Corinthians 1 x 1 Juventude - Brasileiro de Aspirantes 2020

Brasileiro de Aspirantes 2020 - Corinthians 1 x 1 Juventude

Partida de futebol entre Corinthians 1 x 1 Juventude nBrasileiro de Aspirantes 2020

https://www.meutimao.com.br/jogo/4500/brasileiro_de_aspirantes_2020/corinthians-1-x-1-juventude

02:00

2020-12-21T15:00:00

18500

Fazendinha

Endereço: Rua São Jorge, 777, São Paulo, SP, Brasil

Sobre a Partida

Corinthians leva empate do Juventude no Sub-23 e está eliminado do Brasileiro de Aspirantes

O Corinthians perdeu muitas chances de gol e ainda foi surpreendido no fim ao tomar um empate do Juventude, na tarde desta segunda-feira, no Parque São Jorge. O empate por 1 a 1, construído com tentos de Antony, para o Timão, e Nícolas, para o adversário, eliminou os alvinegros do Brasileiro de Aspirantes.

O Corinthians precisava vencer por dois gols de diferença para s classificar e esteve perto disso, mandando três bolas na trave depois de abrir o placar. Satisfeito com esse desempenho, Leivinha não usou nenhuma das substituições disponíveis até levar o empate, já no fim. Passaram na chave o próprio Juventude e o Fluminense.

Com a eliminação, o Sub-23 encerra a sua temporada 2020. A equipe, criada no ano passado, vive a expectativa pela manutenção no ano passado já que é endossada pelo presidente eleito Duílio Monteiro Alves.

Escalação

Para a partida decisiva para a sequência do Timão no campeonato, Edson leivinha escalou o Corinthians com Guilherme Vicentini; Igor Marques, Adriel, Emerson, Jonathan Lessa e Luan Vitor; Roni, Hugo, Warian, Antony e Daniel Penha.

A

Meu Timão

O Juventude, por sua vez, começou a partida com William; Correia, Pedro, Kelvin e Alessandro; Kelvi, Bruno Camilo, Gilson, Ronald e Marcos Vinícius; Gilmar.

E o jogo?

Primeiro tempo

A etapa inicial começou com os times se estudando e o jogo ficando mais travado no meio-campo. Bruno Camilo, pelo Juventude, e Hugo, pelo Corinthians, conseguiram acertar bons chutes de fora da área, mas nada tão relevante. Esse foi o cenário até os 20 minutos, quando Daniel Penha resolveu entrar no jogo.

Como Roni, claramente muito acima da média para a categoria, ficava na contenção do meio-campo e não chegava tanto ao ataque, Penha precisou sair da intermediária ofensiva, recuar um pouco e trabalhar com o companheiro para levar a bola com qualidade ao ataque.

No primeiro grande lance dos dois, saiu o gol. Luan Vitor roubou a bola no meio e ela ficou com Roni, que acionou Daniel Penha. O camisa 10 conduziu pelo meio e deu passe na direita da área para Antony. O centroavante chutou cruzado e venceu o goleiro para abrir o placar.

Cheio de confiança, Daniel acertou alguns bons lançamentos para Hugo pela esquerda, mas o ponta buscou apenas o chute de fora da área nessas oportunidades. Em um deles, boa defesa do goleiro William e escanteio.

O próprio Penha foi para a batida, a zaga desviou e Adriel dominou livre na segunda trave. O zagueiro chutou rasteiro, no canto, mas acabou carimbando a trave adversária, para lamentação total dos jogadores. O placar seguiu na diferença mínima para o intervalo.

Segundo tempo

O segundo tempo começou da mesma maneira que terminou o primeiro, com o Timão ocupando o campo de ataque. Aos sete minutos, Roni recebeu na meia direita e fez bela inversão para Hugo. O zagueiro tentou cortar, mas não alcançou a bola. O atacante, então, matou no peito e bateu cruzado, forte. O goleiro William desviou e ela explodiu na trave.

Os donos da casa seguiram em cima do adversário por mais dez minutos, apostando em inversões de bola e cruzamentos para vencer a defesa dos gaúchos. Daniel Penha, após receber na meia-lua, levou perigo ao chutar por cima do gol.

O Timão sofreu um grande susto aos 24, quando Nícolas roubou bola de Emerson e, cara a cara com Guilherme, tocou para fora. Na resposta, Antony foi lançado e ganhou do goleiro. O atacante driblou o arqueiro duas vezes e chutou, mas o zagueiro Kelvin já havia voltado a tempo de cortar na pequena área.

A melhor chance veio aos 35, quando Daniel Penha recebeu pela direita e cortou para o meio, limpando dois adversários, antes de achar Hugo. O ponta parou no goleiro e Antony, no rebote, carimbou o travessão. Roni ainda finalizou na entrada da área, mas William conseguiu encaixar.

Mesmo com a necessidade de fazer um gol para se classificar, o técnico Edson Leivinha não promoveu alterações na equipe, mantendo os três zagueiros e dois volantes até que Nícolas aproveitou rápido contra-ataque do Juventude. Gilmar chutou para a área, Guilherme espalmou e ele mandou para a rede.

Leivinha, com pouquíssimo tempo pela frente, mandou a campo os meias Yuri e Dimitri, mas ambos praticamente nem pegaram na bola.

E mais: um dos poucos destaques do Sub-23 revelou parceria e até aposta com Otero e Cazares

Ficha técnica de Corinthians 1 x 1 Juventude

Competição: Campeonato Brasileiro de Aspirantes
Local: Estádio Alfredo Schürig, São Paulo, SP
Data: 21 de dezembro de 2020 (segunda-feira)
Horário: 15h00 (de Brasília)
Árbitro: Rafael Gomes Felix da Silva
Assistentes: Fabio Rogerio Baesteiro e Leonardo Tadeu Pedro
Gols: Antony (Corinthians); Nicolas (Juventude)
Cartões amarelos: Igor Marques, Emerson e Antony (Corinthians); William (Juventude)

CORINTHIANS: Guilherme Vicentini; Igor Marques, Adriel, Emerson (Yuri Souza), Jonathan Lessa, Luan Vitor (Dimitri), Warian (Gildomar), Hugo Borges, Daniel dos Santos, Antony e Roni.
Técnico: Edson Leivinha

JUVENTUDE: William; Correia (Leonardo), Pedro, Kelvin e Kelvi; Alessandro (Eduardo), Gilson (Nicolas) e Bruno Camilo (Moisés); Gilmar, Ronald (Demethryus) e Marcos Vinícius.
Técnico: Roberto Maschio

Comente a partida: Corinthians 1 x 1 Juventude

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

x