Terceira opção de Tite, Paulo André revela passado como centroavante

Terceira opção de Tite, Paulo André revela passado como centroavante

Terceira opção de Tite, Paulo André revela passado como centroavante

Terceira opção de Tite, Paulo André revela passado como centroavante

por Gustavo Franceschini
Do UOL, em São Paulo


Sem Pato, Guerrero e Emerson, Tite apelou e mandou o zagueiro para a área. Terceira opção de Tite para o ataque, Paulo André relembrou seu passado como centroavante improvisado, embora tenha avisado que falta alguma prática para jogar naquela região.

'Não tenho intimidade nenhuma. No rachão eu sou o centroavante, costumo fazer gol, principalmente quando sobra aquela bola ali no rebote do goleiro. Na França, algumas vezes fui jogar de atacante. Era a mesma situação, com o time precisando se impor dentro da área. Não fiz gol, mas consegui ajudar', disse o zagueiro.

Paulo André foi para o ataque pela falta de opções da equipe. Pato e Guerrero, especialistas na função, estão a serviço de suas seleções. Emerson, que faria a função com mais naturalidade, estava suspenso no 0 a 0 contra o Náutico. Diante disso, o técnico Tite já tinha antecipado o zagueiro como opção.

'Na semana passada o Tite me chamou e disse que a gente está com dificuldade de jogar sem referência. E ele disse: 'Vou começar com o Romarinho, depois uso o Danilo e minha última opção vai ser você'. Tive a chance no chute, a chance de cabeceio, que para mim foi a melhor. Consegui ajeitar uma bola para o Romário. Tentei fazer o que eu pude', disse Paulo André.

A estratégia surpreendeu os torcedores, mas não surtiu efeito. Com o empate sem gols, o Corinthians terminou o primeiro turno na quinta colocação, com 30 pontos, a dez do líder Cruzeiro. Ao analisar o desempenho, Paulo André concorda com os críticos sobre o principal problema do time.

'A gente tem tido muita dificuldade na criação, e aí não estou direcionando com Danilo e Douglas. Os times marcam os laterais, os volantes e os meias, e a bola fica comigo e com o Gil para iniciar a jogada. Nós temos de ter melhor passe, movimentação dos atacantes tem de ser melhor, visão de jogo dos meias tem de ser melhor. O sistema todo tem de melhorar', resumiu o jogador.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Corinthians tem missão complicada por vaga na Libertadores

    Resultado da Copa do Brasil complica ainda mais situação do Corinthians rumo à Libertadores

    ver detalhes
  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Com Luan 'impossível', Timão deve voltar ao mercado para analisar outras opções à defesa

    Sem campeão olímpico, Corinthians monitora novas opções para zaga

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes