Seleção do Paulistão numa rodada com resultados surpreendentes

Seleção do Paulistão numa rodada com resultados surpreendentes

Seleção do Paulistão numa rodada com resultados surpreendentes

Seleção do Paulistão numa rodada com resultados surpreendentes

' Se não houve surpresas entre os classificados para as semifinais do Campeonato Paulista, a verdade é que todos os quatro jogos surpreenderam por seus resultados. Sábado, por exemplo, o Santos quase foi vítima do esdrúxulo regulamento, que marca apenas um jogo e empurra a decisão para os pênaltis.

Ainda no sábado, o Mogi Mirim também surpreendeu não pela vitória sobre o Botafogo, mas pelos seis gols marcados, que fizeram deste placar o mais elástico do Paulistão Chevrolet. Antes era de Corinthians 5 x 0 Oeste.

No domingo, o Corinthians passeou em Campinas, diante de uma Ponte Preta apática, 'amarelada'. Depois o São Paulo suou sangue para vencer o Penapolense, por apenas 1 a 0, com um gol contra.

Sinal de que as semifinais e finais serão ainda mais emocionantes. Vão ter São Paulo x Corinthians no Morumbi e Mogi e Santos, no Interior. Sobrou de outro lado os dois jogos do Torneio do Interior: Ponte Preta x Linense e Botafogo x Penapolense.

Confira a Seleção Futebol Interior das quartas-de-final do Paulistão Chevrolet:

Bruno (Palmeiras);

Douglas (São Paulo); Tiago Alves (Mogi), Paulo André (Corinthians) e Léo (Santos);

Fernando (Penapolense); Cícero (Santos), Roger (Mogi) e Émerson (Corinthians);

Henrique (Mogi) e Guerrero (Corinthians).

Técnico ?' Tite (Corinthians).

Goleiro: Bruno (Palmeiras)
O Santos poderia ter aplicado uma goleada no Palmeiras se não fosse Bruno. Mesmo entrando em uma fria - substituindo Fernando Prass, lesionado -, o goleiro deu conta do recado e fez pelo menos quatro grandes defesas, sendo três delas cara a cara com Neymar. Não teve culpa no gol marcado por Cícero, mesmo porque foi atrapalhado pelo zagueiro Maurício Ramos. É importante destacar também a grande atuação do veterano Rogério Ceni, que fez defesas pontuais que garantiram a vaga do são Paulo nas semifinais.

Lateral-direito: Douglas (São Paulo)
O São Paulo não vinha bem no jogo contra o Penapolense e criava muito pouco. Com Paulo Miranda jogando improvisado na lateral, o Tricolor não tinha saída de bola e o técnico Ney Franco conseguiu encontrar uma solução com a entrada de Douglas. O lateral deu nova movimentação ao time do Morumbi, que passou a criar boas jogadas e conseguiu abrir o placar e garantir a classificação.

Zagueiro: Tiago Alves (Mogi Mirim)
além de ser um excelente marcador, voluntarioso, que não perde viagem e não tem preguiça de ir e voltar, ainda vai bem no ataque. Tanto que abriu o placar e o caminho para a goleada do sapão sobre o desfigurado Botafogo.

Zagueiro: Paulo André (Corinthians)
Tem atuado com uma tranqüilidade absurda, mostrando muita consciência na marcação e ajudando seu companheiros no posicionamento defensivo. É referência na defesa, o que fortalece o esquema tático armado por Tite.

Lateral-esquerdo: Léo (Santos)
Em alguns momentos é bastante criticado pela torcida, principalmente pela sua idade avançada, mas compensa os defeitos com muita vontade e superação. Contra o Palmeiras praticamente não apareceu na frente, pois estava muito mais preocupado com a marcação. E lá atrás fez um 'gol'. Leandro saiu na cara de Rafael e na hora da finalização foi travado de forma brilhante por Léo.

Volante: Fernando (Penapolense)
Mostrou ser um gato de sete vidas. Jamais desistir de correr, de marcar e de lutar. Um exemplo para seu time, que foi valente e só perdeu para o São Paulo num lance casual, com um gol contra.

Meia: Roger (Mogi Mirim)
Daria para colocar quase todo o time do Mogi Mirim na seleção da rodada depois da grande atuação contra o Botafogo, mas apenas os principais destaques poderão entrar. Roger comandou o meio-campo neste sábado e infernizou os marcadores adversários, tanto que foi o responsável pela expulsão do zagueiro Cris no pênalti desperdiçado por Roni. Apesar de não ter feito seu gol, merece lugar nos 11 melhores das quartas de final.

Meia: Émerson (Corinthians)
Quando o Sheik quer jogar, não tem para ninguém. Ele chama a responsabilidade para si, pega a bola, pisa nela, vira o jogo, faz o passe certo e puxa os companheiros para o ataque. É mesmo um jogador talhado para grandes jogos, como foi este em campinas. O Timão, com inteligência, aniquilou a Ponte Preta.

Meia: Cícero (Santos)
Pelo menos por enquanto é a grande contratação do Santos para a temporada. Depois de não ter sido muito aproveitado no São Paulo, chegou na Vila Belmiro sob certa desconfiança, mas vem sendo um dos principais jogadores do time. Tem liberdade para atacar no meio-campo, tanto que deixou Neymar duas vezes na cara do gol. Mostrando oportunismo, abriu o placar ao desviar chute cruzado do atacante.

Atacante: Guerrero (Corinthians)
É mesmo um atacante cirúrgico, que aparece nos momentos certos para resolver lá na frente. Tanto que chutou de longe no primeiro gol, obrigando o rebote de Edson Bastos. Depois cobrou o pênalti com tranqüilidade e confirmou a vantagem corintiana em Campinas, com seu terceiro gol.

Atacante: Henrique (Mogi Mirim)
É aquele atacante que não tem muita qualidade, tanto que em algumas oportunidades foi chamado de 'caneleiro' pelos torcedores, mas sempre está no momento certo. E sábado, contra o Botafogo, não foi diferente. Marcou três gols, sendo dois deles de camisa 9. Já o terceiro é digno de aplausos. Recebeu fora da área e soltou a bomba no ângulo de Rafael Santos.

Técnico: Tite (Corinthians)
Tem o controle absoluto sobre o seu time. Tanto que antes mesmo do jogo avisou que o Corinthians poderia jogar em alto nível tanto neste jogo em Campinas, como diante do Boca Juniors, quarta-feira, em Buenos Aires, pela Taça Libertadores. E tem tanto prestígio com seu elenco, que ninguém reclama de ficar no banco, até mesmo o badalado Pato, que entrou no final para marcar um golaço.

A rodada também mostrou o Mogi Mirim diferente e arrojado sob o comando do jovem Dado Cavalcanti. E o Penapolense deu um 'calor' no São Paulo, graças à competência do técnico Pintado.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Timão venceu rival brasileiro em Orlando e carimbou classificação à final da Florida Cup Playoff

    Em noite de estreias e gol de Kazim, Corinthians goleia o Vasco na Florida Cup

    ver detalhes
  • Craque da partida, Kazim marcou um gol e deu uma assistência em apenas 45 minutos; Cristian foi abaixo

    Time reserva supera titular em notas da partida

    ver detalhes
  • Carille já foi avisado que Fagner e Rodriguinho podem ser convocados

    Além de Fagner, meia do Corinthians pode ser chamado por Tite para a Seleção Brasileira

    ver detalhes
  • Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    [Marco Bello] Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes