Corinthians x Cruzeiro

Pelo Campeonato Brasileiro, o Corinthians vai empatando contra o Cruzeiro

Acompanhe ao vivo

Corinthians 67 x 59 Mogi Basquete - Semifinal - Paulista de Basquete 2019

Paulista de Basquete 2019 - Corinthians 67 x 59 Mogi Basquete

https://www.meutimao.com.br/jogo/04-10-2019/paulista_de_basquete_2019/corinthians-67-x-59-mogi_basquete

02:00

2019-10-04T20:00:00

Wlamir Marques

Endereço: R. São Jorge, 777, São Paulo, SP, Brasil

Corinthians 67 X 59 Mogi Basquete

Paulista de Basquete 2019
04 de outubro de 2019, 20:00
Corinthians 67 x 59 Mogi Basquete
Wlamir Marques

Sobre a Partida

Corinthians está na final do Paulista de basquete após 34 anos

Corinthians vence último jogo da semi contra o Mogi e garante vaga na final do Paulista de Basquete

A equipe de basquete do Corinthians garantiu muitas emoções para a torcida na noite dessa sexta-feira. O Corinthians recebeu o Mogi, no Ginásio Wlamir Marques, em jogo emocionante para encerrar a série de semifinais do Paulista de Basquete. O Timão venceu o adversário por 67 a 59 e garantiu vaga na final do torneio.

No primeiro jogo da série, o Corinthians acabou derrotado fora de casa, mas no segundo duelo se recuperou com o apoio da torcida. Como fez melhor campanha na fase anterior, o Corinthians teve a vantagem de decidir em casa.

Apesar do placar baixo, o jogo decisivo garantiu emoções até os segundos finais, com uma prorrogação de cinco minutos. Com a vitória, a equipe de basquete do Corinthians volta a uma final de campeonato estadual depois de 34 anos.

Quinteto inicial: Para começar o jogo da grande decisão, o treinador Bruno Savignani escalou o Timão com Fischer, Fuller, Nesbitt, Robinson e Johnson

Agenda: O Corinthians enfrenta a equipe de Franca na grande final do Paulista de Basquete. As datas dos jogos serão definidas na próxima segunda-feira.

Como foi o jogo?

Primeiro quarto – Corinthians 13 x 13 Mogi

O jogo começou muito disputado. A primeira cesta foi da equipe do Mogi, com Fuzaro, logo após a bola de Fuller não entrar. Com dois minutos de jogo, Johnson tentou a enterrada, mas a bola não entrou e sobrou com Fuzaro, que foi ao ataque e marcou mais dois pontos.

Aos três minutos, Robinson conseguiu uma cesta de três pontos e diminuiu a diferença para apenas um ponto, mas logo em seguida a equipe do Mogi conseguiu mais uma cesta. Com quatro minutos, André conseguiu mais três pontos – 3 a 9 para a equipe visitante.

Os arremessos corinthianos não estavam caindo e a equipe do Mogi era superior. Com cinco minutos de jogo, Fuzaro marcou mais três pontos, o que fez o técnico corinthiano pedir tempo. Assim que o jogo reiniciou, o Timão foi ao ataque e Nesbitt sofreu falta. Ele mesmo cobrou e converteu os dois lances.

Aos seis minutos, Nesbitt enterrou e levou a Fiel à loucura, diminuindo a vantagem adversária para quatro pontos – 7 a 11. Um minuto depois, Nesbitt conseguiu mais uma enterrada e, na jogada seguinte, mais dois pontos para empatar o jogo. No último minuto, as equipes se revezaram no ataque, com uma cesta marcada para cada lado – os dois pontos do Timão foram de Nesbitt. Faltando dois segundos, a equipe do Mogi desperdiçou dois arremessos livres. Assim, o quarto acabou em 13 a 13.

Segundo quarto – Corinthians 26 x 25 Mogi

Dessa vez a primeira cesta foi corinthiana, com Teichmann. Ainda no primeiro minuto, Fuzaro converteu um dos lances livres e diminuiu para um ponto a vantagem alvinegra. Com dois minutos, Nesbitt se livrou muito bem da marcação dentro do garrafão e, de tabela, marcou mais dois pontos – 17 a 14 para o Corinthians. O treinador adversário pediu tempo, e depois de algumas tentativas a equipe do Mogi empatou a partida com quase quatro minutos.

Fuzaro converteu um dos dois lances livres e colocou o Mogi em vantagem no placar por um ponto. Até os seis minutos, as equipes se alternaram no ataque e nenhuma cesta foi marcada, até que Nesbitt fez boa jogada e conseguiu dois pontos. Logo em seguida, no entanto, João Pedro recolocou o Mogi na frente e em seguida converteu dois lances livres – 19 a 22 para o Mogi.

Com quase oito minutos, Fischer fez boa jogada e passou para Fuller, que fez bela cesta de três e empatou a partida. Os adversários converteram mais um lance livre, mas em seguida Pecos marcou mais dois pontos e o Timão ficou na frente. João Pedro fez mais uma cesta e deu um ponto de vantagem para o Mogi, o que fez Bruno Savignani pedir tempo mais uma vez.

O jogo reiniciou e Johnson precisou de apenas uma oportunidade para colocar o Timão na frente. Nos segundo finais, os corinthianos trocaram passes no ataque e Nesbitt quase fez mais três pontos, mas a bola bateu no aro e ficou com a equipe adversária. Antes que o Mogi conseguisse criar uma jogada, o quarto chegou ao fim em 26 a 25 para o Corinthians.

Terceiro quarto – Corinthians 40 x 40 Mogi

Os dois primeiros minutos foram de boas oportunidades para as duas equipes, mas ninguém marcou. Os primeiros pontos vieram com Fuller, que converteu os dois arremessos livres. Logo depois, Fuller conseguiu mais dois pontos de tabela e garantiu três pontos de vantagem para o Timão.

A primeira cesta do Mogi foi aos três minutos, com Gruber, diminuindo a vantagem corinthiana para um ponto, mas logo em seguida Fischer marcou mais três pontos para o Corinthians. Gruber marcou mais uma vez e colocou 33 a 31 no placar – vantagem corinthiana.

Com cinco minutos, a equipe do Mogi conseguiu duas cestas de três seguidas e depois mais uma de dois pontos, virando o jogo para 33 a 39. O bom momento da equipe adversária fez Bruno Savignani pedir tempo, mas assim que o jogo voltou o Corinthians perdeu a bola e cometeu falta no ataque. O Mogi, por usa vez, desperdiçou os dois lances livres.

Com pouco mais de seis minutos, Teichmann cometeu falta e o Mogi conseguiu mais um ponto. Na jogada seguinte, Pecos marcou mais três pontos para o Corinthians, diminuindo a vantagem adversária para quatro pontos. Com quase nove minutos, Fuller marcou mais dois pontos e logo em seguida mais dois, para empatara partida em 40 a 40. Nos últimos segundos, Wesley ainda conseguiu mais três pontos, mas a cesta foi anulada porque o cronômetro já tinha estourado.

Quarto final - Corinthians 53 x 53 Mogi

Com pouco mais de um minuto, Pecos ficou coma sobra do arremesso da equipe do Mogi e foi ao ataque, mas sofreu a falta; dos dois lances livres, o corinthiano converteu um. As equipes se alternaram no ataque e a próxima cesta aconteceu com pouco mais de dois minutos de jogo, quando Pecos marcou mais dois para o Timão, fazendo o treinador adversário pedir tempo.

Assim que o jogo reiniciou, o Mogi converteu um lance livre, mas logo em seguida Teichmann marcou mais dois pontos e sofreu a falta, o que dá direito a um lance livre, que foi convertido pelo corinthiano. Aos quatro minutos, depois de muita insistência, Mogi pontuou com Gruber, mas na saída de bola Nesbitt marcou mais dois para o Timão.

Gruber conseguiu mais dois pontos, mas mais uma vez o Timão marcou logo em seguida, com Fischer – 50 a 45 para o Corinthians. Com seis minutos, Teichmann deu um toco e a equipe do Corinthians foi ao ataque, mas perdeu a bola. Na sequência, o Mogi diminuiu a vantagem corinthiana para um ponto.

Aos oito minutos, Fischer fez bela cesta de três e ampliou a vantagem do Timão para quatro pontos. Logo depois, no entanto, o Mogi diminuiu para dois. Faltando pouco mais de um minuto, Fischer cobrou dois lances livres, mas desperdiçou os dois.

Faltando 30 segundo, a equipe do Mogi empatou a partida com André - 53 a 53 - e Bruno Savignani pediu tempo. O jogo retomou, o Timão trocou passes e Wesley arremessou, mas a bola não caiu. Faltavam nove segundos e o treinador adversário pediu tempo. Sem tempo para mais nada, o quarto chegou ao fim em 53 a 53.

Prorrogação

O Corinthians iniciou a prorrogação marcando cesta de três pontos na primeira oportunidade, com Humberto. Nos minutos seguintes, o jogo foi disputado e as bolas da equipe do Mogi não caíam. Com três minutos, Pecos marcou mais três para o Timão, garantindo seis pontos de vantagem e incendiando a torcida corinthiana.

O treinador adversário pediu tempo para tentar esfriar a equipe corinthiana, mas assim que o jogo foi retomado Nesbitt converteu dois lances livres - 61 a 53 para o Corinthians. Faltando dois minutos, Fuller fez ótima jogada e tentou de tabela, a bola não caiu, mas Nesbitt estava embaixo da cesta para marcar mais dois para a equipe alvinegra.

O Mogi diminuiu a vantagem com cesta de dois pontos de André, e faltando 35 segundos Gruber marcou mais uma cesta - 63 a 59. Bruno Savignani pediu tempo para impedir uma sequência da equipe adversária e quando o jogo reiniciou Fuller converteu um dos dois lances livres. A bola seguiu com a equipe do Corinthians, Fuller sofreu nova falta e converteu os dois arremessos - 66 a 59 para o Corinthians.

Faltando 12 segundos, Nesbitt converteu um lance livre para o Corinthians. A equipe do Mogi ainda tentou mais um ataque, mas o jogo chegou ao fim com vitória corinthiana por 67 a 59.

Quem Atuou

Jogadores

  • Kyle Alejandro Fuller

    Fuller

    nota média: 8.6

    59 votos

    Pontos: 8
    Rebotes: 4
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 40m22s

  • David Ahmad Nesbitt

    Nesbitt

    nota média: 9.0

    61 votos

    Pontos: 4
    Rebotes: 8
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 38m48s

  • Ricardo Fischer

    Ricardo Fischer

    nota média: 8.1

    58 votos

    Pontos: 17
    Rebotes: 1
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 29m05s

  • Tracy Terrell Robinson

    Tracy Robinson

    nota média: 7.8

    55 votos

    Pontos: 1
    Rebotes: 4
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 26m13s

  • Arthur Pecos Fernandes da Silva

    Arthur Pecos

    nota média: 8.8

    59 votos

    Pontos: 21
    Rebotes: 4
    Assistências: 3
    Tempo em quadra: 24m44s

  • Wesley de Castro Ferreira

    Wesley

    nota média: 8.5

    57 votos

    Pontos: 16
    Rebotes: 3
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 22m41s

  • Humberto Luis Gomes da Silva

    Humberto

    nota média: 8.8

    56 votos

    Pontos: 20
    Rebotes: 2
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 15m27s

  • Guilherme Frantz Teichmann

    Teichmann

    nota média: 8.1

    54 votos

    Pontos: 7
    Rebotes: 6
    Assistências: 3
    Tempo em quadra: 14m56s

  • Anthony Laveal Johnson

    >Craque da partida

    Anthony Johnson

    nota média: 9.1

    59 votos

    Pontos: 11
    Rebotes: 4
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 13m20s

  • Felipe André Vezaro

    Felipe Vezaro

    nota média: 8.2

    56 votos

    Pontos: 1
    Rebotes: 0
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 4m17s

  • Wesley de Castro Ferreira

    Wesley

    nota média: 7.9

    56 votos

    Pontos: 0
    Rebotes: 0
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 0m00s

Técnico

Comente a partida: Corinthians 67 x 59 Mogi Basquete

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!