Guilherme diz que fica na Portuguesa e puxa orelha de empresário

Guilherme diz que fica na Portuguesa e puxa orelha de empresário

O futebol brasileiro acompanha mais uma novela neste final de ano. Enquanto os dirigentes corintianos prometem aumentar a proposta para ter o volante Guilherme, a diretoria da Portuguesa rechaça a ideia de perdê-lo. Nesta segunda-feira, dia de reapresentação no Canindé, o jogador deu sua versão destes capítulos.


?Estou focado para jogar na Portuguesa. Se acontecer alguma transferência, agora ou no ano que vem tudo bem, mas agora meu foco é aqui na Portuguesa. Essa questão de negociação deixo na mão de Deus, se ele achar que é hora de sair eu saio mas se ficar aqui vou ser o mesmo Guilherme de sempre?, ressaltou o volante.

Perguntado sobre o seu salário que, segundo seu empresário é valor de categoria de base, o volante foi enfático em sua resposta. ?Não é valor de categoria de base, recebo aquilo que foi acordado e que eu merecia quando assinei. Lógico que, após essa conquista, a Portuguesa vai me valorizar. Foi um exagero o que o Vágner falou sobre meu salário?, respondeu Guilherme.

Já sobre sua titularidade, o jogador foi bem rápido e direto em sua resposta. ?Aqui ou em qualquer outro lugar não terei titularidade garantida. Futebol é muito dinâmico, hoje estou bem, mas amanhã posso não estar mais e aí ser retirado do time. Vou sempre buscar meu espaço e nunca posso achar que sou titular absoluto e relaxar nos treinos e jogos. O torcedor da Portuguesa pode ter certeza que serei o mesmo jogador em 2012 que fui em 2011, guerreiro, lutador e com vontade de ganhar sempre. Para mim, não existe esse negócio de corpo mole?, garantiu um dos destaques da rubro verde na temporada de 2011.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Guilherme Siqueira foi contratado pelo Atlético de Madrid em 2014

    Ex-Atlético de Madrid, lateral ítalo-brasileiro é sondado pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • O diário da invasão -  Cinco anos de um feito histórico

    [Rafael Castilho] O diário da invasão - Cinco anos de um feito histórico

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes