Tite perde três por cansaço e físico do Corinthians preocupa após `maratona"

Tite perde três por cansaço e físico do Corinthians preocupa após `maratona"

Tite perde três por cansaço e físico do Corinthians preocupa após `maratona'

Tite perde três por cansaço e físico do Corinthians preocupa após `maratona'

Luiz Paulo Montes
Do UOL, em São Paulo

O empate por 1 a 1 contra o Botafogo, na noite deste sábado, deixou marcar para o técnico Tite, do Corinthians. Ainda no intervalo, o comandante se viu obrigado a substituir Danilo e Paolo Guerrero, que alegaram problemas físicos e pediram para nem voltarem ao gramado. Na reta final do segundo tempo, o zagueiro Paulo André foi quem pediu para sair, com dores na perna.

A situação do trio expõe um problema que começou a preocupar Tite: o físico. Depois de uma `maratona', mental inclusive, o comandante mostrou-se pensativo quanto à situação de seus atletas, que enfrentaram duas decisões em poucos dias: o jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, contra o Boca, e a final do Paulista, contra o Santos, na Vila Belmiro.

'Toda a nossa equipe, de maneira geral, sentiu a intensidade. A equipe toda esteve abaixo. O conjunto sentiu. Em uma quarta-feira, teve de buscar uma classificação contra o Boca, correu atrás até o último minuto. Depois teve o Santos, e eu já tive que começar a mexer com 15 minutos. É um momento de retomada, vamos ter que pensar. Todo o combustível reserva a gente esgotou, e não tivemos tempo suficiente para recuperar', afirmou o técnico, que completou 52 anos neste sábado.

Na próxima quarta-feira, a equipe já tem nova partida pelo Brasileirão, pela segunda rodada da competição nacional, contra o Goiás, fora de casa.  Embora ainda não consiga ter 100% de certeza, Tite já se prepara para ter de preservar alguns de seus jogadores. Para isso, terá uma conversa com o preparador físico Fabio Masheredjan.

'Agora vamos sentar, avaliar e devemos resguardar alguns. Eu e o Fábio temos um entrosamento grande neste sentido. O conjunto sentiu o cansaço. Quando não está fisicamente no teu melhor, perde-se na qualidade do passe. ', completou o técnico, explicando o excesso de erros da equipe contra o Botafogo.

Ao todo, o Corinthians fez 31 jogos oficiais na temporada até o momento (23 pelo Paulistão e oito pela Libertadores da América, em quatro meses desde que os torneios começaram). A sequência de partidas continuará somente até o dia 8 de junho, contra a Portuguesa, no Pacaembu. O Brasileirão sofrerá uma pausa para a Copa das Confederações, que termina em 30 de junho. A tendência é que os atletas ganhem alguns dias de folga e se reapresentem renovados para o restante da temporada. O time só volta a campo no dia 7 de julho, fora de casa, contra o Bahia.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Oswaldo comandou atividades desta segunda-feira

    Oswaldo esboça Corinthians para duelo com Cruzeiro; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes
  • Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes