Corinthians 2 x 1 Assoeva - Liga Nacional de Futsal 2019

Liga Nacional de Futsal 2019 - Corinthians 2 x 1 Assoeva

https://www.meutimao.com.br/jogo/17-06-2019/liga_nacional_de_futsal_2019/corinthians-2-x-1-assoeva

02:00

2019-06-17T20:15:00

Wlamir Marques

Endereço: R. São Jorge, 777, São Paulo, SP, Brasil

Corinthians 2 X 1 Assoeva

Liga Nacional de Futsal 2019
Corinthians 2 x 1 Assoeva
Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques

Sobre a Partida

Corinthians venceu o Assoeva no Ginásio Wlamir Marques e garantiu a terceira colocação na LNF

Em jogo disputado, Corinthians supera Assoeva pela Liga Nacional de Futsal

Teve vitória corinthiana nessa segunda sim! O time de futsal do Timão entrou em quadra pela rodada adiada da terceira semana da Liga Nacional de Futsal. No Ginásio Wlamir Marques, o Corinthians superou o Assoeva por 2 a 1. Os gols corinthianos foram marcados por Matheus e Douglas Nunes.

O quinteto alvinegro foi escalado com Obina, Nenê, Douglas Nunes, Henrique e Caio. No banco de reservas o técnico corinthiano André Bie ainda tinha Matheus, Murilo, André, Café, Higor, Renatinho, Schutt, Rafa e Batalha.

A equipe visitante, por sua vez, entrou em quadra com Deividi, Boni, Vini, Torres e Marcelo Giba.

Com a vitória nessa noite e ainda com um jogo a menos, a equipe corinthiana chegou aos 22 pontos e assumiu a terceira colocação do campeonato.

Como foi o jogo?

Primeiro tempo

Mesmo antes da equipe adversária dar início à partida, já era possível ouvir a Fiel cantando em peso no Parque São Jorge para apoio a equipe em busca de mais uma vitória.

O Corinthians começou pressionando a equipe visitante em busca dos três pontos essenciais em casa e a pressão surtiu efeito logo no começo do jogo.

Até pouco mais de três minutos todo o jogo tinha acontecido no campo de ataque corinthiano, quando Douglas finalizou com força após boa troca de passes e Deividi fez boa defesa. Depois disso, a equipe do Assoeva tentou sair ao ataque, mas não conseguiu construir uma boa jogada e o Corinthians voltou ao ataque.

Com seis minutos de jogo o Timão abriu o placar. Henrique finalizou no canrto do gol sem chances de defesa para o goleiro adversário, levando a Fiel à loucura. Com oito minutos, Matheus roubou a bola no meio da quadra e avançou ao ataque, mas na hora da finalização foi travado.

Na jogada seguinte, Murilo finalizou de longe, a bola explodiu na defesa e saiu em escanteio. Na cobrança, os corinthianos fizeram uma jogada ensaiada e Murilo finalizou de longe mais uma vez, para nova intervenção do goleiro.

Com nove minutos, um raro momento de desatenção da equipe corinthiana permitiu que o Assoeva chegasse ao ataque com perigo e Marcelo ficou na cara de Obina, que fez ótima defesa e salvou Timão do empate. No contra-ataque, o Corinthians quase ampliou a vantagem, mas a finalização foi para fora.

Com 12 minutos, Obina foi novamente exigido. Os corinthianos perderam a bola no campo de ataque, Tuiu ficou com ela e finalizou de longe, para a defesa do camisa 1 do Timão. Em seguida, Henrique fez bom passe para Caio, que foi desarmado com falta. Na cobrança, nova jogada ensaiada e Batalha foi responsável pela finalização, mas mandou a bola para fora.

Aos 14 minutos, Henrique roubou a bola no ataque corinthiano e acionou Nenê, que bateu com força e viu a bola passar muito perto do gol. Na jogada seguinte, quando a falta da equipe do Assoeva foi cobrada direto no gol, o capitão Nenê bloqueou o chute, mas Henrique cometeu nova falta. Na segunda cobrança, também direta, parou em Obina.

Com 15 minutos de jogo, Henrique parou o ataque adversário com falta e foi advertido com cartão amarelo. A cobrança não levou perigo ao gol adversário e a bola saiu pela linha de fundo. No minuto seguinte, Batalha recebeu belo passe após roubada de bola no campo de ataque e finalizou para nova defesa de Deividi, que colocou a bola em escanteio.

Aos 17 minutos, Marcelo passou por Matheus, que tentou se recuperar mas cometeu a falta por trás e também foi advertido com cartão.

Intervalo com homenagem

O intervalo foi palco de um emocionante tributo no Ginásio Wlamir Marques. Roupeiro do clube nos últimos 35 anos, Ademir Rodrigues da Silva, o Mi, foi recepcionado pelos jogadores das categorias menores até o sub-20, em sua despedida do clube. O funcionário ganhou uma placa dos diretores de esportes terrestres, Carlos Henrique Ros Salas e Luiz Wagner Alcântara, e também recebeu uma camisa com seu nome dada pelos atletas da base, além de produtos licenciados do clube e da Master Materiais Escolares, patrocinadora do futsal do Alvinegro.

Segundo tempo

Novamente ao som da Fiel, a saída de bola no segundo tempo foi do Corinthians e a primeira jogada resultou em gol. Rafa passou para Nenê no campo de defesa e o camisa 7 lançou Douglas Nunes no ataque, que, mesmo caído, venceu a defesa e colocou a bola no fundo da rede ampliando o placar para o Timão. No minuto seguinte, Rafa foi ao ataque e venceu o goleiro, mas o chute saiu fraco e a defesa se recuperou tirando a bola em cima da linha.

Com cinco minutos, a equipe do Assoeva foi ao ataque com Vini, que bateu cruzado, mas a bola saiu pela linha de fundo. Na sequência da jogada, Douglas Nunes subiu ao ataque e fez belo passe para Caio, que finalizou na trave. A bola voltou em cima do Murilo, mas o jogador foi pego de surpresa e não conseguiu finalizar.

Aos oito minutos, a equipe visitante diminuiu a vantagem corinthiana. Os donos da casa foram desarmados quando iam ao ataque, Alemão foi acionado na esquerda e finalizou no contra pé de Obina. Dois minutos depois, Maninho puxou contra-ataque para a equipe visitante e acionou Torres, que finalizou com força, mas para fora.

Aos 12 minutos, Matheus foi desarmado por Torres, que ficou cara a cara com Obina. O goleiro corinthiano cresceu e fez ótima defesa, garantindo a vantagem corinthiana. Na jogada seguinte, Matheus foi pressionado por Torres na frente da grande área e o camisa 16 do Assoeva conseguiu desviar a bola em direção ao gol, mas Obina estava ligado na jogada e fez nova defesa.

Com 13 minutos, Boni tentou a finalização na entrada da área, mas Douglas Nunes se jogou na frente da bola e travou o chute. Alguns segundo depois, Vagner cobrou com força e direto uma falta perigosa e Obina foi buscar no alto. No minuto seguinte foi a vez do Timão levar perigo com Caio, que finalizou bem após o passe de Nenê, mas parou no goleiro.

Aos 16 minutos, Matheus foi lançado na área e conseguiu o domínio, mas logo o goleiro Deividi chegou na jogada e fez a defesa. Dois minutos depois, os corinthianos roubaram a bola no campo de defesa e Nenê tentou a finalização de longe já que o goleiro linha estava fora do gol, mas o jogador correu e fez a defesa. Com isso, o jogo acabou em 2 a 1 para o Timão.

Comente a partida: Corinthians 2 x 1 Assoeva

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!