Corinthians encerra negociações por lateral-direito do futebol italiano

Corinthians encerra negociações por lateral-direito do futebol italiano

Rômulo, lateral-direito da Fiorentina, era de interesse do Corinthians

Rômulo, lateral-direito da Fiorentina, era de interesse do Corinthians

O Corinthians tentava de todos os modos a contratação do lateral-direito Rômulo, que está na Fiorentina, mas depois de muita conversa, a Fiorentina não aceitou o negócio e com o fechamento da janela de transferência, o jogador ficará no clube italiano até o final de 2015.

Entre o Corinthians e Rômulo estava tudo acertado, mas a Fiorentina não queria emprestar o jogador, apenas negociá-lo. O valor da multa rescisória, pedido pela Fiorentina, é de cinco milhões de euros, mesmo muitos sites especializados do futebol italiano achando o valor exagerado.

Revelado pelo Santo André, ganhando destaque na final do Paulista, contra o Santos, com passagens por Cruzeiro e Atlético-PR, está na Fiorentina e foi oferecido ao Corinthians no final de junho. Avaliado pela comissão técnica durante o período, as partes chegaram num acordo, mas o clube italiano não liberou o jogador.

Ele chegaria para vaga de Alessandro, que deve se aposentar no final deste ano e já perdeu a posição de titular para Edenilson.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    ver detalhes
  • Pedrinho aproveitou oportunidade e foi bastante elogiado por atuação contra o Red Bull

    Xodó da Fiel, Pedrinho já é quem mais driblou do Corinthians no Paulistão

    ver detalhes
  • Peruano Cueva, convocado, será desfalque diante do Timão

    São Paulo deve ganhar trio de reforços titular contra Corinthians

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians pode ultrapassar valor de R$ 100 milhões em 2017

    Camisa do Corinthians valerá R$ 100 milhões em 2017, promete diretor de marketing

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes