Corinthians pede liberação de Guerrero da seleção peruana

Corinthians pede liberação de Guerrero da seleção peruana

Corinthians pede liberação de Guerrero da seleção peruana

Corinthians pede liberação de Guerrero da seleção peruana

Lucas Tieppo
Do UOL, em São Paulo


O Corinthians enviou um pedido para a Federação Peruana de Futebol pela dispensa do atacante Paolo Guerrero da convocação realizada no início da semana para dois jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2014.

O jogador corintiano foi convocado para as partidas contra Argentina, dia 11 de outubro, e contra a Bolívia, no dia 15.

Como o Peru já não tem mais chances de classificação para o Mundial do Brasil e o atacante seria desfalque em três rodadas do Brasileirão, o clube preferiu pedir a dispensa do jogador. Ainda não há prazo para que a federação responda.

Caso Guerrero não seja liberada, o técnico Tite terá o importante desfalque nas partidas contra Atlético-PR, no clássico contra o São Paulo, e contra o Grêmio. No total, o peruano já foi desfalque em oito das 23 rodadas do Brasileirão por conta de jogos da seleção do seu país.

O treinador já não poderá contar com Alexandre Pato, convocado para a seleção brasileira para os amistosos contra Coreia do Sul e Zâmbia, nos dias 12 e 15 do mês que vem, respectivamente.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Carille teve problemas para testar elenco nesta quarta; Arana e Léo Santos se ausentaram

    Bruxa solta! Treino do Corinthians é marcado por ausências, sustos e dúvidas

    ver detalhes
  • Dono de cinco gols em 2017, Romero está convocado pela seleção paraguaia

    Noiva de Romero vaza convocação de paraguaios do Corinthians; veja documento

    ver detalhes
  • Emerson Santos assinou pré-contrato com o Palmeiras

    Emerson Santos custaria R$ 20 milhões ao Corinthians em cinco anos; entenda o valor

    ver detalhes
  • Jadson treinou de colete, como coringa, na terça-feira

    Corinthians pode deixar Jadson fora contra o Vitória; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes