Político, Tite diz que vantagem é relativa

Político, Tite diz que vantagem é relativa

177 visualizações 2 comentários Comunicar erro

Apesar da vantagem na fase decisiva do Paulistão, conquistada com a liderança na primeira fase do torneio após a vitória por 2 a 1 contra a Ponte Preta, Tite não vê o Corinthians como favorito para a disputa das quartas de final, justamente contra a Macaca, por ter a condição de decidir no Pacaembu. E ainda: o treinador corintiano garante que preferiria ter ‘fugido’ da Ponte na próxima fase do Estadual.

'É uma vantagem (jogar em casa), mas é pequena. Não queria enfrentar a Ponte pela técnica e organização. São 90 minutos decisivos, tem de jogar muito. Não tem jogo fácil, não é jogo de ida e volta. Quantos jogos da Copa do Brasil você vê surpresa, grandes sendo eliminados, e são dois jogos? Precisa jogar muito. A Ponte tem qualidade técnica individual, com Roger, dois armadores. Tem o William Magrão, que quase foi contratado por nós, Lauro que foi campeão comigo vencendo o Boca, de Riquelme e companhia. O jogo será difícil', disse o treinador, ainda no vestiário do Moisés Lucarelli, ciente de que precisará esperar até amanhã, data do sorteio na Federação, para saber o dia e o horário do duelo.

'Favoritismo todas as equipes grandes têm, mas não ganha, não entra em campo. Temos de pensar com a nossa cabeça', prosseguiu o treinador, que deixou a cidade de Campinas ciente que somente metade de sua meta traçada para a fase prévia das competições que disputa, foi cumprida.

Para o grupo resta ainda a primeira colocação geral da Libertadores. Para tal, o Timão precisa vencer o Deportivo Táchira, quarta, no Pacaembu, pela última rodada da fase inicial, e torcer por tropeços de rivais. 'Certeza que vamos chegar na final das duas competições', profetizou Douglas.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Gustavinho é arma do Corinthians para surpreender São José e abrir margem pelo título

    Corinthians visita o São José pelo jogo três das finais da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Léo Príncipe esteve perto de acertar com Vitória de Setúbal, de Portugal

    Portugueses desistem de empréstimo e adiam saída de Léo Príncipe do Corinthians

    ver detalhes
  • Marcello Deverlan (à esq.) durante treino com profissionais no CT Joaquim Grava

    De contrato renovado, zagueiro da base do Corinthians obtém cidadania portuguesa

    ver detalhes
  • Danilo Avelar realizou exames na tarde desta terça-feira em São Paulo

    Danilo Avelar é aprovado em exames e já fala como reforço do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes