Corinthians vibra com invasão da torcida no Paraguai. A expectativa é de 21 mil pagantes

Corinthians vibra com invasão da torcida no Paraguai. A expectativa é de 21 mil pagantes

Invasão do Corinthians no Maracanã em 1976

Invasão do Corinthians no Maracanã em 1976

O dia 5 de dezembro de 1976 entrou para a história do futebol como a data em que a Fiel torcida invadiu o Maracanã. Milhares de corintianos foram apoiar o time diante do Fluminense, mesmo fora de casa. Na intenção de promover 'la invasión' corintiana no Paraguai, a Fiel já comprou cerca de 14 mil ingressos para o duelo. A presença em massa anima os jogadores do Timão.

'É bom estar em maior número, mas ela sempre está presente. É bacana saber que tem um grupo que acompanha, mas jogamos fora. Torcemos para que a torcida compareça em massa pois o acesso é mais fácil', ressaltou Emerson Sheik durante o embarque.

Como Ciudad del Este fica na fronteira do Paraguai com o Brasil, a presença de corintianos será facilitada. Dos quatro setores do estádio 3 de Febrero, que tem capacidade para 28 mil pessoas, três estão destinados aos brasileiros. A expectativa é de 21 mil pagantes.

Esta força das arquibancadas é vista por Tite como um importante ponto de apoio.

'Temos de ter uma maturidade para jogar dentro ou fora de casa. A torcida pode participar, mas a essência é dentro de campo. Primeiro o time tem que jogar, pois a torcida não vai entrar em campo. Ela pode participar em um momento emocionalmente importante, mas o que resolve é dentro de campo', ressaltou o técnico.

E esta importância dos jogadores ditarem o ritmo já foi repassada pelo treinador ao grupo. Ralf embarcou com o mesmo discurso.

'A torcida ajuda um pouco, mas quem vai fazer a diferença somos nós dentro de campo', afirmou o volante, que lembrou do apoio incondicional durante os 90 minutos.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Minds Idiomas segue na manga da camisa corinthiana em 2018

    Com até bolsa de estudos a jogadores, Corinthians renova com patrocinador para manga da camisa

    ver detalhes
  • Renê Júnior, Zé Rafael e Juninho Capixaba: Corinthians de olho em trio do Bahia

    Novo presidente do Bahia é eleito, e Corinthians deve definir ao menos três negociações

    ver detalhes
  • Ronaldo não tem interesse em trabalhar com futebol no Brasil

    Ronaldo admite apoio a Andrés, mas nega vontade de assumir cargo no Corinthians

    ver detalhes
  • Meia pode ser envolvido em troca por jogadores do atual plantel alvinegro

    Segundo jornalista, Corinthians lidera briga com rivais paulistas por meia do Fluminense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes