aquele tempo, tirando os problemas com a ditadura.

Marcos Luiz #3.019 @pirro em 27/04/2017 às 18:04

O engraçado é que o gol foi no finzinho do primeiro tempo, e a torcida dai até a volta dos jogadores para o segundo tempo, ficou gritando ' É CAMPEÃO', que só veio a se confirmar no terceiro jogo.

Abraços

HENRY #3173 @hj007 em 27/04/2017 às 10:59

" "

Perfeito. Segundo jogo, não o primeiro.

Era pra ter sido campeão nesse jogo, porque uns 2 jogadores da Ponte teriam que ser expulsos por quase agressão ao bandeirinha (Oscar Scolfaro, se não me engano) após o gol do Vaguinho.

All Colatra #72 @all.colatra em 27/04/2017 às 15:34

Excelente tópico, a história do Corinthians deve ser sempre lembrada por nós torcedores. Só gostaria de completar que nesse período da fila o Corinthians além do Rio São Paulo o Timão ganhou torneios na Itália, na Espanha, nos Estados Unidos, ganhou também um torneio chamado Charles Miller onde enfrentou Benfica, Penarol, Palmeiras, Flamengo e América do Rio, então essa dita fila foi mais do Campeonato Paulista que era o que tinha de melhor na época do que propriamente um período sem ganhar nada como muitos imaginam.

Ciro Hey #66 @ciro.hey em 27/04/2017 às 11:32

Meu avô contava que nunca viu festa maior em comemoração de um título..

Em Londrina foi todo mundo para rua, até quem torcia contra foi para festa de tão linda que foi!

Muito choro e comemoração que virou madrugada!

Quem é de SP fala a mesma coisa.. Que nem na Libertadores foi uma festa tão grande! E que o gol do Basílio sozinho foi maior que Sheik e Guerrero devido a festa e emoção que o gol proporcionou, não tem nem como comparar.

Henry Vj #3.173 @hj007 em 27/04/2017 às 10:59

Perfeito. Segundo jogo, não o primeiro.

Era pra ter sido campeão nesse jogo, porque uns 2 jogadores da Ponte teriam que ser expulsos por quase agressão ao bandeirinha (Oscar Scolfaro, se não me engano) após o gol do Vaguinho.

MARCOS #3019 @pirro em 26/04/2017 às 23:36

" "

É verdade Henrique, fui no segundo jogo, no domingo, cheguei as 11 da manhã, acredite se quiser sem ingresso, comprei de cambista, naquele tempo colocava-se 150.000 ingressos e dane-se, consegui ver o verde do gramado eram 3 da tarde, nunca vi tanta gente naquele anel que circunda o estádio, e nunca vi tantas bandeiras em minha vida, tanto que o pessoal soltava rojões e eles batiam nas bandeiras e voltavam e caiam na própria torcida.

Abraços

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 27/04/2017 às 09:52

Exatamente esta no nosso sangue no nosso DNA, só quem torce para o maior time do pais pra entender.

Roger #1454 @viana1986 em 27/04/2017 às 09:49

" "

Não tem jeito né Sandra? Rs eu falo pra você, eu me emociono vendo e lendo coisas sobre o Corinthians que eu não vivi! Tá no sangue!

Roger Corinthians #1.454 @viana1986 em 27/04/2017 às 09:49

Não tem jeito né Sandra? Rs eu falo pra você, eu me emociono vendo e lendo coisas sobre o Corinthians que eu não vivi! Tá no sangue!

Sandra #1 @sandra.lima4 em 26/04/2017 às 17:36

" "

Os mais velhos até hoje se emocionam.

Eu tinha 5 anos não me recordo.

Roger Corinthians #1.454 @viana1986 em 27/04/2017 às 09:47

Sem palavras!

Fiz esse post ontem, pouco antes de sair do trabalho, e hoje cheguei e me deparei com tantos relatos incríveis, que só fazem, aumentar meu amor pelo Corinthians! Obrigado Corinthians por existir!