Presidente da CBF garante que não será candidato em 2014

Presidente da CBF garante que não será candidato em 2014

Presidente da CBF garante que não será candidato em 2014

Presidente da CBF garante que não será candidato em 2014

Rio de Janeiro, RJ, 11 (AFI) - Adorado por uns, odiado por outros, José Maria Marín, presidente da CBF, não tem todas Federações à seu favor. Mas, em 2014, tudo será diferente. Em entrevista, ele garantiu que não será candidato à presidência e acredita que Andres Sanches e Luiz Zveiter são fortes para estar no seu lugar.

'Vejo de forma muito positiva e normal o aparecimento dos nomes de Sanches e Zveiter. Vou apresentar quem eu apoio no momento certo, quando formos tratar de eleições. Claro que gostaria de ver a continuidade do nosso trabalho, e vamos apoiar alguém que siga as nossas diretrizes, alguém que tenha esse compromisso. Mas eu não serei mesmo candidato', comentou o presidente aos jornalistas Petterson Rodrigues e Vitor Geron do GloboEsporte.com.

Em relação a sua gestão, o presidente garantiu ter feito um bom trabalho e se diz vitorioso no comando da mais importante entidade do futebol brasileiro. 'No campo esportivo, acredito que sou um vitorioso. Enfrentamos as maiores seleções do mundo e vencemos algumas que há tempos não vencíamos. Mas as nossas conquistas não se resumem apenas aos jogos ou à Copa das Confederações. Preocupo-me a médio e longo prazo. Preocupo-me seriamente com a Olimpíadas de 2016', explicou o dirigente, que garantiu o título olímpico no Rio de Janeiro.

'Ele está realizando um trabalho maravilhoso nas equipes de base, e tenho certeza absoluta de que vamos conquistar o único título que ainda não temos. Em 2016 não estarei mais na presidência, mas vou ver a alegria de o Brasil ser campeão olímpico de futebol', finalizou Marín, que sairá da presidência, em 2014.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes