Fla "empurra" Ibson para o Corinthians e evita prejuízo de R$ 11 milhões

Fla "empurra" Ibson para o Corinthians e evita prejuízo de R$ 11 milhões

Fla "empurra" Ibson para o Corinthians e evita prejuízo de R$ 11 milhões

Fla "empurra" Ibson para o Corinthians e evita prejuízo de R$ 11 milhões

Por Pedro Ivo Almeida
Do UOL, no Rio de Janeiro


Desgastada desde o início do ano, a relação entre Flamengo e Ibson foi rompida na última segunda-feira. Incomodado com o alto custo do jogador, o clube já havia definido dispensar o meia e, após algumas semanas de tratativas, finalmente chegou a um acordo para rescindir o contrato que iria até 2015 e abrir as portas para uma transferência do atleta para o Corinthians.

Ao 'empurrar' Ibson para o clube paulista, o Flamengo viu seu objetivo praticamente alcançado. Sempre preocupado em conter os gastos na folha do futebol, o clube rubro-negro evitou um prejuízo de aproximadamente R$ 11 milhões que poderia ter em caso de não conseguir negociar o jogador.

 'Se não conseguirmos colocá-lo em outro clube, vamos amargar um prejuízo. Teremos que honrar tudo até o fim do contrato', disse o vice-presidente de futebol do Flamengo, Wallim Vasconcellos, há duas semanas.

O problema de Wallim, porém, foi resolvido. Dos R$ 14 milhões que teria que gastar com Ibson em salários até dezembro de 2015 (fim do contrato), o Flamengo acordou de pagar apenas R$ 3 milhões para assinar a rescisão.

Na noite da última segunda-feira, o empresário do jogador, Eduardo Uram, evitou confirmar detalhes sobre valores, mas confirmou que a rescisão não seria boa para Ibson no aspecto financeiro.

'A operação não é vantajosa financeiramente para ele. Seja para qual clube for, ele vai perder dinheiro. Para ele, o mais lucrativo é "deitar" no contrato que ainda tinha com o Flamengo, e isso ele não está fazendo', ressaltou o representante do meia.

Wallim Vasconcellos também não quis falar de valores, mas assumiu que o Flamengo acabou levando vantagem ao fim da negociação.

'Foi um acerto amigável e bom no aspecto financeiro. Nós fizemos a rescisão e ele pode acertar com um novo clube e jogar. Afinal, era isso que ambas as partes queriam. Vamos formalizar a rescisão e cumprir tudo o que foi combinado', disse o vice de futebol rubro-negro.

Direitos de imagem quitados

Além de acertar o pagamento de aproximadamente R$ 3 milhões ao rescindir, evitando um gasto que poderia ser de até R$ 14 milhões, o Flamengo se comprometeu a quitar a dívida de cerca de R$ 1,6 milhão que tem com Ibson por conta dos oito meses de atraso de direitos de imagem.

Contratado há exatamente um ano pela então presidente Patricia Amorim, Ibson retornou ao Flamengo com status de craque e principal reforço para o Campeonato Brasileiro de 2012. Por conta disso, tinha vencimentos mensais de R$ 450 mil. O valor era considerado caro pela nova diretoria e acabou determinando sua saída do clube.

Em um ano, Ibson não justificou a aposta de Patricia e deu argumentos de sobra para respaldar a decisão da diretoria atual. O meia disputou 47 partidas, marcou apenas dois gols, ficou aquém das expectativas e não justificou o altíssimo salário.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Gaviões da Fiel foi a primeira das torcidas a chegar no Pacaembu neste domingo

    Organizadas chegam ao Pacaembu para ato em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes