Coroa Contando História

Fórum do Corinthians

Mario #383 @carpegiani em 11/07/2019 às 18:14

Amigos,

Sou um Corintiano, fanático, dos tempos da famosa fila de 23 anos.

A diferença entre a torcida da minha época, para a atual é gritante e inexplicável.

A frase Corintiano sofredor é da minha época, não de agora.

Vou contar uma breve passagem, que marcou muito como torcedor:

Sábado a tarde, dia bonito de sol, jogava no Pacaembu Corinthians e Juventus, não preciso dizer que a Fiel comparecia como sempre.

No primeiro tempo, aproximadamente 20 minutos o Juventus em um contra-ataque, faz um gol marcado pelo ponta direita Luiz Antonio.

A partir deste momento, nosso Corinthians com Rivelino e Cia. Passou a massacrar o Juventus tomando conta de metade do campo.

A defesa e principalmente o goleiro de nome Miguel, de forma incomum evitaram nosso empate, conclusão perdemos o jogo por 1 a 0.

O mais bonito, mais lindo, foi na saída de campo do nosso Corinthians, saiu aplaudido de pé por todos os torcedores, que reconheceram a vontade e garra dos nossos jogadores.

Para jogar no Corinthians, é diferente, tem que ter vontade, garra, coração, se não tiver, nem tente vestir nosso manto.

Isto vale para Presidente, Diretor, Conselheiros, Treinador, Comissão técnica, etc etc etc.

Não tinha CEREJA NÃO. Só Rivelino.

245 visualizações e 13 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Últimas respostas

Mario Hermetti Carpegiani #383 @carpegiani em 12/07/2019 às 12:42

Verdade o tal Moleque Travesso sempre foi nossa Aza Negra, apesar disso, eu tenho uma simpatia por este time e não moro na zona leste.

André #1437 @andre.oliveira76 em 11/07/2019 às 19:20

" "

E o Juventus da Javari, sempre aprontando pra cima do Coringão!

Publicidade

Mario Hermetti Carpegiani #383 @carpegiani em 12/07/2019 às 12:39

Perfeito.

adilson #2337 @dilsinho em 11/07/2019 às 21:15

" "

Só foi ressaltado uma das características que tem que ter pra jogar no Coringão.Não que esteja faltando isso.

Mas... Nesse time falta muita coisa, começando pelo básico:

1-Técnico precisa definir o time que vai jogar como titular, de acordo com cada qualidade do jogador não ficar inventando.

2-Definir o esquema tático e ajustar ao máximo as jogadas, posicionamento, linha de defesa, ataque, triangulação, passe curtos, finalização ao gol e exigir ao máximo o melhor de cada jogador.

3-Como diz o Tite: Treinar, treinar e repetir pois somente com a repetição vem a perfeição dar sequencia.

É noiixxx mano Vai CORINTHIANS...

Adilson Cunha #2.337 @dilsinho em 11/07/2019 às 21:15

Só foi ressaltado uma das características que tem que ter pra jogar no Coringão.Não que esteja faltando isso.

Mas... Nesse time falta muita coisa, começando pelo básico:

1-Técnico precisa definir o time que vai jogar como titular, de acordo com cada qualidade do jogador não ficar inventando.

2-Definir o esquema tático e ajustar ao máximo as jogadas, posicionamento, linha de defesa, ataque, triangulação, passe curtos, finalização ao gol e exigir ao máximo o melhor de cada jogador.

3-Como diz o Tite: Treinar, treinar e repetir pois somente com a repetição vem a perfeição dar sequencia.

É noiixxx mano Vai CORINTHIANS...

Itamar #41 @sr.fulano em 11/07/2019 às 20:01

" "

Concordo!



Mas não acho que tenha faltado isdo ao time.



Vejo muito mais um técnico confuso, forçando um esquema na marra e queimando jogadores.



Cara, quando eu vi Vagner Love mais de 300 gols na carreira com 35 anos correndo atrás de lateral na nissa área?



Aí é pra acabar!



Como vamos ficar questionando questão de raça com isso?



Acho que tem muita coisa pra arrumar.



Mas é minha opinião.



Valeu amigo.

Itamar Fulano #41 @sr.fulano em 11/07/2019 às 20:01

Concordo!



Mas não acho que tenha faltado isdo ao time.



Vejo muito mais um técnico confuso, forçando um esquema na marra e queimando jogadores.



Cara, quando eu vi Vagner Love mais de 300 gols na carreira com 35 anos correndo atrás de lateral na nissa área?



Aí é pra acabar!



Como vamos ficar questionando questão de raça com isso?



Acho que tem muita coisa pra arrumar.



Mas é minha opinião.



Valeu amigo.

adilson #2337 @dilsinho em 11/07/2019 às 19:42

" "

Falo tudo brother...

Para jogar no Corinthians, é diferente, tem que ter vontade, garra, coração, se não tiver, nem tente vestir nosso manto.

Adilson Cunha #2.337 @dilsinho em 11/07/2019 às 19:42

Falo tudo brother...

Para jogar no Corinthians, é diferente, tem que ter vontade, garra, coração, se não tiver, nem tente vestir nosso manto.

André Oliveira #1.437 @andre.oliveira76 em 11/07/2019 às 19:20

E o Juventus da Javari, sempre aprontando pra cima do Coringão!

Mario Hermetti Carpegiani #383 @carpegiani em 11/07/2019 às 19:15

Momento de glória do Paulo Borges.

Sobre o Aladim, eu sei de uma história dele, quando em fim de carreira foi jogar no Coritiba, um amigo meu jogava no Londrina nem te conto amigo.

Norberto #1079 @norberto.valverde em 11/07/2019 às 18:47

" "

Legal Mario.Eu também fiz parte desta torcida.Me lembro um sábado, estava eu no Pacaembu, de pé, no alambrado, em um CORINTHIANSxSAO PAULO.Rivelino pegou uma bola no meio de campo e lançou o ALADIM(ponta esquerda que veio do Bangu), que ao perceber que o FURLAN(zagueiro duro na queda), vinha pra cima dele, simplesmente saiu da bola e deixou o são paulino sair jogando.Isto tudo ali na minha frente.Como xinguei o ALADIM aquele dia.Ficou provado ali, que não era jogador para o nosso time.Mas dava gosto assitir aos nossos jogos.Quantas vezes subi as escadarias do Pacaembu, xingando todo mundo.Wadih Helou fazia de tudo para ganharmos um campeonato.Mas tinha uma fera na baixada santista, que destruia tudo.Um dos jogos mais marcantes na minha vida, foi quando quebramos o tabu contra o Santos, no Pacaembu.Que noite gloriosa.Inesquecivel.

Norberto Valverde #1.079 @norberto.valverde em 11/07/2019 às 18:47

Legal Mario.Eu também fiz parte desta torcida.Me lembro um sábado, estava eu no Pacaembu, de pé, no alambrado, em um CORINTHIANSxSAO PAULO.Rivelino pegou uma bola no meio de campo e lançou o ALADIM(ponta esquerda que veio do Bangu), que ao perceber que o FURLAN(zagueiro duro na queda), vinha pra cima dele, simplesmente saiu da bola e deixou o são paulino sair jogando.Isto tudo ali na minha frente.Como xinguei o ALADIM aquele dia.Ficou provado ali, que não era jogador para o nosso time.Mas dava gosto assitir aos nossos jogos.Quantas vezes subi as escadarias do Pacaembu, xingando todo mundo.Wadih Helou fazia de tudo para ganharmos um campeonato.Mas tinha uma fera na baixada santista, que destruia tudo.Um dos jogos mais marcantes na minha vida, foi quando quebramos o tabu contra o Santos, no Pacaembu.Que noite gloriosa.Inesquecivel.

Mario Hermetti Carpegiani #383 @carpegiani em 11/07/2019 às 18:36

Eu sou de 1970 sabe o que é isso?

ROUJA #1954 @rogerex em 11/07/2019 às 18:25

" " a garotada de hoje não passou nem metade de tudo isso...
eu sou da época de 90 e sei bem o que é sofrer...

Rouja Mazzalli #1.954 @rogerex em 11/07/2019 às 18:25

a garotada de hoje não passou nem metade de tudo isso...
eu sou da época de 90 e sei bem o que é sofrer...

MARIO #383 @carpegiani em 11/07/2019 às 18:21

" "

Na minha época era só sofredor nada mais.

1 a 10 de 12 respostas