Rony chegaria vestia a 11 resolvia os problemas, Ainda daria Suporte ao Janderson

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Joaquim #89 @nando.moura em 17/01/2020 às 13:35

Rony já se provou no Cenário nacional, em diversas partidas no campeonato brasileiro e foi deciso em uma Copa do Brasil, deixando pra trás Grêmio, Flamengo e batendo o Internacional.

No Cenário Internacional Idem, já tem vários jogos grandes no curriculum, inclusive incomodo pra baralho o River Plate lá na Argentina.

Esta com 24 anos, o mercado Europeu está mudando não estão contratando a rodo jogadores dessa idade, Estão focando cada vez mais em promessas de 17,18 anos, Contratariamos um jogador pronto, que só sofreria assédio do mercado Asiático, e lá eles não tem dó de dinheiro, Roni chegaria vestiria a 11 e ainda daria suporte ao Janderson, que tem um enorme potencial mas não está pronto.

Roni foi peça fundamental no cap do Tiago Nunes, chegaria apto ao esquema de jogo.

Estou achando caro os valores, mas vale a pena, Antes um Rony por 6 milhões dando retorno técnico e futuramente financeiro, do que uns Sornozas e Richards da vida.

Boa Tarde Não Usem Drogas

460 visualizações e 24 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Últimas respostas

Joaquim Teixeira #89 @nando.moura em 17/01/2020 às 21:18

E o teclado inteligente, fica salvo

Phil #1992 @phil83 em 17/01/2020 às 17:04

" "

Você disse Roni dua vezes e disse Rony duas vezes também, Ctrl+c/Ctrl+v.

Publicidade

Phil Corintiano #1.992 @phil83 em 17/01/2020 às 17:04

Você disse Roni dua vezes e disse Rony duas vezes também, Ctrl+c/Ctrl+v.

Marcello Figueiredo #17 @timao.sc em 17/01/2020 às 16:16

Depende do retorno que o cara vai dar...olha o retorno que ele deu ao athletico, dentro e fora de campo...gastar 2,5 milhões por um jogador pode sair mais caro do que pagar 30 por outro...principalmente no que um pode fazer e o outro não...mas logicamente que nada é certeza, mas estamos falando de presente..hj o Rony não nenhum pé de rato, como não era o Michael, absurdo é gastar 10 milhões por mês com jogadores que nem usa...e todo ano esse número sobe, por mais que contratos terminem outros 2,3 vem para o lugar...a gente fala de futebol, eles, diretoria, praticam outra coisa...

Alexandre Gil #3.297 @vampvampvamp em 17/01/2020 às 15:53

O Rony seria o ADC do Janderson.

Marcello Figueiredo #17 @timao.sc em 17/01/2020 às 14:01

O Rony era da base do Remo e o Cruzeiro contratou, não teve espaço, foi p Nautico e lá foi muito bem então foi p Japão, onde também foi bem...é uma aposta, mas uma aposta que pelo mesmo chegaria jogando em alto nível...

Joaquim Teixeira #89 @nando.moura em 17/01/2020 às 13:59

Tanto ele como o Michael, seriam baita reforços, não é porque se não der certo, que eu vou falar mal do cara,

Jesus #1.970 @jesuscosta em 17/01/2020 às 13:56

Repito sai do passado maluco.

Jesus #1.970 @jesuscosta em 17/01/2020 às 13:54

Sai do passado maluco kkk

Jesus #1970 @jesuscosta em 17/01/2020 às 13:52

" " Acorda meu jovem aquele futebol retranca é coisa do passado. Se quiser qualidade vai ter que botar a mão no bolso

Joaquim Teixeira #89 @nando.moura em 17/01/2020 às 13:53

É realidade sim, Corinthians disputa campeonatos na América do Sul e o Rony já se provou no Cenário nacional e continental. Você sabe muito bem que sua comparação e incomparável, uma coisa é um jogador de 30 anos que se destacou uma temporada tendo 75% de seus gols feito de pênalti, Henrique Dourado só entra em estatísticas de torcedores que acham que é só pegar números de gols frios o cara é bom ou ruim, vide Danilo Avelar Que pelos números já merecia seleção brasileira. Rony tem 24 anos ainda, sua temporada 2019 o credencia em qualquer clube brasileiro, Não só pelos gols nem pelas assistência e sim pelo geral em que produz em campo. Quer um exemplo mais compatível? Marinho Rodou pelo Brasil inteiro, foi se achar com 29 anos um baita jogador,

Jesus #1.970 @jesuscosta em 17/01/2020 às 13:52

Acorda meu jovem aquele futebol retranca é coisa do passado. Se quiser qualidade vai ter que botar a mão no bolso