Mesmo mais decisivo, Pato é preterido por improviso no ataque

Mesmo mais decisivo, Pato é preterido por improviso no ataque

Mesmo mais decisivo, Pato é preterido por improviso no ataque

Mesmo mais decisivo, Pato é preterido por improviso no ataque

Alexandre Pato custou R$ 40 milhões ao Corinthians após a conquista do título Mundial, no fim do ano passado, e começou 2013 como grande aposta do futebol brasileiro, após Neymar. Hoje, vive péssimo momento no Corinthians, destacou-se negativamente durante a crise no Brasileirão e a eliminação na Copa do Brasil, mas tem em suas atuações a prova de que foi, nos últimos tempos, o jogador mais decisivo para o Corinthians. Mesmo assim, agora ele é preterido pelo improviso de Renato Augusto como centroavante na avaliação do técnico Tite.

Neste domingo, o Corinthians joga contra o Vitória, no Barradão, e não terá um centroavante de ofício. Assim como no empate por 1 a 1 contra o Santos, o meia Renato Augusto fará a função. O time que entrará em campo em Salvador terá Walter, Edenílson, Gil, Paulo André e Alessandro; Ralf e Guilherme; Romarinho, Douglas e Emerson; Renato Augusto.

Há um mês, Pato foi convocado por Luiz Felipe Scolari para a seleção brasileira. Às vésperas da Copa do Mundo de 2014, o atacante ainda é lembrado e considerado um dos melhores brasileiros que atuam na posição, mas segue em mau momento no Corinthians. Mesmo com um centroavante que foi responsável por alguns dos resultados positivos do Brasileirão, Tite prefere mantê-lo no banco.

Em 2013, Pato marcou os gols das vitórias sobre Vitória (2 a 0, em 11 de agosto), Flamengo (4 a 0, em 1 de setembro) e Criciúma (1 a 0, em 19 de outubro), garantiu o empate contra o Atlético-PR (1 a 1, em 21 de julho) e ainda ajudou contra o Bahia (venceu por 2 a 0, em 2 de outubro). Não há no Corinthians outro atleta que possa ser responsabilizado individualmente por tantas marcas positivas como ele, mas os fatores negativos parecem pesar mais.

Após a eliminação diante do Grêmio nas quartas de final da Copa do Brasil, Pato ainda luta para recuperar alguma confiança no Corinthians. Na ocasião, o atacante perdeu a cobrança decisiva da disputa de pênaltis ao tentar uma cavadinha contra Dida. Pior: logo depois disse que havia treinado desta forma, foi involuntariamente desmentido pelo goleiro e companheiro Walter, e mais tarde se desculpou pelo erro.

O erro contra o Grêmio fez também com que Pato fosse cobrado internamente no Corinthians, por elenco e dirigentes. Com mais prestígio fora do que dentro do próprio clube, o ex-atacante do Milan (ITA) e da seleção brasileira só conseguirá se recuperar neste domingo a partir do banco de reservas.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes