No Timão, ordem é ganhar o Paulista para embalar na Libertadores

No Timão, ordem é ganhar o Paulista para embalar na Libertadores

Preservar os jogadores para ter força máxima na Libertadores. Este é o pensamento de muitos torcedores, mas os resultados nem sempre confirmam a tese. No século XXI, o futebol paulista conquistou duas vezes a América, com o São Paulo em 2005 e com o Santos em 2011. E, nas duas ocasiões, eles foram campeões estaduais. Desta maneira, fica no ar uma grande questão: valorizar ou não a competição?

Para o técnico Tite, o torneio regional serve para embalar a equipe. 'O Paulista serve não só como confiança, mas como termômetro para o time. Dá uma segurança aos jogadores. Acredito nisso. Quando fui campeão da Copa do Brasil, em 2001, com o Grêmio foi depois de ter conquistado o Estadual. Isso ajuda', afirmou o técnico em conversa com o MARCA BRASIL.

São Paulo e Santos conquistaram o Paulistão de forma diferente. Em uma competição de pontos corridos, o São Paulo aproveitou o campeonato para entrosar seu time titular. Campeão, o grupo se fortaleceu para conquistar a Libertadores. Já o Santos, começou mesclando os jogadores mas, na reta final, escalou o time titular para não perder o ritmo, mesmo com o desgaste. A expectativa corintiana é conseguir este sucesso para evitar mais pressão na Libertadores.

'Também existe este outro lado também. Se você não vai bem na competição, a perna pode pesar mais e tremer', salientou o comandante.

Alguns jogadores ainda pensam na conquista do Paulistão para completar o currículo. 'Eu gostaria de vencer, pois nunca ganhei esta competição', afirmou Emerson Sheik, que não esconde a necessidade de embalar no Estadual para a Libertadores. 'Tem que ir por etapas. Agora, estamos com o pensamento em chegar em forma o mais rápido possível. Depois, tem o Paulistão que serve para pegar ritmo para a Libertadores', definiu.

Reportagem de Felipe Piccoli e André Pires

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebeu 42.075 pagantes nesta tarde de sábado

    Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Balbuena está fora do confronto de quarta-feira

    Balbuena leva terceiro amarelo, e Corinthians enfrentará Chape com zaga de jovens da base

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes